Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

Poemas de verão

Tá faltando inspiração nesse verão? O calor está te deixando cansado? Não desanime, porque o verão está aí para animar os nossos dias. Na poesia, essa estação é sempre muito celebrada. Motive-se com esses poemas e comece a ver a beleza que o verão traz para os nossos dias.

Brisa

Gabriela Lins

Gosto da liberdade
da brisa de verão
me esqueço da idade,
me esqueço da saudade,
da dificuldade,
vai embora a ansiedade.

O mal some em um balão.

Os meninos do lago

Gabriela Lins

Corriam sem problemas,
sem todos esses sistemas
que nos aprisionam as mentes,
escondem os dentes.

Meninos no verão são pureza,
são alegria,
são natureza,
são euforia.

Como deveríamos ser,
assim eles são.
Para que amadurecer?
Para que a supressão?

Vamos correr sem problemas,
sem todos esses sistemas
vamos libertar nossas mentes,
mostrar nossos dentes.

Luz

Gabriela Lins

Janela aberta traz vida,
inspiração,
calor,
paixão.

A luz preenche,
o amor se sente,
é o verão.

Amor

Gabriela Lins

Verão esbanja amor,
amor no abraço,
amor com ardor.

Como um laço,
não deixa dor,
a ela não dá espaço.

Arco-íris

Gabriela Lins

É o pássaro que voa,
seu canto ecoa,
a música encanta,
o sol se levanta.

A abelha zumbindo
está ouvindo?
a flor atrai
logo, a noite cai.

Noite de verão,
sorrisos, gratidão,
cansado?
arco-irisado.

Amor de verão

Gabriela Lins

Perto da praia, você caminhava
O sol nos seus olhos eu admirava
Seus cabelos bagunçados, molhados,
seus sorrisos desavergonhados.

Perto de mim, você caminhava
A sua beleza eu contemplava
Seus beijos encantados, acalentados,
seus abraços apertados.

Longe de mim, você caminha
Eu, em meus dias, sozinha
minhas lembranças agradecerão
a nossa bela, passageira, aventura de verão.

De todas as maneiras

Chico Buarque

“De todas as maneiras

Que há de amar

Nós já nos amamos

Com todas as palavras feitas pra sangrar

Já nos cortamos

Agora já passa da hora

Tá lindo lá fora

Larga a minha mão

Solta as unhas do meu coração

Que ele está apressado

E desanda a bater desvairado

Quando entra o verão”

Algo existe

Emily Dickinson

Algo existe num dia de verão,

No lento apagar de suas chamas,

Que me impele a ser solene.

Algo, num meio-dia de verão,

Uma fundura - um azul - uma fragrância,

Que o êxtase transcende.

Há, também, numa noite de verão,

Algo tão brilhante e arrebatador

Que só para ver aplaudo -

E escondo minha face inquisidora

Receando que um encanto assim tão trêmulo

E sutil, de mim se escape.”

Frases para amor de verão: Apaixone-se na estação mais quente!

No Entardecer dos Dias de Verão

Fernando Pessoa

"No entardecer dos dias de Verão, às vezes,

Ainda que não haja brisa nenhuma, parece

Que passa, um momento, uma leve brisa

Mas as árvores permanecem imóveis

Em todas as folhas das suas folhas

E os nossos sentidos tiveram uma ilusão,

Tiveram a ilusão do que lhes agradaria...

Ah, os sentidos, os doentes que veem e ouvem!

Fôssemos nós como devíamos ser

E não haveria em nós necessidade de ilusão

Bastar-nos-ia sentir com clareza e vida

E nem repararmos para que há sentidos ... "

Posso te garantir

Tati Bernardi

“(...) Posso te garantir que o verão solitário me deixou mais mulher, mais leve e mais bronzeada e que, depois de sofrer muito querendo uma pessoa perfeita e uma vida de cinema, eu só quero ser feliz de um jeito simples. Hoje o céu ficou bem nublado, mas depois abriu o maior sol.”

Poema de Verão

Ednar Andrade

Curvo a cabeça,

Reverenciando o vento

E a folhagem verde,

Como se comigo falasse,

Numa sabedoria natural,

Ao movimento do vento,

Rende-se no calor

Dourado da tarde.

Olhando o horizonte,

Silencio ao tilintar

Do mensageiro do vento;

Natureza viva.

À mesa, lembranças postas,

Como e me alimento

De saudade viva.

Ao redor de tudo, olho,

Reverenciando o tempo,

Os afagos, os silêncios,

Os poemas calados,

A sépia, pelo verão, pintado;

Morna tarde de verão

Que enche de amor, a vida

E pinta de fogo, o Sol,

O coração.”

Comparar-te a um Dia de Verão?

William Shakespeare

“Comparar-te a um Dia de Verão? Comparar-te a um dia de verão?

Há mais ternura em ti, ainda assim:

um maio em flor às mãos do furacão,

o foral do verão que chega ao fim.

Por vezes brilha ardendo o olhar do céu;

outras, desfaz-se a compleição doirada,

perde beleza a beleza; e o que perdeu

vai no acaso, na natureza, em nada.

Mas juro-te que o teu humano verão

será eterno; sempre crescerás

indiferente ao tempo na canção;

e, na canção sem morte, viverás:

Porque o mundo, que vê e que respira,

te verá respirar na minha lira.”

Quando o Sol Bater na Janela do Teu Quarto

Renato Russo

“Quando o sol bater

Na janela do teu quarto,

Lembra e vê

Que o caminho é um só,

Por que esperar

Se podemos começar

Tudo de novo

Agora mesmo.

A humanidade é desumana

Mas ainda temos chance,

O sol nasce pra todos,

Só não sabe quem não quer.”

Luz do sol

Caetano Veloso

“Luz do sol,

que a folha traga e traduz,

Em verde novo, em folha, em graça, em vida, em força, em luz

Céu azul, que vem até onde os pés

Tocam a terra e a terra inspira e exala os seus azuis

Reza, reza o rio, córrego pro rio, o rio pro mar

Reza a correnteza, roça, beira, doura a areia

Marcha o homem sobre o chão, leva no coração uma ferida acesa

Dono do sim e do não diante da visão da infinita beleza

Finda por ferir com a mão essa delicadeza

A coisa mais querida, a glória da vida

Luz do sol,

que a folha traga e traduz,

Em verde novo, em folha, em graça, em vida, em força, em luz.”

Inspire-se com frases de Caetano Veloso!

Cantiga

Manuel Bandeira

“Nas ondas da praia

Nas ondas do mar

Quero ser feliz

Quero me afogar.”

Vejo o mar

Rubem Braga

“Acordo cedo e vejo o mar se espreguiçando; o sol acabou de nascer. Vou para a praia; é bom chegar a esta hora em que a areia que o mar lavou ainda está limpinha, sem marca de nenhum pé. A manhã está nítida no ar leve; dou um mergulho e essa água salgada me faz bem, limpa de todas as coisas da noite.”

Pequenas coisas

Pamela Tailine Amorim

“Um dia de sol,

Ir à praia no verão

Sair pra dançar

Deitar no sofá

Assistir um bom filme

Ver crianças brincando

Passear no jardim

Sentir o perfume das flores

Pisar na areia

Ver a natureza

Admirar a lua e o céu estrelado

Sorrir do nada

Contar uma piada

Rever um grande amor

Amar sempre alguém

Olhar uma paisagem e dizer

“Como Deus é grande.”

Quem está ao sol

Alberto Caeiro

“Quem está ao sol e fecha os olhos,

Começa a não saber o que é sol.

(...)

Porque a luz do sol vale mais que os pensamentos

De todos os filósofos e de todos os poetas.”