Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

Bienal do Livro

A Bienal Internacional do Livro de São Paulo acontece a cada 2 anos no Parque Anhembi e reúne mais de 750 mil pessoas, que visitam os mais de 300 estandes das mais diversas editoras nacionais e estrangeiras!

O que é a Bienal?

A Bienal Internacional do Livro de São Paulo é uma feira de livros organizada pela Câmara Brasileira do Livro e que reúne editoras brasileiras, estrangeiras e autores independentes para apresentar lançamentos e novos títulos.

História

A Câmara Brasileira do Livro iniciou em 1950 um projeto para reproduzir as famosas feiras de livros que aconteciam na França, na Itália e na Alemanha e criou a Feira Popular do Livro, que era realizada na Praça da República. Em 1965, a Feira passou a ser realizada no Viaduto do Chá para atingir um maior número de pessoas e foi ganhando, cada vez mais, adeptos.

Público

A 2ª Bienal do Livro recebeu um público de cerca de 80 mil pessoas e um total de 700 expositores. O recorde é da 19ª edição da Bienal, em 2006, quando mais de 800 mil pessoas compareceram à feira. Os números se mantiveram nesse padrão, em 2010, primeiro ano da parceria da Câmara Brasileira de Letras com a Reed Exhibitions Alcantara Machado, 743 mil pessoas foram à Bienal e em 2012, mais de 750 mil pessoas compareceram à feira.

Local

Em 1996, a Expo Center Norte passou a abrigar a Bienal para abrigar um maior número de pessoas e expositores e proporcionar maior conforto ao público. Novamente, em 2002, a Bienal foi realocada para o Centro de Exposições Imigrantes, com o mesmo intuito. A partir de 2006, a Bienal passou a ser realizada no Parque Anhembi, em Santana.

Cassandra Clare

A Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Galera Record confirmaram a vinda da primeira autora internacional para a Bienal do Livro de São Paulo: Cassandra Clare.

A autora da saga Os Instrumentos Mortais está desde agosto de 2013 na lista dos Mais Vendidos e teve o seu primeiro livro da série adaptado para o cinema. Sua participação na 23ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, acontece dias 23 e 24 de agosto. Recentemente lançou três livros: Cidade do fogo celestial; O códex dos caçadores de sombras e Crônicas de Bane.

Harlan Coben

O autor norte-americano, Harlan Coben, mestre dos romances de mistério e o número 1 na lista dos mais vendidos no jornal The New York Times, também terá sua presença na Bienal. No evento, ele lançará o novo livro "Seis anos depois" em português.

Bienal Internacional do Livro de SP

Em 1970, aconteceu pela primeira vez, oficialmente, a Bienal Internacional do Livro de São Paulo e, de lá até hoje, vem se repetindo a cada dois anos. Baseada na Feira Popular do Livro da década de 50, a Câmara Brasileira do Livro realizou, de 15 a 30 de agosto de 1970, a Bienal, no Pavilhão da Bienal, no Ibirapuera.

Números

Segundo a Reed Exhibitions Alcantara Machado, organizadora do evento, mais de 2 mil livros são lançados anualmente e cerca de 1,3 milhões de livros são expostos. 80% do público presente adquiriu, pelo menos, um livro e gastou, aproximadamente, R$90. Cerca de R$ 49,3 milhões são movimentados durante a feira, nos mais de 320 expositores.

Livro de Todos

Em 2008, para comemorar a 20ª edição da Bienal, o projeto “Livro de Todos” foi lançado. Para isso, o escritor, membro da Academia Brasileira de Letras, Moacyr Scliar escreveu o primeiro capítulo do livro, que teve a colaboração de mais de 173 internautas, responsáveis por continuar a história começada por Scliar.

Outras feiras

No Rio de Janeiro, também há uma Bienal do Livro, organizada desde 1983 e é realizada no Riocentro. Outra Bienal acontece no Amazonas, tendo sua primeira edição em 2012.

Kiera Cass

Kiera Cass é outro nome confirmado para comparecer na Bienal do Livro em São Paulo, este ano. A autora teve a saga "A seleção" como best-seller na seção de infantis do jornal "The New York Times", o primeiro volume foi publicado em 2012, depois vieram "A elite" (2013) e "A escolha" (2014), além de um em especial, o "Contos da seleção".

Sally Gardner

A inglesa é autora de 5 títulos que já venderam mais de 2 milhões de exemplares no Reino Unido e foram traduzidos para mais de 20 idiomas. No Brasil, Gardner acabe de lançar pela Editora WMF o livro Lua de larvas, que em 2013 recebeu um dos prêmios literários mais prestigiados da Inglaterra, o "Costa Childrens Book Award". Sally estará na Bienal do sábado, 30 de agosto.