Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Esquadrão Suicida - Curiosidades

A DC tenta desbancar a Marvel que hoje lidera o ranking no quesito HQs no cinema. E como essas histórias sempre reservam bons enredos e sucesso de público, você não pode deixar de conhecer melhor esses caras que vão dar o ar da graça nas telonas de todo o mundo em 2016!

continue lendo
Compartilhar

Sucesso

A intenção da Warner é de que o Esquadrão Suicida seja uma espécie de Guardiões das Galáxias para o Universo DC nas telas de cinema: personagens desconhecidos (até dos fãs de quadrinhos) que se tornam sucesso de bilheteria - o filme dos Guardiões foi o mais assistido nos Estados Unidos em 2014.

Amanda Waller

Essa personagem, na real, não foi ainda anunciada. O que existe são alguns rumores de quem a interpretaria no cinema. Porém, Waller é um alguém chave na existência do Esquadrão Suicida. É ela quem, nos anos 80, foi incumbida pelo governo de criar a tal Força-Tarefa X, recorrendo ao comando do Rick Flag e convocando vilões para atuar no time, em troca de uma diminuição em suas penas. Afinal, se esses caras morressem, ninguém ligaria.

Time de primeira

O Esquadrão Suicida surge quando o governo dos Estados Unidos reúne um time de supervilões que recebe a tarefa de completar missões impossíveis (ou “suicidas”), em troca de redução de suas sentenças.

Coringa

Joker

Bom, o CORINGA não precisa de apresentações. Todo mundo sabe que este é o maior vilão do Batman, criado a partir do protagonista do filme O Homem Que Ri. O que chama a atenção é que o Coringa nunca foi membro do Esquadrão Suicida nas HQs. Fica também a curiosidade de qual versão do Coringa veremos no cinema. O personagem já teve diversas facetas, indo do cômico ao mais mortal. Seria sensacional ver em live action uma relação Coringa-Arlequina no esquema acompanhado em Batman: The Animated Series.

Versão Final

As histórias do Esquadrão Suicida nos quadrinhos são marcadas por vários cancelamentos. Entre idas e vindas, já foram publicadas nos Estados Unidos quatro versões do grupo de supervilões desde 1987.

Cancelamento

A estreia do Esquadrão Suicida nos quadrinhos foi publicada em maio de 1987 e durou até 1992. Os personagens voltariam a aparecer em 2001, mas a revista durou menos de um ano antes de ser cancelada novamente pela DC.

 

Diversidade

Como o Esquadrão pode ser composto por qualquer um dos vilões da DC Comics, a variedade de formações e personagens é ampla e inesgotável.

Escalação

Foi surpreendente a escalação do ator Jared Leto como o personagem na adaptação para o cinema - e ainda mais após ser anunciado que o Coringa fará parte do Esquadrão.

Líder

Os membros fixos do Esquadrão Suicida são personagens obscuros do universo DC. O líder da equipe (e provável protagonista do filme) é o Pistoleiro, um vilão secundário de Batman, que será feito por Will Smith na adaptação para cinema.

Casal Louco

A escalação para o papel de Arlequina da atriz Margot Robbie, uma das mais quentes de Hollywood no momento, mostra que a relação entre Arlequina e o Coringa ocupará boa parte do filme.

Humor em Ação

A dinâmica entre os personagens também é simples: todos os membros do grupo se odeiam, além de odiar o governo, que também odeia eles. Ou seja: além da ação, o humor também garantido.

Confusão

Para aumentar a confusão, os roteiristas da série nos gibis gostam de matar os personagens da equipe. Em 2001, na primeira edição da terceira versão do Esquadrão Suicida, todos os membros do grupo (menos um) foram assassinados ao final da história.

Intermediário

A Warner Bros. ainda não escalou a atriz que fará um dos papeis mais importantes do filme: Amanda Walter, o contato do Esquadrão Suicida com o governo americano. A personagem é considerada como uma das mais peculiares dos quadrinhos, por fugir completamente do estereotipo dos super-heróis americanos.

Pistoleiro

Deadshot

Esse nome já é familiar pra galera que acompanhar Arrow, afinal o seriado já tem a sua própria versão do vilão. O Pistoleiro atende pelo nome de Floyd Lawton, um vilão que nunca se deu bem com a família na juventude e que surgiu originalmente em Gotham tentando ser um herói – ou melhor, tentando substituir o Batman. Eles brigaram e nosso amiguinho Floyd acabou preso. Já na pior, ele se torna um vilão, passando a trabalhar (ou seja, matar) pra quem pagasse mais.

Enredo

Entre as histórias, está a invasão da sede de uma organização terrorista (matando todos os membros no meio do caminho), o desmantelamento de governos ditatoriais na África ou o extermínio de uma colônia de formigas gigantes geneticamente modificadas. Pitoresco não?

Adaptação

Neste ano, pensando na adaptação para os cinemas, a DC lançou uma quarta versão da série, que agora é chamada de Novo Esquadrão Suicida.

Rick Flag

Nome pouco conhecido dos não iniciados nos quadrinhos – mas reconhecido por quem via Smallville, Rick Flag Jr. é uma das peças importantes do Esquadrão Suicida das HQs. Foi Flag, um experiente soldado estadunidense, que liderou o Esquadrão Suicida original, numa coisa mais de equipe de guerra. Décadas depois, o grupo foi revivido como Força-Tarefa X por Amanda Waller durante a saga Lendas – e tinha Flag como líder. A partir daí, o Esquadrão ganhou os contornos atuais, com vilões integrando o time.

Arlequina

Harley Quinn

Tirando o nosso próximo vilão, a Arlequina é seguramente a mais famosa integrante do Esquadrão Suicida – é só ver, por exemplo, a quantidade de cosplayers dela em eventos como a San Diego Comic Con. A primeira curiosidade sobre a vilã é que ela não é uma cria dos quadrinhos, tendo surgiu na TV, em Batman: The Animated Series, como um suporte do Coringa. Mais recentemente, Arlequina foi integrada ao Esquadrão Suicida das HQs, tudo aproveitando a turbinada popularidade dela – inclusive por conta dos games da série Arkham.

Capitão Bumerangue

Captain Boomerang

Capitão Bumerangue é um nome que se confunde com o Flash. O primeiro cara a usar esse nome, George “Digger” Harkness, era filho de um soldado estadunidense e de uma australiana. Crescido na pobreza, desenvolveu grande habilidade com bumerangues, os transformando em armas – assim demorou pouco tempo pra ele assumir o alter-ego vilanesco e, claro, cruzar o caminho do Flash. Passou a ser parte do Esquadrão Suicida em 1987.

Você sabia?

Apesar de quase todos os vilões da DC terem participado do Esquadrão Suicida, o Coringa, arqui-inimigo do Batman, nunca fez parte do grupo. A decisão de colocar o vilão do Batman no filme pode ser explicada por meio de outra personagem que estará nos cinemas, a Arlequina. Assistente de Coringa nos quadrinhos, ela é um dos membros fixos da formação atual do Esquadrão Suicida.

Encantadora

Enchantress

De todos os integrantes, é provável que a Magia (ou Encantadora, depende da época da tradução) seja a menos conhecida do grande público. Ela será, literalmente, responsável por dar o toque de magia ao time. Apesar do bom começo, June se deixa levar pela sede de poder e, já na segunda aparição, sai no braço com a Supergirl. A partir dali, ela seria uma vilã e, tempos depois, entra pro Esquadrão. Recentemente, a Magia forçou justamente a primeira reunião da Liga da Justiça Sombria.

fechar