Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Livros de Estudo

Está em busca de um livro para estudar e aprimorar seus conhecimentos? Veja abaixo a lista que separamos pra você!

continue lendo
Compartilhar

O Livro da Lei

Aleister Crowley

Ler livro

O Livro da Lei foi publicado apenas uma vez no Brasil, em 1976 , mas foi misteriosamente retirado de circulação. O Livro da Lei foi uma das bases para a Thelema. Thelema é a doutrina ou filosofia religiosa difundida Crowley a partir de 1904 nos moldes propostos pelo Livro da Lei (Liber AL vel Legis), publicação recebida por uma entidade auto-denominada "Aiwass", Ministro de Hoor-par-Kraat (o Deus Hórus). De acordo com a filosofia thelêmica, o ser humano está afastado de sua condição divina não pela encarnação, conforme pregava, por exemplo, o gnosticismo e sim pela simples não - conscientização desta natureza.

Prática de Leitura

Ediney Pinto Serejo

Ler livro

Escrito por Ediney Pinto Serejo, "Prática de leitura: um estudo sobre as dificuldades na formação de leitores", foi publicado pela editora Balsas no ano de 2010. O livro de 52 páginas retrata a dificuldade na alfabetização de alunos e a falta de incentivo a leitura.

Prosa de Circunstância

Emílio de Meneses

Ler livro

Emílio Nunes Correia de Meneses (Curitiba, 4 de julho de 1866 — Rio de Janeiro, 6 de junho de 1918) foi um jornalista e poeta brasileiro, imortal da Academia Brasileira de Letras e mestre dos sonetos satíricos. Para Glauco Mattoso, o poeta paranaense é o principal poeta satírico brasileiro após Gregório de Mattos, sendo assim "Prosa de Circunstância" não desaponta ou foge do padrão do autor.

Deveres do Homem

Giuseppe Mazzini

Ler livro

O livro “Deveres do Homem” (Doveri dell’uomo) de Giuseppe Mazzini assinala a defesa da liberdade e unidade nacional com o fim de atingir a substancialidade da república italiana independente em meados de 1860, num momento em que a pregação e ação mazziniana estavam perdendo a sua imediata ressonância com relação à obra diplomática de Cavour. A obra oferece ao leitor, entre os numerosos escritos do desterrado, a síntese mais lúcida e completa do pensamento de Giuseppe Mazzini e dos ideais que o animavam: pensamento e ideais — podemos acrescentar — sobre os quais não seria supérfluo que os homens de hoje tornassem a meditar.

A Desobediência Civil

Henry David Thoreau

Ler livro

O alvo principal das análises de Thoreau era a formação da nação americana. Calcado no sistema escravista e afeito às guerras, o país ia, aos poucos, aprofundando as bases políticas e sociais que, para Thoreau, eram contrárias justamente ao baluarte mais defendido- a liberdade individual. Opondo-se ao senso comum, que considera a obediência às leis e às normas sociais como súmula da moral, Thoreau defendia que o dever para com a própria consciência está acima do dever de um cidadão para com o Estado. Formada por cinco textos, a edição traz, em sua abertura, aquele que dá nome ao livro, "A desobediência civil", de 1849, responsável por inserir o pensamento político de Thoreau na história mundial.

Identidades Poderes e Saberes

Carlos Renato Lopes

Ler livro

O presente trabalho situa-se na convergência interdisciplinar entre a Análise do Discurso de linha francesa e os estudos da mídia na pós-modernidade. Nele pretende-se demonstrar, com base na observação de 10 episódios de um programa popular da televisão brasileira (o Programa do Ratinho), como existe no gênero uma tendência crescente de dispersão de identidades, poderes e saberes.

A História da Literatura do Brasil

Domingos Gonçalves de Magalhães

Ler livro

"Discurso sobre a História da Literatura no Brasil", escrito por Gonçalves de Magalhães, é um texto originalmente publicado na importante revista "Niterói", em 1836 juntamente com "Suspiros Poéticos e Saudades".
Domingos José Gonçalves de Magalhães lançou a revista literária “Niterói”, juntamente com Araújo Porto Alegre e Torres Homem, onde também publicou um manifesto do romantismo, o “Discurso sobre a História da Literatura no Brasil” e outros artigos importantes para a definição do movimento Romântico no Brasil.

 

A Margem da História

Euclides da Cunha

Ler livro

O livro apresenta, bem nítidas, quatro constantes da personalidade cultural de Euclides: o cultor da língua e verdadeiro esteta da linguagem, o ensaísta e o humanista brasileiro. Não há preciosismo no falar euclidiano; há, sim, o rigorismo da palavra exata. Seu vocabulário riquíssimo, técnico e profissional quando necessário, era-lhe o instrumento próprio para captar todas as sutilezas da realidade e expor o logicismo de seu raciocínio de investigador e a lucidez do intérprete. Nas palavras densas, carregadas de emoções e evocações, dispostas numa estruturação sintática de ritmo veemente, que se torna frêmito de vida e poesia, temos a própria autenticidade de Euclides, numa linguagem que é bem tropicalmente brasileira, no transbordamento fenomenológico de formas, sons, calor e luz.

Tratado Descritivo do Brasil em 1587

Gabriel Soares de Sousa

Ler livro

"Tratado descritivo do Brasil em 1587" reúne dois textos de Gabriel Soares de Sousa - "Roteiro geral" e "Memorial e declaração", ambos enviados a um conselheiro do rei Filipe II de Espanha, no intuito de oferecer à Coroa informações acerca da situação da colônia portuguesa e demonstrar o conhecimento do autor sobre aquelas terras. Desde a recuperação destes textos, a obra tem despertado interesse de alguns estudiosos do início da colonização do Brasil. O livro é indicado a diferentes áreas do conhecimento, como botânica, geografia, história e antropologia, pois as descrições apresentadas por Soares buscam fornecer informações a respeito da fauna, da flora, dos acidentes geográficos, dos povos nativos e dos engenhos da costa do Brasil no século XVI, sobretudo da Bahia de Todos os Santos.

fechar