Mensagens e Frases / Amor

Textos Sobre Amor e Vida

A garota que roubava corações

Evandro Litieri

Sempre ouvia falar
Que um dia ia chegar
Alguém que roubaria um sentimento tão puro
Ah, como pude ser tão burro.
Até tentei criar um bloqueio
Mas aos poucos ela veio e foi como um devaneio
Não sei se foi errado, precipitado, ou mal encarado
Mas a minha realidade hoje é eu aqui “largado”.

Ela veio como uma luz no fim do túnel
Me salvando do esgoto onde me encontrava
E foi uma surpresa quando dentro de um presente tinha um anel.

Era tudo tão lindo e o tempo ao lado dela voava
A cada carinho que rolava.
Era como uma viagem, eu ia para o céu e voltava.
Mas a vida vinha me avisando
E eu como sempre as regras vou burlando.

E a cada dia que passava estávamos mais próximos de um final feliz
Mas nem sempre a vida pode nos dar um “bis”.
O ser humano tem um grande defeito
Que ao longo do tempo tudo que se realiza ainda não está bom
Mas ainda sofremos com esse efeito.

Dom este de deixar complicações e ser feliz?
Hoje sou um mero aprendiz
E ela foi embora, e não voltou.
Talvez algum mano seu coração já tocou
O que posso fazer?
Se não posso mais ter, a moça com que deveria me comprometer
O que me resta é viver só
É que as vezes suas lembranças em minha cabeça me dão um nó.

Ainda não sei como agir,
Cansei de brigar, lutar será que a melhor opção é fugir?
Sinceramente, não sei se pra outra vou me doar
Pois, você teve o poder de me transformar.

Aquele cara durão
Com você era igual manteiga no pão
Mas vou andando pelas ruas
É outono, e não dá pra ver as garotas semi-nuas
Isso serve de distração
Mas só no verão, agora não, daqui pra frente a gente pensa mais com o coração.

Daqui a pouco chega o inverno;
E eu me vejo em meio ao inferno
Não sei se está mais frio lá fora
Ou dentro do meu coração que você roubou e jogou fora.

Me sinto as vezes pior de que um cão
Mas é porque você ainda sabe que estou na sua mão
Pensa que é fácil ouvir um não?
Agora o que faço são versos tristes de alguém que se sente na solidão
E não há ciência que explique a negação, a paixão e a solidão.

Rimas

Evandro Litieri

E das minhas rimas, não importa o que eu faça
Só eu mesmo encontro graça.

Poderia até pedir perdão
Mas nesse mundo só encontro “vacilão”

De repente encontro você parada na chuva
Só peço então uma coisa “que não me iluda”
Pois, já estou cansado de me decepcionar.
De garotas que fazem meu coração quebrantar.

As palavras jogadas ao vento, por vezes são muito fúteis
Mas talvez para alguém podem ser úteis
Não gosto de julgar nem de apontar
Pois os erros ficam fáceis de se identificar
E por muitas vezes aos olhos da sociedade
Encobrem as mais belas qualidades.

Inverno

Evandro Litieri

E já faz tempo que não me sinto vulnerável
Creio que esse estado seja lamentável
As defesas não condizem com as ações
E ao invés de agirmos pela razão, damos ouvidos somente a nossos corações
Eu sei que errei
Mas será que isso é como uma lei?

Agora você ri com seus novos amigos
Aprecia uma boa bebida
E esquece aos poucos do tempo que passou comigo
tento enxergar que essa situação é divertida.

Como dizia Gandhi:
O fraco jamais perdoa: o perdão é uma das características do forte.
Vendo por este lado você se torna tão fraca e cheia de si
Quem disse que precisamos de alguém para encontrarmos o norte?

Durante o dia me pego pensando em ti
Até um pouco antes de dormir
Será que se você soubesse
Que o inverno é tão frio quando seu calor não me aquece.

Lá vem você reclamando outra vez

Evandro Litieri

Lá vem você reclamando do que fiz na noite passada
Será que sou uma pessoa tão errada?
São tantas acusações que mergulho em um mar de decepções
Porque você não enxerga o que existe de bom em mim?
Apesar de tentar, talvez realmente tudo tenha um fim.

Seu egocentrismo
Me parece canibalismo
Que rasga minha carne e perfura meu coração
Ás vezes é melhor aceitar um não.

Sentando em um domingo ensolarado esperando por você
Acendo um cigarro e você me pergunta porque
Meus defeitos são tão aparentes
Que é igual a um sorriso em que se mostra os dentes.

Mais um dia cheio e você preocupada em cuidar da vida alheia
Enquanto sua vida passa como dentro da ampulheta passa a areia
Sei que não fui o mais correto
Mas sempre fui direto.

O que falar sobre sinceridade
Sendo que você só pensa em maldade?

E hoje tudo se foi,
Graças a você, garotinha mimada
Que sempre quis que fosse do seu jeito
Algum dia será que vai merecer meu respeito?
A conversar sobre o amor,
Um dia vai enxergar que também senti dor
Mas te peço que desapareça
E encontre algum idiota que te mereça.

Saudade

Evandro Litieri

E hoje me deu saudade
Será que é mal da idade?
Ou o destino está agindo com maldade?

Esses dias normalmente demoram pra passar
E o vazio se demonstra como um mal estar
E me lembro do dias em que passávamos conversando
Eram dias tão felizes, caminhando e te abraçando.

Mas o que me sobrou agora são memórias de estações
O calor do verão em que andávamos de mãos dadas
O romantismo da primavera, quando rindo descíamos as escadas
A cada dia surpreendente de outono, em que saíamos sem blusa e chegávamos abraçados tentando nos proteger.

E o frio do inverno, em que passávamos os dias juntos sem sair da cama, afim de nos aquecer
Será que Freud explica essa situação?
Acho que não.
Mas o que tenho em minha mente
É que fiz algo inconsequente
E já não sei se dá pra voltar atrás,
E com você assistir o entardecer de um céu lilás.

Ás vezes a chance de ser feliz passa por nossa vida e a gente nem percebe
E o que era realidade é a solidão que me sucede.

Loucos

Evandro Litieri

O ápice de uma loucura pode ser considerado insano, ridículo entre outras, a cada movimento uma nova alucinação independente do que lhe ocasionou aquela “brisa”. Drogas ilegais ou legais, cada uma terá a sua particularidade ou efeitos diversos para o seu organismo. Em um ponto de vista geral, todos que curtem tais alucinações têm a verdadeira justificativa de fugir, esquecer ou driblar algum tipo de problema, ou apenas para relaxar de uma semana pesada entre trabalho, faculdade, família e etc. Mas o que ninguém pode negar é o sentimento fuga, pois, nenhum tipo de substância citada acima teria valia, se continuássemos em nosso estado normal.
Daí, aquele sermão que boa parte da sociedade pratica “Ah, não fuja de seus problemas, os enfrente”. Na teoria é tão fácil, não é mesmo? Então paramos por um instante e analisamos a vida social do tal indivíduo “politicamente correto”.
Será que ele administra a situação assim mesmo?
BADUMMMM!!!!!!!!
É...o cara realmente não usa drogas, o cara não fuma não bebe, mas toda a vez que acontece algo que lhe irrita ou lhe entristece o mesmo chega em casa e passa dias sem falar com a esposa, mal se fala com os filhos e quando fala quer brigar, briga porque o cachorro fez xixi onde não deveria e o manda embora pois, o SR. CONTROLADO não está com paciência. A pessoa se isola do mundo, nada que lhe fazem está bom, os amigos estão sendo falsos, seu vizinho está com o som muito alto. Cara, como pode tudo sofrer mudanças tão bruscas em dias apenas?
O seu vizinho insuportável com o som alto é o mesmo que estava com você no final de semana passado, junto com seus amigos “falsos” que não lhe querem bem. No mínimo estranho né ?
Creio que nenhum “ser humano” poderá afirmar que se tem controle e é capaz de administrar seus problemas com facilidade. Julgar, apontar, criticar os defeitos é muito fácil, mas procurar entender o porquê de cada um estar nessa situação que é o complicado. Pois, cada um tem um tipo de ação para demonstrar seus sentimentos ou encarar seus problemas, uns com algo que os deixam fora de si, outros com isolamentos e grosserias.
Ou seja, TODO MUNDO É MUITO LOUCO.

Lembranças

Evandro Litieri

Hey, eu sei que posso estar confundindo
Mas um sentimento assim não é facil controlar
Por todo esse tempo eu estive fugindo
Pra tentar nunca te amar.

Acendo um cigarro e meus pensamentos somem como a fumaça
E não importa o que aconteça sem você nada parece ter graça
Meus sonhos ganharam um presente de você
Um ponto final sem ao menos porque.

Sei que tudo se foi, mas tento insistir
Como se nós dois novamente fosse existir
Apesar de eu tentar fugir em noites alucinadas
Não consigo esquecer das nossas noites animadas.

Aos poucos esqueci dos momentos de brigas
Tentei focar nelas para ter suas memórias esquecidas
Mas isso só me fez perceber o quanto fomos inocentes
Creio que se pudesse voltar seria menos inconsequente

Já tentei te encontrar em em qualquer lugar
Mas acho melhor eu recuar
Vou sempre te observar e de longe ficar feliz
Mesmo se outra pessoa estiver com os lábios perto de seu nariz

Um dia quem sabe eu consiga melhorar
E as suas memórias talvez enterrar
Ao conseguir te esquecer, daí para frente quem sabe eu possa crescer
E me sentir completo assim como você.

RE- AMAR

Evandro Litieri

Hoje em dia é normal a expressão RE- AMAR
Mas será que estamos dispostos a essa decisão tomar?
No papel, em frases com fotos tudo é tão perfeito;
Mas nunca vi isso surtir efeito;
O ser humano tem sérios problemas quando o assunto é relacionamento;
Pois, os corações estão mais duros que cimento;
As lembranças e defeitos insistem na memória;
Sendo assim é impossível qualquer tipo de vitória;
Estou cansado de tentar uma explicação;
As pessoas escrevem com o coração e agem simplesmente com a razão;
Razão essa cheia de egoísmo e sem coragem de tentar;
Na verdade isso é pura covardia, e medo de encarar;
A sociedade tem em mente de que para ser amor precisa ser perfeito;
Se não fosse assim, no primeiro encontro não esconderíamos nosso “defeitos”
Na realidade não sabemos muito ao certo o que é o amor;
E existe tanta gente falando que já sentiu dor;
Se ao menos, conseguíssemos entender esse sentimento;
Não existiríamos tão vazios nesse momento;
E antes de dizer em RE-AMAR;
O que acha do amor cultivar?
Mas não esse amor clichê;
Que em semanas passa e você nem vê;
Então em minha mente uma pergunta me vêm;
Será que somos capazes de se entregar a alguém?

comentários

anterior

10 poesias para encantar qualquer um

Poesias para família, amor e até amigos!

próxima

Domingos Montagner

Conheça todo o charme e talento deste ator incrível!