Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Brincadeiras clássicas para fazer com seus filhos

Diversão é sempre uma ótima forma de unir a família. Que tal tirar alguns dias de folga e programar algo diferente para os seus filhos? Dê carinho e amor para as suas crianças nessa fase que elas mais precisam.

continue lendo
Compartilhar

Todo mundo na brincadeira

O Dia das Crianças logo está aí e não há nada mais divertido para uma criança do que brincar. Mas nada mais legal e interessante para pais e filhos do que brincar juntos. Com o dia a dia tão corrido e filhos totalmente conectados na internet, vale a pena separar um tempinho para tirar qualquer distração de perto e aproveitar o momento em família. Vale chamar os primos, amigos da escola, tios, avós, todo mundo entra na brincadeira e passa um momento gostoso em família.

Pega rabo

Nessa brincadeira você divide os participantes em duas equipes, ou até mais, vai depender da quantidade de pessoas para participar. Será necessário que distribua para cada uma das equipes pedaços de pano ou fitas de cores diferentes para identificar os times. Cada jogador deve prender a fita na calça ou na bermuda, como se fosse um rabo. Depois, cada um corre atrás do outros e tenta pegar o maior número de ‘rabos’ da outra equipe. Cada um que fica sem rabo deve esperar acabar a brincadeira. Vale separar um tempo para cada rodada. Essa brincadeira é ideal para crianças acima de cinco anos. Pode ser feita no parque, praia, condomínio e quintal de casa.

Caça ao tesouro

Espalhe pistas anotadas em um papel, trazendo informações que levem até a próxima pista, até a última que levará ao tesouro. Os jogadores já recebem no início uma pista para começar a brincadeira. Vale fazer as pistas de acordo com a idade das pessoas participantes. A graça do jogo também está nas dicas que podem ter charadas, cruzadinhas, caça-palavras, frases incompletas, etc. Se forem muitas pessoas, pode dividir em equipes. A brincadeira trabalha bem o raciocínio lógico, cooperação e estratégia.

Rótulo

Para brincar de “Rótulo” é preciso papel, caneta e fita adesiva. É uma brincadeira criativa que trabalha a expressão corporal e linguagem, ótima para crianças acima dos seis anos. Outra coisa é que ensina a sensação ruim que é julgar e ser julgado. Para começar, é preciso ter escrito nas folhas de papel vários rótulos, todos com uma ação – por exemplo: ‘Sou comilão,- prepare comida!’. Com a fita adesiva, cole um rótulo na testa de cada participante, sem ele saber o que está escrito. Todos os participantes começam a andar e, sempre que se encontrarem, deverão fazer o que está escrito na testa do colega. O objetivo é que cada um descubra qual rótulo recebeu.

Dança das cadeiras

Faça um círculo com cadeiras, com uma cadeira a menos do que o número de participantes na brincadeira. Deixe tocando uma música e enquanto isso todos dançam em volta da roda. Peça para alguém ficar no som e ao pararem a música, todos devem ocupar um lugar. Quem não sentar, sai da brincadeira e diminui mais uma cadeira. Vence quem conseguir sentar no momento que tiver só uma disponível. A dança da cadeira estimula agilidade, atenção e ritmo e é indicada para maiores de quatro anos.

Corrida no saco

Para essa brincadeira você vai precisar de um saco de batatas, fronha ou elástico para amarrar as pernas. É preciso marcar um ponto de largada e chegada. Cada pessoa deve pegar e entrar em um saco (ou demais coisas) e ao ser dado o sinal de largada, cada um vai pulando até cruzar a linha de chegada. Pode acontecer de o pessoal cair, então prepare um local seguro. É indicado para maiores de sete anos e é uma brincadeira legal por estimular agilidade, equilíbrio e velocidade.

Morto-vivo

Essa é uma brincadeira bem antiga, mas que nunca perde a graça. Crianças acima de quatro anos podem brincar e também estimula agilidade, coordenação motora, concentração e atenção. Uma pessoa é escolhida para liderar o grupo e fica a frente de todos. Ela que dá as instruções a serem obedecidas pelos demais. Quando o líder diz: "Morto!", todos ficam agachados e quando falar "Vivo!", todos dão um pulo e ficam de pé. Quem não conseguir fazer, vai saindo da brincadeira, até sobrar uma pessoa que será o líder. Essa brincadeira pode ser feita em diversos lugares.

 

Elefantinho colorido

Essa é uma brincadeira para crianças acima de quatro anos. Estimula a memória, coordenação motora e conhecimento das cores. Um dos participantes é escolhido para comandar e ele fica na frente dos outros e fala: “Elefantinho colorido!”. Os demais perguntam: “Que cor?”. O comandante então pede pelo nome de uma cor e as crianças correm para tocar em algo que tenha aquele tom. Ganha quem tocar na cor solicitada primeiro.

Serpente

Uma brincadeira simples de fazer e para família grande, é essa. Crianças acima de 3 anos podem brincar e pode ser feita em parque, praia, praça, quintal, etc. Também estimula coordenação motora, estratégia e o condicionamento físico. É como se fosse um pega-pega, mas cada jogador que é pego dá a mão para quem é o pegador e começa a perseguir os outros participantes também. Quanto mais gente for pega, maior a serpente fica e torna mais difícil perseguir alguém. Vale fazer estratégias como círculos para não deixar as pessoas passarem, por exemplo.

Esconde-esconde

No jogo, os participantes escolhem uma pessoa para contar. Ele deve fechar os olhos e contar até quanto for decidido para os outros jogadores se esconderem. Quando terminar de contar, quem contou vai atrás de quem se escondeu. Quem for achado e tocado por ele está fora da brincadeira. Ganha quem não for achado. Crianças acima de dois anos podem brincar e ainda exercitam a criatividade e atenção.

Stop

É necessário ter lápis e papel. Crianças acima de oito anos podem brincar e o bom é que com apenas dois participantes é possível realizar a brincadeira. Antes de começar, é preciso definir as categorias que vão usar, algumas das categorias mais comuns são: NOMES, ANIMAIS, CORES, FRUTAS, CARROS e CEP (cidade, estado ou país). Depois, cada jogador desenha uma tabela na folha e faz colunas com o nome das categorias. O grupo define uma letra jogando os dedos (por exemplo, com um total de dez dedos expostos, você vê qual é a décima letra do alfabeto, no caso, J) e começam a brincadeira com a letra que sair. Todos contam até três e começam a escrever em suas tabelas, o mais rápido que der, palavras que começam com aquela letra e se encaixam nas categorias definidas. O primeiro a acabar de preencher todas as categorias diz "stop" e todos conferem o resultado. Estando certo, tem um ganhador.

fechar