Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Como superar um relacionamento

Não há nada pior que dizer adeus a uma pessoa que amamos tanto, que fazia parte de nossa rotina, mas às vezes é necessário. Cure o seu coração da sua maneira, no seu tempo. Você vai sair dessa!

continue lendo
Compartilhar

Comece a fazer planos para você mesmo(a)

Quando se está num relacionamento, principalmente quando é de longa data, é inevitável fazer planos juntos, seja uma viagem, a adoção conjunta de um animal de estimação ou, até mesmo, um lar para começar uma vida a dois. Mas se esses desejos existem independentemente da necessidade de ter uma outra pessoa, coloque-os em ação, mesmo que seja sozinho. O relacionamento termina, mas a vida continua e os sonhos também!

Evite pensar nele!

Principalmente quando o término é recente, é praticamente impossível não pensar na pessoa, ainda mais quando você vê algo a lembra. Se esse tipo de coisa lhe fizer mal, repita para si mesma que você não pode pensar neste ex. Obrigue seu cérebro a desviar o pensamento e não deixe que aquela dor no coração chegue a acontecer.

Direcione suas energias para você mesma

Quando você está num relacionamento, é comum tomar as dores da outra pessoa, além de querer ou tentar ajudar a resolver seus problemas – não que isso não aconteça com outros entes queridos, mas é inegável que haja uma atenção especial ao companheiro. Portanto, o tempo que você dedicava a ele agora é todo seu! Use-o com sabedoria: faça planos, pense em como resolver seus próprios problemas e faça uma autoanálise. Esteja bem consigo mesma!

Mude o visual

Às vezes, para uma nova fase, um novo visual cai muito bem. Cortar ou mudar a cor do cabelo ou fazer uma tatuagem podem ser bons artifícios para marcar o início de um recomeço. Mas esteja consciente de tudo o que fizer e pense muito bem para não se arrepender depois.

Ouça os conselhos

Além de falar, é necessário também ouvir. Esteja aberta para conselhos, dicas e auxílios. Outras pessoas podem ajudá-la a entender a fase ruim e lhe empurrar para um novo pontapé em sua vida.

Pratique esportes

Praticar atividades físicas é algo que deveria ser feito sempre, mas se antes não era possível, um término pode ser um bom motivo para começar a cuidar mais do corpo e da saúde. Além de ocupar a cabeça, você se sentirá mais feliz (por causa da serotonina) e terá uma melhora na autoestima.

Procurar um terapeuta/psicólogo

A ajuda de um profissional especializado pode ser a chave para você superar um grande baque. E não precisa se sentir mal caso precise deste tipo de intervenção! Terapia e sessões com o psicólogo são coisas que todos deveriam fazer sempre, não apenas por causa da necessidade de superar um problema. Mas é inegável que uma grande mudança na vida pode ser um pontapé para começar a se preocupar mais com a saúde mental.

 

Se abra para novas pessoas

O coração pode estar doendo pelo ex, mas isso não quer dizer que você não possa conhecer pessoas novas. Por isso saia, vá se divertir e mostre-se disponível para novas possibilidades. Às vezes, um novo romance, mesmo que passageiro, pode ajudar a esquecer e superar o relacionamento antigo.

Faça programas entre amigos

Por mais que você tente evitar, é normal se afastar um pouco dos amigos (principalmente dos solteiros) quando entra num relacionamento. Por isso, agora é hora de valorizar os amigos (e familiares) que, mesmo com o seu afastamento, não te deixaram na mão. Marque passeios, uma noite para cozinharem juntos ou uma noite de filmes. Amizades verdadeiras são tão importantes (ou até mais!) quanto os relacionamentos amorosos.

Desabafe

Às vezes não adianta: a saudade bate mais forte e não importa o que você faça, tudo lembrará a pessoa amada. E às vezes realmente não é bom afastar a tristeza. Sendo assim, o ideal é que chegue num ponto em que as memórias não causem um sentimento de vazio, mas um conforto de que o que viveu junto da pessoa amada valeu a pena. Por isso, quando sentir-se só, converse com alguém. Desabafe! Não reprima seus sentimentos.

Retome os sonhos antigos

Além daqueles sonhos que seriam realizados em conjunto e que você pode colocar em prática sozinho, existem aqueles planos mais antigos que foram deixados de lado por conta da vida a dois. Lembre-se de que nunca é tarde para realizar um sonho e vá atrás daquilo que deseja! O fim de um relacionamento é uma porta que se fecha, mas a cada porta fechada, uma nova se abre.

Ame-se mais

Nem sempre embarcar num relacionamento sério logo após o término de outro é uma boa ideia. É óbvio que o amor não avisa quando aparece, mas é necessário saber distinguir amor de carência. É importante saber como seguir com a vida sozinha e trabalhar mais o amor-próprio.

Distraia-se nas datas comemorativas

Aniversário de namoro ou do ex? Dia dos namorados? Essas datas não precisam ser os novos "dias de finados" para você, então se você perceber que vai ficar triste com as lembranças, distraia-se! Chame os amigos para sair para uma noitada, viaje com a família. Enfim, tente ocupar a cabeça para que o dia não seja passado em clima de velório.

Leia livros de autoajuda

Alguns podem achar uma besteira, mas os livros de autoajuda podem ser grandes aliados nos momentos difíceis. Por isso, não tenha vergonha de devorar um livro desses. O que importa é que se sinta bem e esse tipo de obra pode ajudar bastante!

Pense em coisas piores

Olhar para o lado pode te ajudar a ver que sua dor não é insuperável. Às vezes, se colocar no lugar do outro que está numa situação que considera mais difícil é uma forma de perceber que todos passam por dificuldades e que na vida é comum passarmos por momentos de sofrimento.

fechar