Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Você é o seu próprio lar

Uma casa bagunçada não atrai boas energias. O mesmo princípio funciona para as próprias pessoas. Não deixe que sua alma se torne uma bagunça completa! Mantenha seu interior em equilíbrio para atrair apenas positividade. Cuide de si mesmo!

continue lendo
Compartilhar

Mesmo sozinho você pode se sentir bem

Você não precisa procurar do lado de fora, no mundo, algo que está dentro de você. O conforto que busca para se sentir aceito deve partir do espaço dentro do seu coração. Você precisa entrar em sintonia com seus sentimentos e fazer da sua mente uma morada e um refúgio. Para seus momentos de paz, harmonize-se, sem procurar respostas naqueles que não podem te ajudar.

Conheça-se e se sinta em casa

O maior sentimento de pertencimento encontra-se latente dentro do seu eu. Ele pode fazer maravilhas por você. Mas para isso, é preciso conhecê-lo. Olhe a si mesmo nos olhos e veja aquilo que conhece, mas pode estar evitando. Você é sua casa, e não necessariamente o lugar onde você vive. Aquilo que se encontra fora é, no máximo, um reflexo daquilo que há por dentro.

A opinião dos outros não ultrapassa as suas paredes

Aquilo que vem de fora só entra na sua casa interior se você permitir. Qualquer julgamento externo que abalada o seu ser, entra pela porta que você abriu. Aquilo de mau que as pessoas tentam emanar não pode desmoronar as suas paredes, mas se você permitir pode acabar por corroer os seus sentimentos e coração.

O caminho a seguir, você decide

As pessoas não podem tomar decisões por você, pois elas não vivem dentro do seu terreno pessoal. Portanto, o que acontece no seu interior depende exclusivamente de você. Cuide bem do jardim na sua mente e nunca permita que falte água para as flores da felicidade, mantenha o ar puro da paz e mantenha o coração sempre quente para que possa descansar.

Você é seu pior inimigo

O único que pode destruir o seu lar interior é você mesmo. Não existe outra pessoa para cuidar da manutenção e tomar conta para que não falte nada. Você é o responsável pelas reformas que devem ser feitas e pelas cores com as quais as paredes devem ser pintadas. A harmonia do seu lar depende do cuidado que tem com ele.

A sua vontade lhe cria

Aquilo que pode vir a representar para o mundo depende da sua criação, mas não simplesmente dos esforços feitos pelos seus pais. O mais importante é aquilo que eles não conseguem tocar. A sua vontade, seja ela latente ou ativa, é o que determina que tipo de pessoa você vai se tornar. Por isso, cuide muito bem de si mesmo e aprenda a colocar em prática no mundo real aquilo que habita o seu coração.

Compreenda-se para viver melhor

Se quiser ter uma vida mais disposta e com mais conquistas, comece a fazer o trabalho em casa. Olhe para dentro de si mesmo e veja o que precisa de reparos. Vá aos cantos que ainda não conhece e destrinche tudo. Ao final, deve conhecer tudo aquilo que lhe formou, como conhece a palma das mãos, só então pode ser plenamente feliz.

 

Dentro de si, você é livre

A maior liberdade não está em conhecer o mundo, ou não ter patrão, ou ainda ser independente o suficiente para não precisar dar ouvidos a ninguém. A verdadeira liberdade está no autoconhecimento, pois apenas em harmonia com o seu eu interior é que pode gozar a plenos pulmões do livre-arbítrio.

Sua consciência é bem-estar

O bem-estar está com a paz de espírito adquirida pela leveza da consciência que não pesa pela falta de autoconhecimento. O homem que compreende a si mesmo é um homem feliz, pois nenhuma circunstância da vida é capaz de tirar o chão daquele que aprendeu a se compreender, pois ele sabe o caminho para sair dos próprios problemas.

Visite todos os cômodos da sua mente

Sua mente é como uma casa da qual o dono é você. Não é possível alugá-la e não se pode ficar afastado ou vai perdê-la. Uma pessoa consciente de suas obrigações zela pelo seu lar acima de tudo. Assim você deve conhecer por completo cada cômodo da habitação mental onde vive seu eu interior.

Conheça o seu território para saber a sua capacidade

Conheça os limites do seu terreno mental, assim como cada planta que tiver, cada dimensão da sua casa, cada móvel e detalhe que pode existir dentro do seu lar interior. Ao conhecer seus limites você é capaz de pautar as decisões de vida com sabedoria, sem ir além daquilo que se permite, mas muito menos ficar ocioso perante os desafios que lhe surgem.

Arrume a bagunça do seu lar interior

Não dá para viver bem em uma casa bagunçada, por isso você deve tomar o máximo de cuidado com si mesmo, pois a sua principal habitação se encontra na comunhão de corpo, mente e espírito. Não se veja em meio aos destroços se pode viver em harmonia. Lembre-se que a responsabilidade do bem-estar está em suas mãos e não pertence a ninguém mais.

Não faça de si mesmo um estranho

Aquele que não se conhece vive uma personalidade que não é a sua, enquanto uma voz interior grita palavras que ele é incapaz de ouvir. Escute o que seu interior tem a lhe dizer, pois a comunhão com ele vai lhe ensinar qual caminho deve ser traçado para alcançar a gloriosa felicidade.

Tomar conta do lar interior é uma tarefa eterna

Cuidar de si mesmo não está atrelado em uma pequena fase temporal. Não é uma questão de momento, mas uma rotina que deve ser levada a sério desde o nascimento até o momento em que não esteja mais caminhando sobre essa terra. Sempre procure se harmonizar consigo para que possa aproveitar de maneira plena a grande aventura que é viver.

Você é o único que pode se definir

Ninguém pode dizer com absoluta certeza aquilo que pode lhe definir. Apenas você pode ter total consciência dos seus sentimentos e vontades. Nunca permita que outra pessoa tenha razão absoluta sobre seus anseios e sofrimentos, pois ninguém é capaz disso. Procure se conhecer, pois a solução para os problemas está guardada em algum lugar no seu interior.

fechar