Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Frases de músicas do The Cure

Originada na Inglaterra, a banda passou por diversas alterações em sua formação. Apenas Robert Smith, criador da banda, vocalista e compositor, é quem permaneceu com suas tarefas intactas dentro do The Cure, e as poesias não pararam de ser escritas. Quem nunca ouviu “Boys Don’t Cry” ou chorou com “Just Like Heaven” ou apenas saiu e dançou até não aguentar mais com “In Between Days”? Com letras tão belas, não é raro ver alguém com seu coração tocado pela sensibilidade da banda. Esqueça essa história de “Friday, I’m in Love”: é hora de ser feliz todos os dias! Seja qual for sua música favorita, reviva a época emo e reflita nos lindos trechos de músicas do The Cure!

continue lendo
Compartilhar

A banda

Integrantes de The Cure

The Cure é uma banda de rock originária da Inglaterra, criada em 1976. A banda teve muitas mudanças, principalmente de integrantes; e Robert Smith, vocalista e compositor, permanece desde o início até os tempos atuais. A banda fez um grande sucesso nos anos 80 e na metade dos anos 90 já não estava mais tão em alta assim. Porém, até os tempos atuais o The Cure ainda cai no gosto das pessoas e tem um disco previsto para ser

lançado neste ano de 2020.

Transformando os dias

“Friday I’m in Love” – The Cure

“Monday, you can fall apart, Tuesday, Wednesday break my heart, Thursday doesn’t even start. It's Friday I’m in love.”

“Segunda você pode desmoronar, terça, quarta parte meu coração, quinta nem mesmo começa. É sexta, eu estou apaixonado!”

É possível pensar o quanto os dias da semana para um coração apaixonado podem ser difíceis e torturantes, principalmente quando só se pode ver o seu amor apenas às sextas

e aos finais de semana, e é isso que essa frase representa. Quando não estamos com

a pessoa amada, o quanto é difícil conseguir resistir à semana que chegou, independentemente do que seja feito; mas o que podemos fazer para isso mudar

é transformar segundas-feiras em sextas-feiras.

O que pensa Morrissey, o clássico e eterno

É preciso chorar

“Boys Don’t Cry” – The Cure

Integrantes de The Cure

“Now I would do most anything to get you back by my side. But I just keep on laughing, hiding the tears in my eyes,’cause boys don’t cry.”

“Agora eu faria qualquer coisa para ter você de volta ao meu lado. Mas eu apenas continuo rindo, escondendo as lágrimas nos meus olhos, porque meninos não choram.”

Aqui vemos o quanto é enraizado o pensamento de que homens não choram, do quanto os homens são criados para que não sintam e escondam seus sentimentos. Quando na verdade, todas as pessoas sentem, e tudo bem chorar, tudo bem sentir, não há nada errado nisso. É preciso neste momento e nesta nova geração que está vindo que o choro e o sentir dos homens seja mais naturalizado, e tudo bem por isso. É preciso chorar, para que se possa se curar!

A beleza de estar

“Underneath the Stars” – The Cure

“Together as now. Forever as one in each other’s arms. So near and so far together as now underneath the stars, as the waves, break.”

“Juntos como agora. Sempre como um nos braços um do outro. Tão perto e tão longe, juntos como agora embaixo das estrelas, como as ondas, quebrar.”

Muitos amores têm suas fases, tanto boas quanto ruins. É importante pensar no amor, na companhia e na confiança que um tem no outro. Que o amor sempre os aproxime, que o amor sempre os deixe embaixo das estrelas abraçados pensando o quanto ele é bonito. Liberdade é estar com quem você quiser sob as estrelas, sabendo que tudo sempre fica bem.

Conheça os trechos de música de Artic Monkeys

Voltar-se para si

“A Forest” – The Cure

Integrantes de The Cure

“Suddenly I stop, but I know it’s too late. I’m lost in a forest all alone.”

“De repente eu paro, mas eu sei que é muito tarde. Eu estou perdido na floresta totalmente sozinho.”

Começo a pensar em como vivemos e sei que às vezes nos sentimos perdidos. E tudo bem nos sentirmos assim! É importante que neste momento comece a ter um processo chamado introspecção. Nesta época é importante pensar em si, se recolher, ver quais são as suas metas, sonhos e planos. Com a introspecção, nós encontramos dentro de nós o que achávamos que tínhamos perdido. A cura sempre vem de dentro para fora!

A inspiração para ser

“High” – The Cure

“When I see you sky as a kite as high as I might, I can’t get that high. The how you move the way you burst the clouds, it makes me want to try.”

“Quando eu te vejo voar alto, como uma pipa, tão alto quanto posso, eu não posso ir tão longe. O jeito que você se move, o jeito que você fura as nuvens, isto me faz querer tentar.”

O outro pode ser uma inspiração para você. Tenha ao seu lado pessoas que te inspirem, que estejam ao seu lado, que te ajudem a voar. Quando nos inspiramos em pessoas boas, em pessoas livres, é isso que nos tornamos. Independentemente do tipo de relação que tivermos com a pessoa. Que todas as nossas relações sejam para que possamos abrir

as nossas asas e sempre voarmos.

Saiba o que pensa Alex Turner, o vocalista da banda Arctic Monkeys

Quando o sol nasce

“Mint Car” – The Cure

Integrantes de The Cure

“The sun is up. I’m so happy I could scream! And there’s nowhere else in the world I’d rather be.”

“O sol nasce. Eu estou tão feliz que eu posso até gritar! E não há outra parte do mundo em que eu queria estar.”

É tão bom a felicidade poder encontrar. Quando podemos nos olhar no espelho e poder perceber o quanto a felicidade que custou a chegar veio a nos encontrar. Que mais um dia lindo entre na nossa vida com tudo de bom que o mundo e a vida têm a nos oferecer. Sorria, pois o sol acordou mais um dia por causa de você!

 

Apenas se abra ao amor

“Trust” – The Cure

“There is no-one left in the world, that I can hold onto. There is really no-one left at all, there is only you.”

“Não existe mais ninguém neste mundo a que eu possa me apegar. Não existe realmente mais ninguém, só existe você.”

Às vezes as pessoas têm um pouco de medo de se apaixonar, de se apegar a alguém. E às vezes é preciso que outra pessoa demonstre e fale que quer estar ao lado dela, que a ama de verdade. Sabemos que o medo é algo comum, principalmente para as pessoas que já tiveram experiências ruins no amor. Mas por que não confiar? Por que não se abrir? A vida está aí para nos abrirmos para ela e para o amor.

Descubra como era a moda dos anos 80 e saiba os itens que voltarão para nosso tempo!

A intensidade de sentir

“A Letter to Elise” – The Cure

Integrantes de The Cure

“Yesterday, I stood and stared wide-eyed in front of you. And the face I saw looked back the way I wanted to.”

“Ontem, eu parei e te encarei de olhos abertos em sua frente. E o rosto que eu vi me retribuiu o olhar do jeito que eu queria.”

Quando estamos apaixonados, qualquer coisa que a pessoa amada faz para nós é vivido intensamente. Sim, é muito lindo sentir, se apaixonar é uma das coisas mais gostosas que acontecem na nossa vida, um toque, um olhar, uma retribuição de afeto são uma das coisas mais maravilhosas do mundo.

Buscar o melhor de si

“Close to Me” – The Cure

“Just try to see in the dark, just try to make it work, to feel the fear before you’re here.”

“Apenas tente enxergar na escuridão, apenas tente fazer acontecer, para sentir o medo antes de ficar aqui.”

As nossas emoções são como uma montanha-russa, ora estamos bem, ora não. Quando estivermos em momentos ruins, é preciso saber que tudo isso vai passar, assim como temos dias ruins, os bons também vêm. Neste momento é importante se virar para dentro de si e buscar entender, sentir e ver o que está acontecendo e sempre tentar sair da escuridão, tentar ser a melhor versão de si para si mesmo.

Como era o estilo de vida nos anos 80? Inspire-se no vintage!

fechar