Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

Belos poemas de amor

Que esses belos poemas de amor possam servir de inspiração para você manifestar todo o seu sentimento.

Sou como as folhas ao vento

Sou como as folhas ao vento
Esvoaçando pelo ar
Que a qualquer momento
Ao chão elas vêm parar
Queria ser uma folha
Que no ar pairava
Admirando o teu rosto
No teu regaço poisar
Beijar o teu rosto
Os lábios como ia amar
Cheirar o teu odor
Queria ser essa folha
No teu regaço pousar
Mostrar como te amo

Como é forte é sincero
A minha maneira de te amar
Ai como amava ser folha
Para te ir conhecer
E no teu regaço poisar
Como não sou folha
So te posso dizer
Que te irei amar
Até ao dia de eu morrer

Eu vou estar lá por você

E quando você me chamar
eu vou até você
não importa aonde estiver
estarei lá para te ajudar

Nos seus dias de aflição
te estenderei minha vida
compartilharemos o sentimento
até sua terrível dor se findar

Não importa como se sinta
eu vou estar lá por você
mesmo que não acredite
contigo eu vou caminhar.

Amor pra todo sempre

Meu amado...

Por quê estás tão calado, se estás ao meu lado?
Por quê tens o olhar perdido? Falo e não me respondes, pareces não me escutar,
O que há meu querido?
Por quê não falas as palavras que tens guardadas no teu coração? Quero ouvi-las!
Estás tão distante de mim...Vem, fica aqui pertinho, me abraça, e sentirás que o calor do meu corpo, esquentará o teu, e assim, abraçados, em carícias, não veremos as horas passarem, e, tu, não terás tempo para em mais nada pensares, a não ser, neste momento mágico, em que as nossas almas se entrelaçam me fazendo delirar ao sentir os teus lábios se unirem aos meus, num inebriante beijo e as tuas mãos tremulas, deslizarem por todo o meu corpo, me fazendo estremecer e vibrar nessa delirante paixão, nesse amor desvairado, onde escalaremos uma montanha de desejos até o cume e lá deixaremos a bandeira do nosso amor!

Se em algum momento, sentires saudades de mim, não te detenhas, venhas correndo e sempre encontrarás em mim, a porta de todo o meu ser, aberta para ti! Serás sempre bem-vindo, como a Aurora que resplandece a cada amanhecer do mais lindo e alegre verão. Ocuparás sempre o teu predileto lugar em minha vida, pois sabes que estarei sempre esperando por ti, porque te amo mais que mil dias, mais que mil anos, te esperarei por toda a vida, por que tu habitas no santuário do meu espírito!

Sinto sua Falta

Sinto falta das risadas, das vezes que me surpreendia, com pequenas coisas que nunca pensei que um homem me diria.

Sinto falta dos seus olhos, de quando fixava os meus tão profundo nos seus, e podia ver lá no fundo que meu destino era ficar ao lado seu.

Sinto falta dos momentos em que nada conseguíamos dizer, quando o que se estávamos querendo era se entregar a um louco prazer.

Sinto falta dos beijos seus, que faziam me sentir a garota mais feliz do mundo, e que me deixavam a toda hora num êxtase profundo.

Sinto falta de ouvir sua respiração quando ia dormir, era tão bom ter certeza que você estava ali.

Mas agora não a ouço mais, exceto em meus sonhos, onde posso deixar guardados os meus maiores desejos, as minhas lembranças, e a certeza que vou te encontrar outra vez e dizer quanta falta você me fez.

Rostos que falam

Em silêncio vivo, fala o corpo...
Uma mão agitada, um sorriso morto
fala o que a boca não diz...
Tanto medo, dor, angústia, alegria ou felicidade
nos rostos vistos nas esquinas,
vielas, mansões ou bares da cidade!
O âmago expressado nos olhos
deixa o sentimento exposto!
A índole revela-se humilde, alegre, bondosa
ou arrogante, torturadora, mafiosa, mentirosa.
Rostos que tocam
como o do Papa João Paulo Segundo
um rosto humilde, sorriso amoroso,
um olhar doce e profundo...
Mas os que me tocam mais no fundo
são rostos de crianças, enjeitadas, nas ruas
com seus gritos mudos, expressões tão suas...
O eco destes gritos que se perde aos ouvidos surdos...

O inquiridor olhar à crueldade do mundo!
Outros rostos assustam pela indiferença
rostos duros, frios, estigma do caráter hediondo,
ferozes marimbondos,
cegos para a dor dos que estão à sua frente,
de egoísmo tão doentes!...
Óculos embaçados, lentes sem grau!
Focam... apenas o próximo degrau...
Insensíveis às mazelas e procelas,
sentimentos embotados,
interesses próprios escancarados...

Os rostos são esculturas vivas!
As mais reais e precisas
talhadas pelas almas que os animam
avaliadas pelos corações que os examinam...
Os rostos falam... E como falam...
Basta olhar para o rosto dos enamorados!

Eu preciso acreditar

Fernanda Gomes

Eu procuro acreditar
E não deixo de sonhar
Imagino um lindo dia
E nele você voltará
Eu posso ate perder
E ter dúvidas como e se isso vai acontecer
Mas não posso perder a esperança
De um dia você voltar
É tanta coisa pra pensar
É tantas indagações a mim fazer
Perguntas do tipo
Qual é minha missão
Qual o aprendizagem

Desse coração
Que por ti chorar todo dia
e que te procura por fotografia
Pois por lembranças
Tem medo de te perder um dia
De tanto tempo faz
Que você não voltantes mais.

Sem medo de errar

Anderson Poeta

Meus desejos vão mais além
pois a vontade é grande
de te ter aqui por perto
me dando tudo que preciso

Entre os dias que passam
cada vez mais eu preciso
estar perto de você
ter você aqui dentro de mim

Transformando meu finito ser
dando-me um sentido a vida
para amar e poder viver
feliz sem medo de errar.

Me ensinando a viver

Embora minha vida fosse tão difícil
você estava lá para me dar a força
entre as dificuldades do tempo
havia algo que me fazia prosseguir

Tragando-me com broncas morais
me trazendo a um enorme patamar
onde tudo que foi construído
devo a ti por assim ser feito

Pois você me alimentou a vitória
aquele desejo grande de ser
instruindo meu ser por dentro
me ensinando a viver.

Já não existe mais

Entre a luz da lua eu lamento
pela perda desse sentimento
que me dava uma esperança
um motivo para continuar

Sondado pelas pauladas duras
vou caindo em outros braços
sofrendo sem ter você por perto
lamentando a vida sem viver

Criando ilusões obscuras
de alguém que perdeu
o que era como a cura
e hoje já não existe mais.