Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Dia da Abolição da Escravatura

A escravidão durou 300 anos no Brasil e foi um dos momentos mais tristes da nossa história. O povo negro foi injustiçado e merece reparação histórica pelo que sofreu. Celebre o dia 13 de maio, Dia da Abolição da Escravatura, se conscientizando com as nossas mensagens.

continue lendo
Compartilhar

300 anos de sofrimento

A história dos negros no Brasil é marcada por sangue e sofrimento. Foram 300 anos de trabalho escravo, que fizeram a economia do país decolar enquanto direitos humanos não existiam para eles. Libertar escravos na época era quase impossível, os que conseguiram fugir foram poucos, os que eram recuperados eram torturados algumas vezes até a morte, até que finalmente conseguiram a liberdade no dia 13 de maio de 1888, com a Abolição da Escravatura. Uma data memorável não só para o povo negro mas para a reparação histórica do Brasil.

A dor da escravidão

No início da colonização do Brasil, no século 16, não havia trabalhadores o suficiente para realizar trabalhos manuais pesados. Tendo em vista isso, os portugueses tentaram usar o trabalho indígena, mas foram barrados por religiosos. Dessa forma, eles precisaram encontrar outros meios, buscando negros na África para forçá-los a se tornarem escravos em sua colônia. Apenas no dia 13 de maio de 1888, com a Abolição da Escravatura os negros conseguiram a sua liberdade.

Leia a biografia de Nelson Mandela: o maior líder da África Negra

A mulher negra na escravidão

A mulher negra na época da escravidão foi a que mais sofreu com os abusos de uma sociedade racista. Era tratada como escrava no trabalho e sexualmente. Ela cuidava dos filhos dos patrão, o servia em todas as tarefas e era obrigada a manter relações sexuais. Por isso é importante celebrar a Abolição da Escravatura, não só no dia 13 de maio mas em todos os dias em nome de mulheres e homens negros que tiveram a vida tomada pelas dores da escravidão.

A Lei do Ventre-Livre e a Lei dos Sexagenários

Em 1850, a extinção do tráfico de escravos no Brasil engatinhou, mas só 21 anos mais tarde, em 28 de setembro de 1871, foi promulgada a Lei do Ventre-Livre. Essa lei tornava livres os filhos de escravos que nascessem a partir da decretação da lei. Em 1885, foi promulgada a lei Saraiva-Cotegipe (também conhecida como Lei dos Sexagenários), que beneficiava os negros com mais de 65 anos de idade. E, finalmente, em 1888, no dia 13 de maio o negro teve a sua liberdade com a lei da escravatura.

A escravidão acabou

Chega de racismo, a escravidão acabou em 13 de maio de 1888, a mente precisa evoluir. O negro merece ser respeitado, merece ter o direito de ir e vir. O negro merece ter igualdade, merece não ver o seu povo sofrendo. O negro merece andar na rua sem medo de ser confundido com bandido, o negro merece o futuro dos sonhos, assim como o branco, o amarelo, o índio. O negro não merece menos do que respeito e reparação histórica. Não apoie o racismo, não compactue com a dor da escravidão, o negro é livre e merece que a sua liberdade seja celebrada todos os dias. Viva o Dia da Abolição da Escravatura.

Conheça melhor o significado do Dia da Consciência Negra!

O papel da monarquia

Apesar de crianças e idosos já estarem sendo poupados da escravidão, foi somente em 13 de maio de 1888, por meio da Lei Áurea, que a liberdade total e definitiva foi alcançada pelos negros brasileiros. Assinada pela princesa Isabel, a lei ficou conhecida por alguns como um ato de benevolência e pela maioria das pessoas como uma tentativa desesperada da monarquia de se salvar politicamente.

 

O começo da revolta

Apesar de muitas pessoas considerarem normal a escravidão, ainda existia quem se importava e condenava esse tipo de prática, mas como era minoria não havia muito o que fazer. Quem não tinha influência política na época precisava tolerar os abusos que via, sem falar nada para ninguém. Isso durou cerca de 300 anos, até a Abolição da Escravatura no dia 13 de maio de 1888.

Conheça aqui curiosidades sobre a cultura brasileira!

A Lei Áurea

O dia 13 de maio é uma data de extrema importância para a história do Brasil, pois nesse dia, em 1888, foi assinada a Lei Áurea, que aboliu a escravidão. Graças a essa lei, o Brasil que conhecemos hoje existe e mais de 700 mil escravos foram libertados.

O preço da escravidão

Apesar de a Abolição da Escravatura ter sido importante, a elite continuou dominando o Brasil de forma conservadora. Os negros foram libertados no dia 13 de maio de 1888, mas não tinham como se virar no mundo, portanto muitos optaram por continuar na escravidão. Alguns apenas pela moradia e por um prato de comida. Isso só melhorou com o passar dos anos, através dos direitos concedidos a eles. Por isso é tão importante celebrar a liberdade do povo negro todos os dias, principalmente hoje.

Dia Internacional Contra a Discriminação Racial: A importância dessa data!

Orgulho e negritude

A todos os negros desejo que o dia de hoje seja apenas um motivo para lutar mais e mais na vida, que 13 de maio não te faça lembrar da escravidão, mas sim da vitória de ver seu povo sendo libertado. A Abolição da Escravatura aconteceu faz muito tempo, mas a liberdade que o negro merece precisa ser lembrada todos os dias. Viva o negro, diga

não ao racismo.

O fim dos navios negreiros

Os negros que eram trazidos da África foram transportados em porões dos navios negreiros. Muitos morreram nesse meio de transporte desumano, antes mesmo de chegarem ao Brasil. Ao chegarem aqui, eles eram tratados como mercadoria pelos senhores do engenho e vendidos por qualquer coisa que fosse lucrativa para eles. Por isso, é importante celebrar o fim da escravidão. Que neste dia 13 de maio você consiga enxergar a beleza da liberdade e valorizar o povo negro.

Escravidão: Frases sobre a maior crueldade do seu humano!

Negros livres

Não chame o negro de moreninho, isso é desrespeito. O negro se orgulha de ser negro, se orgulha de sua história de muita luta para conquistar a liberdade. A Abolição da Escravatura é uma data importante para conscientizar as pessoas de que o negro merece respeito e liberdade. Portanto 13 de maio é um dia de muita honra para o negro e de conscientização do brasileiro.

Orgulho negro

Só quem é negro sabe o que passa no mundo, o racismo ainda é latente por todos os lugares. A Abolição da Escravatura foi um dos primeiros passos para a luta negra, que continua por toda a vida. Quem não é negro não sente na pele o que é lidar com o racismo e enfrentar o preconceito com honra. Respeite os negros, respeite a história negra, comemore o dia 13 de maio conscientizando as pessoas a seu redor sobre o que está na história: negros são livres e merecem respeito.

Mensagens sobre o preconceito racial: Somos todos iguais!

Dragão do Mar, orgulho cearense

Antes da Lei Áurea e da Abolição da Escravatura, em 13 de maio de 1888, existiu o Dragão do Mar do Ceará. Um homem que lutou pelo seu povo com uma força nunca vista. Chico da Matilde, como era seu nome verdadeiro, bateu de frente com as autoridades e ajudou a libertar várias crianças negras. Até hoje seu nome é celebrado em escolas, teatros e pelo governo como resistência popular contra a escravidão. Que neste dia ele também seja celebrado.

O movimento abolicionista

Na metade do século 19, o movimento abolicionista deu as caras no Brasil. Joaquim Nabuco foi um dos principais abolicionistas nessa época, propondo que os negros fossem libertados e viessem a se tornar com o tempo trabalhadores assalariados, fossem eles imigrantes ou estrangeiros. Dessa forma, as usinas de açúcar começaram a substituir engenhos, o que resultou em um número menor de escravos. Mas o negro só conseguiu liberdade com a Lei Áurea, no dia 13 de maio de 1888. Uma data que merece ser lembrada todos os anos como um marco na nossa história.

Conheça pessoas negras de maior influencia na história!

Viva Zumbi!

Que neste 13 de maio, Dia da Abolição da Escravatura, você se lembre de Zumbi dos Palmares, assim como se lembra da princesa Isabel. Porque o negro que se liberta nunca teve dono. Porque o negro que inspira merece ser respeitado. Porque o negro sempre foi pelo negro, e sempre será. A escravidão acabou, mas o racismo existe e precisa ser combatido. Viva o povo negro! Viva Zumbi! Viva a liberdade!



“Só fica escravo aquele que tem medo de morrer sobre donos.”

Zumbi dos Palmares

Vidas negras importam!

Que neste dia 13 de maio você se lembre de todos os negros que sofreram com a escravidão e perderam sua vida, seus familiares e sua identidade por culpa dela. Que você se lembre dos negros que lutaram e continuam lutando por igualdade no mundo. Que nenhum racista saia impune dos seus atos, já que hoje temos uma lei que não tolera esse comportamento primitivo e desumano. Que todo negro seja lembrado como um dos verdadeiros donos do Brasil, por ter ajudado a construí-lo. E que todo negro no mundo seja respeitado.



“Na escravidão, o senhor de escravos colocou seu nome em nós. Para marcar que nós éramos sua propriedade. Um negro, que hoje se chama Jonhson, teve avós que foram comprados por um branco chamado Jonhson.”



Malcolm X

Leia aqui mais frases de Malcolm X

Chega de desigualdade

Não existe nada pior na vida de um negro do que viver à sombra da escravidão, a Abolição da Escravatura deve ser lembrada sempre para que as pessoas não usem seu preconceito contra um povo que foi liberto. Foram 300 anos de escravidão, mas é uma vida inteira de vitórias do povo negro. Em 13 de maio, liberte a sua mente do preconceito.



“O Brasil, último país a acabar com a escravidão, tem um perversidade intrínseca na sua herança, que torna a nossa classe dominante enferma de desigualdade, de descaso.”



Darcy Ribeiro

Racismo não!

A Abolição da Escravatura foi um momento importantíssimo na nossa história, mas não apaga tudo o que o povo negro sofreu. Durante 300 anos o negro foi escravizado no Brasil, o povo branco tem uma dívida histórica com eles e precisa lembrar todos os dias que racismo é crime, previsto por lei inclusive. Não compactue com racismo, denuncie! Lembre-se disso, além do dia 13 de maio. Vidas negras importam.

Consciência negra: Veja aqui frases contra o racismo!

fechar