Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Dicas para fazer uma festa junina

Vamos preparar essa festança! Vai ter comida, bebida, dança e diversão pra todo mundo! Fique de olho nas nossas dicas pra fazer uma festa junina incrível e reunir os amigos e a família! Não se esqueça da quadrilha e do figurino, e, se tiver fogueira, melhor ainda! Tá preparado?

continue lendo
Compartilhar

Organizando a bagunça

Uma ótima dica é criar um grupo no WhatsApp só para a festa junina. Toda a organização, então, fica sendo feita pelo canal, desde as decisões de decoração, playlist, quem vai comprar os itens de decoração, ingredientes para os pratos, entre outras combinações.

Toalhinhas de mesa

Já temos o tecido xadrez na lista. Agora é hora de dar aquele toque bucólico e montar as toalhinhas de mesa nesse tecido. Não tenha medo de misturar as cores; quanto mais colorido, melhor. Aproveite para usar xadrez também nos detalhes, como em um guardanapo ou enfeite de mesa.

Acessórios da decoração

Opte por utensílios de madeira, bambu, vime, palha... tudo num clima bem rústico. Use e abuse das colheres de pau e rolos de pastel. Experimente espalhar pelo ambiente caixas de feira como suporte para a maçã do amor, por exemplo. Mobilize a família, cada um pode trazer algum item de casa. São coisas que, com certeza, todo mundo tem guardadas.

Especial de Festa Junina. Confira!

Pra colocar os docinhos

Olha que ideia mara! Você pode comprar minichapéus de palha pra abrigar as paçoquinhas. Também tem aquelas tábuas de madeira em versão miniatura, que podem servir de base para pés de moleque e cocadas. Os chapéus em tamanho original também podem ser usados como bandejas para outros doces, e você ainda pode espetar milho ou salsichão neles (colocando um forro por dentro para dar suporte, evitando que os espetos tombem).

Sem bandeirola, não é festa junina

Uma coisa não pode faltar: bandeirolas! Muitas, por todo o lugar. Capriche nas cores. Você pode comprar prontas ou adquirir o material e juntar a turminha pra ajudar a criar as peças. O legal é deixar a imaginação rolar, assim a festa fica bem personalizada. Pendure várias bandeirinhas ao longo do ambiente.

 

Balão, sim! Mas só de mentirinha

Todo mundo sabe que soltar balão é perigoso, além de ser crime. Mas existem as miniaturas, sem bucha ou fogo, que são verdadeiras réplicas dos verdadeiros. Você pode procurar o molde em escala e reproduzir um balãozinho que não vai fazer mal a ninguém. Aproveite o momento e recrute a galera pra produzir as peças. Você pode usar também outros tipos de balões decorativos, como os balões-colmeia.

Mesa de centro

Uma mesa de centro, com as principais atrações culinárias da festa, é uma ótima opção pra criar um momento de convergência. Todo mundo vai ter de se “encontrar” lá em algum instante. Opte por algum material rústico, como madeira de demolição. Vai dar todo um charme na decoração principal.

Para as damas

Não precisa gastar muito pra entrar na personagem. Vale um vestido mais velhinho, alguns remendos aplicados, meia-arrastão de todas a cores, combinando com o vestido. Trancinhas e chapéus de palha decorados arrematam o visual. Não tem cabelão pra trançar? Não tem problema: em casas de festas ou nas lojas de 1,99, você encontra chapéus com tranças postiças. O bom é que dá menos trabalho, e você terá o penteado para todos os anos.

Terno e gravata

Os cavalheiros não precisam se preocupar. Quem não tem uma camisa social velhinha lá no fundo do armário? Pode usar como traje, bastando alguns cerzidos, apliques de xadrez e muita criatividade. Não se esqueça da gravata. Vale até prender com uma caixinha de fósforo, pra completar o clássico visual.

E tem casório

Não pode esquecer que vai ter casório. Quem vai ser a noiva? Aproveite aquele vestido branco que você não usa mais, faça alguns ajustes e decorações típicas. O padre também não pode faltar, é só incrementar uma bata com uma estola bem colorida, e já pode rezar a missa. Uma dica legal é fazer um sorteio em família, pra saber quem será o noivo, a noiva, o padre, o pai da noiva e o delegado.

Som na caixa!

Não se esqueça da playlist. Muito forró, música caipira. Pra não ficar muito repetitivo, vale variar os estilos. Mas na hora da quadrilha, a música típica é sagrada! Você pode buscar “Festa Junina” em aplicativos como Spotify ou mesmo no YouTube. Mas não se esqueça de planejar tudo antes, de preferência eleja o “DJ” da festa, pra que tudo corra bem.

Músicas de festa junina

Comes e bebes

As comidas típicas juninas são uma atração à parte, e são a parte mais esperada da festa. Anote aí o que não pode faltar: maçã do amor, salsichão, milho verde, pé de moleque, pamonha, paçoca, bolo de fubá, pipoca doce, canjica, maria-mole, arroz-doce, queijo de coalho. Mas dá pra incrementar com alguma receita de família também!

Quem leva o quê?

Escolhido o cardápio, agora é hora de definir quem leva o quê. Aproveite o grupo criado no WhatsApp pra definir quem leva quais pratos, bebidas e utensílios. Assim, evita-se a repetição de pratos ou até mesmo a falta de algum. E o melhor, sempre tem aquela tia ou “vó” que é cozinheira de mão-cheia, assim vocês já “convocam” essa pessoa pra cuidar dos pratos mais complexos.

Dancing like a pro

Para os mais perfeccionistas, dá até pra programar os ensaios da quadrilha. Vocês podem marcar um encontro, num daqueles grandes almoços de família; e treinar a formação, escolher quem vão ser os pares, aproveitar pra aperfeiçoar os passos e tentar colocar em forma quem não tem lá grande intimidade com a dança.

Formação de quadrilha

Tudo pronto? Comidinhas, decoração, setlist. Tá todo mundo aí já? Então é hora de formar os pares e preparar para o cumprimento e muito anarriê! Prontos pra gritar “Olha a chuva! É mentira!” e aproveitar os comes e bebes e celebrar muito? Sim ou com certeza? Porque festa junina é alegria, união e, claro, muita descontração.

fechar