Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

A indiferença fere

Qualquer que seja o relacionamento, sempre é importante que haja reciprocidade. Amizade, amor... Nunca brinque com os sentimentos das pessoas! Pelo contrário, saiba valorizar cada um deles e devolva da maneira mais sincera que seu coração é capaz!

continue lendo
Compartilhar

A indiferença é criminosa

A indiferença machuca o coração, sem que haja uma real necessidade para isso. Todos os problemas podem ser resolvidos de forma honrosa, e ferir os sentimentos do outro por vontade é desejar ser criminoso e agir fora da compaixão humana.

A indiferença não é falta de interesse

O desinteressado, muitas vezes, desconhece o que se passa ao redor, pois não faz esforço para tal. No entanto, aquele que prolifera sua indiferença opta por negligenciar quadros que deveria mudar, e permite a queda de tudo que poderia se elevar pelo mínimo de esforço em se importar.

A indiferença mata o amor

O ódio pode não ser o maior inimigo do amor, como muitos tendem a pensar, e talvez seja apenas amor distorcido pelos acasos da vida. Porém, em um ambiente onde reina a indiferença, o amor nunca consegue se manter, pois nesse local habita a vontade de que o bem se dissipe.

A indiferença liberta demônios

Muitas pessoas que sofreram com a indiferença durante a formação de sua vida e caráter, em algum momento, têm vontade de se vingar daquilo que a sociedade as fizeram passar. Nesse instante, o mal se concretiza novamente no mundo.

A indiferença perfura o coração

Nem mesmo os maiores mecanismos de tortura são capazes de ferir tão profundamente o ser humano quanto a indiferença. Enquanto facas e revólveres machucam a carne, a indiferença fere fatalmente o coração.

 

O ser humano opta pela indiferença

O mais difícil de acreditar é que o ser humano opta pela indiferença e faz parte do mal social. Todos podem escolher o caminho da compaixão e caminhar juntos no trajeto da vida, mas escolhem ser indiferentes e machucar aqueles que o cercam.

O mundo precisa de amor

O mundo precisa de amor para ser um combustível inesgotável que fortalece os laços de carinho entre todos. A indiferença corrompe as fontes de bons sentimentos e faz com que a chama do amor exista cada vez mais baixa.

O mal do mundo não está nas diferenças

Pessoas de mente pequena vivem a atrelar responsabilidades do fracasso da humanidade nas diferenças entre os homens. Afirmam que o mal está na cor da pele ou na preferência de gênero, mas o mal real que fere a todos está na indiferença com que tratamos os reais problemas.

A guerra entre os homens está na indiferença

A guerra não precisa ser algo generalizado e regado à pólvora. Ela começa na indiferença que as pessoas se tratam, abrindo feridas que não podem ser fechadas e que por consequência fazem o ódio se manifestar na realidade comum a todos.

A indiferença consome a boa ação

Não há motivo real para que continuemos a nos ferir com tanta indiferença, as boas ações nunca devem sucumbir para um sentimento tão vil. Pensemos mais em como gostaríamos de ser tratados para que possamos fazer o bem e receber de volta.

A indiferença mata o mais importante

A indiferença pode não ser a causadora da morte do corpo, mas ela destrói algo mais importante, que é a nossa alma. Ela também acaba com o ser humano, que é consumido pelo negativismo interno, externo, rancor e ódio.

A imparcialidade se confunde com a indiferença

O ser humano acha que, muitas vezes, está sendo imparcial, quando na verdade está sendo indiferente. Faça um exame de consciência para saber em qual bloco está. Uma dica é saber se aquilo que deixa de fazer tem objetivo de levar o outro ao sofrimento.

A indiferença cria chagas

A indiferença que uma pessoa sofre na vida não cria uma ferida que simplesmente cicatriza e some, mas pode deixar um machucado eternamente aberto. Ela consegue criar uma chaga que jamais pode ser esquecida.

fechar