Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

12 coisas que mudam quando moram juntos

Alguns casais decidem morar juntos, pois estar sempre um longe do outro pode ser o maior problema, combinado com saudade e com a ansiedade em poder logo estar nos braços da pessoa amada novamente. Mas você já parou para pensar que, às vezes, as coisas podem mudar quando vocês decidem dar esse passo?

Vocês descobrem que o outro não é tão perfeito assim

Quando conhecemos uma pessoa, é normal que ela nos apresente somente suas qualidades, ainda mais se está querendo nos impressionar. Dificilmente, sua namorada vai aparecer sem aquela maquiagem caprichada na sua frente nem seu namorado vai estar todo desleixado quando vocês forem sair. Isso é extremamente normal. Mas, quando o relacionamento fica um pouquinho mais sério e vocês passam a conviver dentro da própria casa, toda a vaidade dá espaço à segurança. Por isso, a pessoa não se importa tanto se a imagem dela está ou não “prejudicada”, pois sabe que você vai amá-la de qualquer maneira. Mesmo enxergando, vamos dizer, o “verdadeiro eu” da pessoa amada, você passa a amá-la ainda mais e não deixa que nada que envolva a aparência dela atrapalhe a relação de vocês.

Vocês começam a perceber mais pontos iguais

Talvez o tempo de convivência apenas no namoro não seja o suficiente para vocês se conhecerem verdadeiramente. Provavelmente, você já deva ter ouvido a expressão: “A gente só conhece depois que casa”. Pois, é, interpretando essa frase, nós só conhecemos um ao outro de verdade quando passamos a dividir uma casa. É aí que você descobre que o seu príncipe pode ser um sapo que deixa a toalha molhada em cima da cama ou a sua princesa, uma pequena Fiona, que arrota sem se preocupar com o amanhã. Sim, milhares de defeitos brotam da terra quando estamos morando juntos, mas as qualidades também têm espaço nesse jogo. Por exemplo, você pode descobrir que o bonitão cozinha que é uma beleza e a moça, hum, essa faz você se sentir ainda mais apaixonado quando insiste em deixar as suas coisas organizadas para você. Isso é saudável, acredite.

Acordar ao lado da pessoa amada todos os dias

Se tem uma coisa, sem dúvidas, incrível quando moramos juntos, com certeza é acordar ao lado do nosso amor. Saber que você dormiu e acordou com ele transmite paz e segurança. E, ó, um segredo: sabia que a gente se apaixona ainda mais quando a primeira coisa que vemos ao abrir os olhos é o nosso amor? Pois é, esses pequenos encantamentos matinais muitas vezes são os segredos para relações tão duradouras que às vezes vemos por aí. Acordar ao lado do outro todos os dias é realmente uma situação maravilhosa. Acordar no meio da noite, em meio a um pesadelo, e ver ao lado o amor da nossa vida dormindo é consolador. Estar sempre ao lado um do outro, não importa de que maneira, só fortalece cada vez mais a relação. Experimente olhar quem você ama enquanto ele está dormindo. Pare e pense no quanto a vida foi generosa com você ao colocar aquela pessoa ao seu lado, para te fazer feliz e acreditar no amor. Por isso, aproveite cada novo amanhecer ao lado de quem você ama. Tenha a certeza de que isso só vai somar ainda mais na relação de vocês.

As desculpas para os atrasos acabam

Uma das coisas que acabam se revelando quando moramos juntos é o real motivo pelo qual nosso amor sempre estava atrasado em seus compromissos, encontros, agendas e afins. Você começa a enxergar o ritmo dele e a perceber o que o faz atrasar tanto. Isso é uma coisa até que bacana, porque pode analisar a situação e tentar ajudar quem ama a manter o foco de suas atividades e ser um pouquinho mais pontual. Feito isso, essa pessoa também não poderá mais estar sempre atrasada com você, pois já saberá que você a espera e conta com ela para estar mais responsável e controlada. Conversar e tentar ajudar são sempre a melhor forma.

Ouvir o outro torna-se mais que uma obrigação

O amor aumenta quando convivemos mais tempos juntos. Um dos fatores que levam isso a acontecer é que a gente passa a se preocupar mais ainda com o outro e a ouvir mais o que ele tem a dizer. Ouvir suas queixas, suas dúvidas, suas sagas e suas loucuras. É muito importante estarmos sempre de coração aberto para escutar o que o outro tem a dizer e falar. Por isso, quando acontece, quando amparamos mais uns aos outros – porque é essencial para a sobrevivência em morar juntos – acabamos demonstrando e retribuindo ainda mais o nosso amor, o tornando, assim, indestrutível.

Tarefas de casa devem ser divididas por igual

Esse é um assunto bem delicado e que deve ser conversado muito bem pelo casal. Quando saímos da casa de nossos pais, descobrimos o quanto realizar tarefas sozinhos é difícil e necessário. Serviços domésticos, na sua maioria, são intensamente desgastantes e infinitos. Por isso, é muito importante que, ao morar juntos, vocês dividam as tarefas igualitariamente para que ninguém fique sobrecarregado de tarefas e a casa esteja sempre limpa e organizada. Não é justo com nenhum dos dois acumular tarefas que poderiam ser fracionadas e distribuídas. Casa bagunçada é espírito bagunçado. Isso pode até mesmo comprometer o relacionamento, pois alguém sempre estará cansado e estressado por conta dos afazeres. Por isso, quando cada um colabora com alguma coisa específica dentro de casa, a relação fica ainda mais saudável, pois fica nítida a parceria entre os dois.

Organização é a chave do negócio

Assim como manter a casa limpa e as tarefas divididas, a organização é essencial. É essencial não somente para o convívio de um casal, que agora passa a dividir a mesma casa, mas para a vida toda e em qualquer lugar. Quando você mora com outra pessoa, suas coisas e tarefas podem ficar em lugares que talvez não encontre com facilidade quando procura, caso não leve a sério a organização. Isso pode trazer brigas e discussões desnecessárias, entre outras coisas desagradáveis. Por isso, manter-se organizado é fundamental. É importantíssimo para o convívio e até mesmo para ajudar o outro, que muitas vezes precisa de ajuda com a própria organização.

Vocês se descobrem mais unidos e íntimos

A intimidade e união do casal melhora continuamente quando passam a morar juntos pelo simples fato da relação agora estar num estágio diferente e mais emocionante. A parceria fala mais alto, muitas vezes, do que a mesquinhez, e o amor recebe uma nova chance para se reinventar. Morar juntos é tão saudável para a relação que pode melhorar até o clima, se por acaso ele não anda tão bem entre os dois.

Um carinho inesperado faz bem

Quando decidimos morar juntos, certamente é porque ficar muito tempo distantes já não está dando muito certo. Por isso, a ideia de “juntar os trapos” fala mais alto. Morar juntos é se redescobrir como casal e entender ainda mais o outro. A sensibilidade deve falar mais alto do que a acomodação. Por vezes, morar com alguém pode fazer com que pareça que só a sua presença na casa já seja o suficiente para a nova vida de casal estar completa, mas não é bem assim. Esquecer-se de falar coisas bonitas ou fazer um carinho inesperado é normal, acaba acontecendo até mesmo pelo novo grau de convivência. Subconscientemente, achamos que estar na mesma casa já basta e não é bem assim que as coisas funcionam. Por isso, é muito importante estar sempre em alerta sobre qualquer coisa relacionada ao novo morar.

Séries são ótimos programas a dois em casa

Quando vocês passam a morar juntos, precisam descobrir outras formas de se divertir. Se for algo barato, então, melhor ainda. Ao longo do tempo, vocês descobrirão que passar um dia de domingo inteiro deitados debaixo das cobertas, assistindo uma maratona de séries, com uma pipoquinha do lado, é a melhor coisa que existe. Por isso, aproveitem mais o tempo de vocês em casa, tentem descobrir quais são os seriados e filmes que mais agradam os dois e aproveitem muito para namorar e curtir esse momento único que é só de vocês.

Adeus privacidade

Usar o banheiro às vezes fica complicado, as roupas na gaveta podem não durar por muito tempo organizadas, ter um pouco de privacidade também vira um problema, mas essas são apenas algumas das pequenas consequências de que morar juntos pode trazer. A pessoa amada às vezes pode ultrapassar os limites ou até mesmo se esquecer deles. Quando isso acontece, o melhor a se fazer é ter uma conversa tranquila e amigável, apontado as coisas que te desagradam. A conversa é essencial quando decidimos morar juntos. Temos que conversar sobre tudo e todos e expor a tudo e todos. Conversar é fundamental e, por vezes, mais importante que qualquer outra coisa que o casal precise fazer na nova casa. A privacidade é prova disso, pois a questão de sua falta pode ser resolvida com uma conversa amigável e amável.