Famosos / Música / Cantoras / Cantoras nacionais

Priscilla Alcantara

Quem é que não se lembra da Priscilla Alcantara? Logo cedo, a garota trabalhava como apresentadora no SBT e conquistou uma legião de fãs. Desde então, expandiu a sua carreira como cantora, Youtuber e até mesmo escritora.

Sobre críticas em suas redes sociais

10 tretas na timeline por dia, gente não guardamos nem dinheiro, quem dirá rancor. Vamos lá. Eu não guardo nem a louça, quem dirá guardar rancor.

Compartilhar

Seu primeiro livro, “O Livro de Tudo”

Sempre tive vontade de escrever um livro porque desde sempre tenho paixão pela escrita. Eu quis compartilhar a minha visão sobre alguns temas com o meu público, simulando uma conversa entre a gente. Isso porque eu vejo que existem muitas coisas a serem ditas, mais do que uma biografia. Meus fãs já sabem de toda a minha vida, então eu usei um livro para compartilhar o meu modo de pensar sobre temas que são relevantes e que talvez possam ajudá-los em algo.

Compartilhar

Como lida com a fama

Vejo a fama como um detalhe, tento levar minha vida o mais normal possível e as pessoas que convivem comigo me ajudam nisso. Pra mim a fama gera o reconhecimento do público, o que eu amo, mas não é algo que mude ou determine quem eu sou.

Compartilhar

Vida de Youtuber

Me encontrei na internet e sinto falta quando não consigo postar vídeos regularmente. Dificulta um pouco pelo fato de eu mesma gravar, editar, etc. Produzo sozinha porque gosto mesmo, então exige tempo, o que nem sempre tenho. Mas tento ao máximo!

Compartilhar

Redes sociais

Existem aqueles que não se importam se você é uma pessoa real, e acham que têm o direito de te tratar como um produto. Então dizem suas opiniões como querem, mesmo sem realmente conhecer a sua verdade.

Compartilhar

Suas referências de estilo

Eu amo o Street Wear, aquele estilo das ruas, mais despojado. Pesquiso muito nos instagrans da vida! Mas a prioridade é sempre manter quem eu sou e não passar vontade. Se quero radicalizar no cabelo, ou no look, eu aposto nisso.

Compartilhar

Planos futuros

Quero escrever uma ficção, e escrever um roteiro para cinema. Também tenho um projeto de um álbum internacional, com minhas composições em inglês.

Compartilhar

Relação com o SBT

Não tenho muito contato, a não ser quando participo de alguns programas de lá. Mas lá existem muitas pessoas que amo, saí “de bem” com aquela casa, que sempre me recebe muito bem.

Compartilhar

Influência da religião em sua carreira

Em tudo o que faço coloco Jesus no meio. Muitas vezes sem usar palavras, mas com atitudes que refletem muito mais. Mas tenho sim um grande retorno nas redes sociais e sem medo de “perder likes” as uso para falar da verdade. Através das minhas postagens nas redes recebo inúmeros testemunhos, esse é meu objetivo. E claro, esses números colaboram muito para a divulgação do meu trabalho. O mais legal são as interações que posso fazer com meus seguidores, fazendo eles se sentirem por dentro de tudo. Aliás, são essenciais.

Compartilhar

Confronto à religiosidade banalizada

As pessoas que não são cristãs encaram isso como uma oportunidade para se aproximarem de Jesus, vendo que Ele é uma pessoa super gente boa e não é esse monstro que muitas vezes a religião prega, como se fosse um Deus ditador. Muitas pessoas se escandalizam quando eu falo que Deus é maluco, mas eu falo isso porque as coisas de Deus são loucura para o homem. As pessoas acham ruim porque elas ainda não entenderam que Ele é alguém, e não uma religião.

Compartilhar

A garota do Playstation

As piadinhas de "Playstation" me perseguem até hoje, e muito provavelmente até o fim da minha vida.

Compartilhar

Mudanças constantes de visual

Eu amo mudanças e não paro de buscar por novidades. Por essa ser uma característica minha, coloco isso no meu trabalho também! Amo essa capacidade que a gente tem de se reinventar. Sempre temos mais dentro de nós, e o céu é minha fonte de criatividade.

Compartilhar

Como avalia a sua carreira

Graças a Deus, pude conquistar e crescer muito nesses dez anos de carreira. Vejo que tudo aconteceu no tempo certo. A entrada e saída da TV, o foco agora na minha carreira musical. Todo tempo muito bem aproveitado e fico feliz pelo o público acompanhar todos esses ciclos junto comigo.

Compartilhar

Área artística que mais se identifica

Me identifico mais com a música, que na verdade já faz parte do meu DNA, praticamente. Canto desde os dois anos, então foi a minha primeira paixão. Mas acredito que quem nasce com uma veia artística consegue se desenvolver com facilidade em outras áreas da arte, e isso é algo que eu sempre busco. Estudo de tudo um pouco, gosto de testar várias vertentes, e naquilo que eu for bem, posso aproveitar.

Compartilhar

Conciliando vida de youtuber com carreira musical

Minha prioridade é a música, e ela consome bastante de mim, por conta da agenda de shows, produções, etc. Então digamos que sou uma youtuber meio fake. E meus amigos, sabendo que nem sempre posso estar com eles por causa da rotina, fazem sempre questão de irem aos meus shows, eventos, etc.

Compartilhar

Como lida com os comentários maldosos

Não me importo. Sei exatamente quem eu sou, e reconheço críticas maldosas e críticas construtivas. É só saber filtrar.

Compartilhar

Bom Dia & Cia

O Bom Dia foi a porta que me abriu portas. Só tenho ótimas lembranças. Foram quase 10 anos de aprendizado, fui muito feliz ali! Tenho amigos de lá até hoje, e sempre sou muito bem recebida no SBT.

Compartilhar

Visível ao público jovem

É muita responsabilidade, porque estou lidando com pessoas que me vêem como uma influência. Por isso tomo cuidado, quero transmitir o meu melhor a elas, coisas que as façam crescer como seres humanos. Não quero só apresentar mais uma fantasia da mídia, mas sim contribuir para quem eles serão na sociedade, mostrando sempre uma vida real.

Compartilhar

Referências musicais

Sempre ouvi mais a música americana porque amava a black music, os grandes corais americanos, etc. Claro que tive as referências daqui também, amava ouvir Raiz Coral.

Compartilhar

“Vlog de Tudo”, seu canal no Youtube

A ideia surgiu por eu sempre gostar de assistir vlogs e porque notei o quanto meu público se interessava no meu lado descontraído. Decidi fazer o vlog para fazer as pessoas darem risadas, e tem sido muito bom para mim e para eles! Quero expandir, sou apaixonada por produzir conteúdo de vídeos, amo criar.

Compartilhar

O que seus seguidores mais questionam

São coisas bem religiosas, então isso me mostra o quanto a religião tem confundido a cabeça dos jovens. Por exemplo, eu tenho tatuagem e cabelo raspado e são justamente essas questões externas que os fazem questionar tanto. As pessoas ficam me perguntando se é pecado ou não ter tatuagem, pintar o cabelo e tudo isso que eu faço, mas na verdade quando se tem um relacionamento com Jesus, Ele mesmo te diz o que convém ou não. Então essas dúvidas surgem bastante e eu sempre respondo: “Busque intimidade com Deus, para você ouvir da própria boca dele o que Ele quer ou não que você faça”.

Compartilhar

comentários

anterior

Meu coração está onde você está

Nós dois temos uma ligação fora do normal!

próxima

Trechos de Músicas de Cássia Eller

As melhores músicas da cantora que encantou o Brasil.