Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Dia de Santo André

O apóstolo Santo André esteve ao lado de Jesus desde o início de sua pregação. Ele acompanhou Cristo, espalhou Sua palavra e acabou martirizado por sua fé. Devido à sua devoção e santidade, ele é homenageado no dia 30 de novembro. Conheça sua história e comemore esse importante santo da cristandade.

continue lendo
Compartilhar

O pai de André

André era filho de João ou Jonas, não se sabe exatamente, pois as duas formas gregas aparecem na bíblia. No evangelho de Mateus (16:17), Jesus chama Pedro, irmão de André, de Barjonas, que significa “filho de Jonas”. Já no Evangelho de João (1:42; 21:15,17), o nome do pai deles aparece como João. Jonas e João são nomes referenciados na forma grega de um mesmo nome e de nomes distintos.

Celebre o Dia de São Mateus, outro valoroso apóstolo de Cristo

Leve-me até Jesus

Santo André, apóstolo fiel que aceitou o chamado de Jesus e guiou seu irmão ao filho de Deus. Faça de mim sua ovelha e me guie também pelos caminhos da fé.

Peça-chave para os planos de Jesus

Santo André foi um dos 12 discípulos de Jesus Cristo. Não foi muito citado na bíblia, mas com certeza foi fundamental para os planos do filho de Deus em sua jornada na terra. Seu dia é comemorado em 30 de novembro.

Aceitou o chamado

Santo André é reconhecido pela Liturgia como o “protocleto”, aquele que primeiro aceitou o chamado de Jesus. “Primeiro a escutar o apelo, ao Mestre, Pedro conduzes; possamos ao céu chegar, guiados por tuas luzes!”.

Guia-me até o Divino

Meu Santo André, dê-me luz e discernimento para ser aquela com um propósito na vida. Assim como tu, que guiou pessoas a Jesus, faça-me enxergar o momento certo para chegar até a palavra de Deus. Da mesma maneira, guia-me até o Divino e faça-me uma serva de Deus.

A presença do Cordeiro de Deus

Assim que soube que Jesus era o Cordeiro de Deus, Santo André passou a segui-lo. No dia seguinte, João estava ali novamente com dois dos seus discípulos. Quando viu Jesus passando, disse: “Vejam! É o Cordeiro de Deus!” Ouvindo-o dizer isso, os dois discípulos seguiram Jesus. Voltando-se e vendo Jesus que os dois o seguiam, perguntou-lhes: “O que vocês querem?” Eles disseram: “Rabi” (que significa “Mestre”), “onde estás hospedado?” Respondeu ele: “Venham e verão” (João 1:35-51).

O guia

André era irmão de Simão Pedro, também um dos discípulos de Jesus. O outro que seguiu o filho de Deus após descobrir que era o Cordeiro de Deus.

André, irmão de Simão, depois chamado Pedro, era um dos dois que tinham ouvido o que João dissera e que haviam seguido a Jesus. André apresentou Jesus a Pedro: "Achamos o Messias" (Cristo). Assim, levou seu irmão a Ele, que olhou e disse: "Você é Simão, filho de João. Será chamado Cefas" (Pedro) (João 1:35-42).

 

Importante à sua maneira

As passagens de Santo André são poucas, mas fundamentais. Por meio de André, as coisas acontecem com Pedro, um importante apóstolo, que inclusive escreveu textos contidos na Bíblia. Portanto não basta ser um ícone, seja como André, que conduz as pessoas até Jesus Cristo.

Faça a diferença

Eu não quero ser aquele que brilha diante de todos. Eu quero ser aquele que faz a diferença assim como Santo André, que sabia o que fazer em cada momento e tinha a palavra certa para ajudar Jesus em sua missão na Terra.

Um pregador

Cristãos acreditam que o apóstolo André pregou em Cíntia e Partia, regiões próximas do Mar Negro. Algumas tradições sugerem que ele está ligado à igreja russa. Durante um tempo, acreditam ainda que Santo André tenha exercido ministério em algumas regiões da Ásia Menor. Seu dia é comemorado em 30 de novembro.

A multiplicação dos pães

No episódio da multiplicação dos pães, André foi quem apresentou uma pessoa a Jesus, que fez o milagre assim como está na bíblia: "Então Jesus, levantando os olhos e vendo que uma grande multidão vinha ter com ele, disse a Filipe: Onde compraremos pão, para estes comerem? Filipe respondeu-lhe: Duzentos dinheiros de pão não lhes bastarão, para que cada um deles tome um pouco (João 6:5).

E um dos seus discípulos, André, irmão de Simão Pedro, disse-lhe:

Está aqui um rapaz que tem cinco pães de cevada e dois peixinhos; mas que é isto para tantos?" (João 6:5-9).

Origem do nome

O apóstolo André, que tem seu dia comemorado no dia 30 de novembro, possui um nome de origem grega, significando “viril” ou “valente”. Não é certo, mas alguns intérpretes dizem que o nome pode ter sido um “nome cristão”, ou seja, não sendo o nome de batismo e ter sido dado por Jesus.

Me dê instrumentos de fé

Dê-me o alimento, Santo André. Faça de mim um instrumento de fé. Guie-me pelo caminho divino e que nunca nos falte nada. Entregue a mim a melhor palavra e o melhor momento para continuar vivendo da fé.

Nascimento

Santo André nasceu em Betsaida, na Galileia (João 1:44). Viveu depois em Cafarnaum trabalhando como pescador ao lado de seu irmão Pedro (Mateus 4:18).

Quero ser fundamental

Faça de mim um crente valente e destemido. Que eu faça a diferença por onde passar, assim como tu fez por Cristo, Santo André. Que minha missão seja ser fundamental na vida das pessoas.

Quarto discípulo

Em menções sobre os apóstolos, André é citado como um dos quatro primeiros discípulos. Em algumas, não é mencionado, como, por exemplo, na ressurreição da filha de Jairo (Marcos 5:37; Lucas 8:51), na transfiguração de Jesus (Mateus 9:2; Lucas 9:28) e na oração de Jesus no Getsêmani (Marcos 14:33).

Crux decussata

É possível que o Apóstolo André tenha sofrido martírio em Acaia depois de evangelizar a esposa do Procônsul, governador da província. Lá foi crucificado em uma cruz chamada “crux decussata”, em forma de “x”. Hoje é popularmente conhecida como “Cruz de Santo André”. Na hora do martírio, disse à cruz: “Salve Santa Cruz, tão desejada, tão amada. Tira-me do meio dos homens e entrega-me ao meu Mestre e Senhor, para que eu de ti receba o que por ti me salvou!”.

fechar