Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Coisas para saber antes de casar

Dividir uma vida com outra pessoa é uma das melhores sensações do mundo. Mas nem tudo são flores. Os problemas sempre aparecem e o amor deve permanecer em primeiro lugar. Se vai casar, siga estas dicas.

continue lendo
Compartilhar

Tratar Bem

Se a pessoa trata outras pessoas com descaso, raiva e confusão, tenha certeza que fará o mesmo com o seu companheiro uma hora ou outra. O amor de casal não blinda ninguém e não o protege de futuros desentendimentos. Quando a pessoa passar para o círculo de confiança é quase certo que a bomba das relações mais antigas será transferida para a nova.

Como Manter o Amor Vivo?

O amor, para a infelicidade de muitos, não é tudo. Ele precisa de raízes em meio à vida cotidiana. Muitas pessoas ignoram a prática dele na relação e acabam tropeçando em coisas diárias, daquelas que chegam a enfraquecer a confiança do tipo "não esquece de passar na padaria?". O amor sobrevive nas ações e não nas promessas.

Como Você Reage Quando Está Sobre Pressão?

Você conhece uma pessoa realmente quando ela está numa situação pouco favorável. Na praia todo mundo é nobre, gentil e tranquilo, mas manter um estado de espírito resiliente é tarefa para poucos. Nessa hora a pessoa se revela desonesta, saindo pelas tangentes e fingindo que não é com ela. Isso inclui pressões de casal.

Investir Sempre

A vida tem uma carga de stress capaz de desestabilizar qualquer casamento. Por isso, é necessário fazer uma reserva de amor para tempos difíceis. Uma conversa íntima, um momento de amor, a companhia em um passeio de mãos dadas... Esses atos de amor são o saldo positivo e você pode recorrer a eles sempre que preciso.

Dinheiro, Sexo e Família

Se alguém não é capaz de questionar a si mesmo em questões fundamentais que implicam o convívio do casal então isso é indício de queda de braço. Inflexibilidade mata mais relacionamentos do que falta de amor.

Priorizar o Casal

Parece chocante, mas é simples: cuidar primeiro de vocês e depois dos filhos. Uma mãe obcecada, superprotetora e superpresente deixa pouco espaço para o pai atuar. Sem perceber, ela o afasta de seus filhos ao mesmo tempo que desvia a atenção dos problemas que os dois deviam estar tentando superar para seguirem juntos e felizes.

Estipular Seus Limites

Jogar a toalha no chão, esquecer datas importantes, estar sempre atrasado... Para algumas situações, você pode fechar os olhos; para outras, não. Então, posicione-se com transparência. Quando souber exatamente quais são as suas prioridades, estabeleça os seus limites.

 

Tirar Férias Juntos

Poucas coisas são mais eficazes para reacender o entusiasmo numa relação do que um tempo de lazer. Alguns casais, sem ter noção exata da importância de sair da rotina e respirar novos ares, nem fazem planos de férias conjuntas. Outros se habituam tanto com o ritmo alucinante de vida que inventam motivos para adiar os projetos.

Aceitar o Conflito

Muitas vezes, por incapacidade de expressar-se honestamente, você não empurra a mágoa para debaixo do tapete e finge que está tudo bem? Temendo o confronto, não armazena a ira até que o sentimento reprimido azeda, vira ressentimento e machuca o outro, que se sente traído? Em vez de fugir do conflito que surge das diferenças, acolha-o com curiosidade e interesse.

Individualidade

Não perca a individualidade. O casal deve estar sempre junto, pensando junto, afinal, casaram para estar juntos. Mas não nasceram e nem foram criados juntos. Você tem sua vida, seus amigos, sua família, suas coisas. Não deixe suas tarefas e as coisas que só você gosta de fazer de lado.

E se Descobrisse Algo a Meu Respeito?

Um relacionamento de casados é uma sequência de confrontos e dilemas de vontade internas e externas e, uma hora ou outra, alguém sai contrariado. Há quem perca a cabeça e fale ou faça coisas que não deveria e há quem sente para conversar e resolver a questão. Surtar não leva a lugar algum.

Como Lidar com o Tédio

Nem todos os dias precisam ser diferentes. Se uma pessoa não tem serenidade para lidar com repetições, tédio, previsibilidade e gosta de inventar confusão ou atividades compulsivamente provavelmente é uma boa candidata a se precipitar em dias de rotina de casal. É preciso suportar certa mesmice na vida para não achar que todo dia deve ser uma celebração eufórica.

Dizer o Que Sente

O antagonismo é contraproducente, não leva a nada. O caminho do entendimento está em trocar a raiva por um discurso sincero e amoroso. Assim, mesmo que voltem a ter problemas na mesma área, não se posicionarão como inimigos.

Ser Feliz Sozinho

A felicidade individual depende de cada um. Uma coisa é você desfrutar tudo de bom que ele traz para a sua vida, outra é achar que ele tem a obrigação de fazê-la feliz. Infelizmente muitas de nós entram no casamento imaginando que serão salvas de suas dores e frustrações pelas mãos do marido. Esse engano é a fonte de infelicidade de milhares de relacionamentos.

Aprenda a Perdoar

O processo de abrir mão do rancor começa quando percebemos que estamos minando a própria vida ao cultivá-lo. Para muitas pessoas, o impulso de retaliação e de punição é muito forte, sentem-se traídas e injustiçadas. Por isso, não devemos nos culpar, e sim nos perdoar também: por não sermos perfeitas, por termos dificuldade de perdoar.

Ter Vida Própria

Como se fazer tudo juntos fosse a receita do casamento perfeito, muitos casais não se permitem atitudes individuais. No começo, até pode funcionar, mas com o tempo aquela sensação de conforto, segurança e proximidade passa a ser percebida como controle, prisão e ressentimento. Para o relacionamento dar certo, cada um precisa estar seguro na própria vida e ao mesmo tempo conectado com o outro.

E o Futuro?

A partir do casamento serão duas planilhas, agendas e sonhos que se alinharão. Não acredite que um casamento sem nenhum alicerce financeiro e estável resistirá feliz e contente. Sem extremos de planejamentos rígidos, mas sem vida louca demais.

Respeitar e Ouvir

Nada mais frustrante, irritante e desanimador do que contar um problema e ouvir o comentário de que você está fazendo tempestade em copo dágua. Geralmente usamos esse discurso quando não conseguimos controlar o nosso desconforto por não saber a saída de um impasse. Então, em vez de apoiar o sentimento do parceiro, fazemos com que se sinta criticado e julgado.

O Amor Prevalece

O amor precisa prevalecer. Não esqueça que vocês se casaram por amor e que ele deve perdurar para que a relação também dure.

Mau Humor

Xô, mau humor! Bom humor faz bem sempre, principalmente numa relação a dois. Você pode não acreditar, mas seu sorriso pode mudar o dia de alguém. Não tem nada mais irritante do que acordar do lado de alguém com cara amarrada.

Organização

Conte até 10. Os homens são menos organizados do que as mulheres, salvando poucos nesse mundo masculino, além de serem mais dependentes, muitas vezes por culpa da educação machista das próprias mães. Portanto, sem se anular, seja paciente e tente ensiná-lo a ser mais organizado e não cometa os mesmos erros com seus filhos. Paciência também vale para os homens ao entender as mulheres.

Conto de Fadas

Deixe a fantasia apenas para os livros de princesas. Casamento não é um conto de fadas. Problemas de todo tipo sempre vão aparecer: existenciais, de relacionamento, financeiros, sexuais, familiares.

No Sexo

Relacionamento sexual faz parte de uma relação sempre, não somente na fase de namoro. Nunca esqueça isso. E vale lembrar que o sexo só vira rotina se você quiser!

Saiba Dialogar

Não gosta de conversar? Aí fica difícil... Diálogo é primordial numa relação. Sem ele o relacionamento pode não dar certo.

fechar