Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

12 produções para workaholics

Assistir um bom filme e relaxar um pouco é direito de todo mundo, até mesmo dos viciados em trabalhos, os famosos workaholics! Por isso, separamos algumas dicas de filmes ideais para você. Confira nossa lista, escolha um filme e aproveite!

1. Sem Reservas

(No Reservations, 2007)

Kate (Catherina Zeta-Jones) é uma chef respeitada e extremamente dedicada em um badalado restaurante de Manhatann. É tão workaholic que esqueceu de si mesma, do convívio com amigos, família e também amores. Por seu jeito sério, causa uma certa reserva nas pessoas a sua volta. Com a chegada de Nick (Aaron Eckhart) para ameaçar seu cargo e de sua sobrinha de 9 anos em sua vida, ela precisa rever seu modo de agir.

2. Nos Bastidores da Notícia

(Broadcast News, 1987)

Em geral, jornalistas já são workaholics por natureza, e neste filme não é diferente. São três ambiciosos profissionais que convivem diariamente em uma rede de TV e têm que lidar com questões profissionais e pessoais.

3. Um Senhor Estagiário

(The Intern, 2015)

Por uma iniciativa do setor de RH de sua empresa, Jules (Anne Hathaway), uma jovem empresária extremamente bem sucedida, precisa ter um senhor de terceira idade como seu estagiário. A experiência de Ben, vivido por Robert de Niro, mostra a Jules que o trabalho está tomando muito mais tempo na sua vida do que deveria.

4. O Diabo Veste Prada

(The Devil wears Prada, 2006)

Novamente, Anne Hathaway, mas desta vez ela é Andrea Sachs, uma jovem que sonha em ser escritora, mas passa a ser assessora de moda de Miranda Priestly, um dos nomes mais importantes da moda. Ela perde sua identidade devido ao gosto que pega pelo trabalho e passa a ser comparada com a sua chefe megera que todos abominam.

5. HOUSE

(House M.D, 2004-2012)

Na verdade, é um seriado, mas não poderia ficar de fora desta lista. Doutor House é um médico obcecado em desvendar mistérios médicos. Não é workaholic da forma mais tradicional, mas vive, acompanhado de sua equipe, completamente em função de chegar a um diagnóstico real para seus pacientes.

6. Sociedade dos Poetas Mortos

(Dead Poets Society, 1989)

Robin Williams vive um professor de literatura que gosta tanto de seu ofício que cria uma nova forma de lecionar. O método não é bem-visto para a tradicional escola, que questiona suas atitudes. Os alunos o amam tanto que lutam para que ele continue na escola.

7. Mentes Perigosas

(Dangerous Minds, 1995)

Continuando no tema educação, Mentes Perigosas traz uma Michelle Pfeiffer decidida a mudar a vida de seus alunos. Ex-oficial da Marinha, ela se torna professora de inglês em uma escola do subúrbio dos Estados Unidos, cheia de alunos nada interessados e repletos de problemas. Ela usa o karatê e músicas para chamar atenção de todos, seu principal desafio.

8. Kramer vs. Kramer

(1979)

Ted Kramer, interpretado por Dustin Hoffman, é tão obcecado por seu trabalho que se distancia de sua familia a ponto de sua mulher pedir o divórcio e a guarda dos filhos. Para concorrer a ela, Ted é obrigado a reajustar suas condições no trabalho.

9. Uma Mente Brilhante

(A Beautiful Mind, 2001)

É a história de um matemático tão inteligente e brilhante em seu meio que acaba ficando louco por tanto tentar resolver questões. Vivido por Russel Crowe, John Nash precisa passar por diversos anos de tratamento para conseguir retornar ao seu trabalho e ser novamente reconhecido e premiado com o prêmio Nobel.

10. Rockstar

(2001)

Retrata uma espécie de workaholic nada corporativo. Mark Walhberg dá vida a Chris Coles, um músico cover da banda Steel Dragon que tem a oportunidade de integrar sua banda favorita. O deslumbramento e vontade de fazer dar certo faz com que ele mergulhe de cabeça na sua profissão e deixe todo o resto para trás, inclusive seu verdadeiro eu.

11. Click

(2006)

Adam Sandler é Michael Newman, um arquiteto que passa tanto tempo no escritório tentando chamar atenção de seu chefe que mal vê seus filhos e esposa. Um dia, exausto após o trabalho, não consegue nem ligar a TV para espairecer e decide comprar um controle universal. O controle muda sua vida já que consegue controlar não somente todos seus eletrodomésticos, como também adiantar os acontecimentos que o envolve.

12. A Fantástica Fábrica de Chocolate

(Charlie and the Chocolate Factory, 2005)

Willy Wonka é o dono da fantástica fábrica de chocolate. Ele a construiu motivado por um trauma de infância (seu pai, um famoso dentista, o proibia de comer doces) e tornou-se obcecado em produzir as guloseimas mais diversas. Foi buscar os funcionários em um país distante e os adotou para que ninguém fosse capaz de desvendar os segredos de sua fábrica. É possível ser mais workaholic que isso? Os fatos ficam mais evidentes na versão de 2005, dirigida por Tim Burton e protagonizada por Johnny Depp.