Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

Dia Nacional da Luta Antimanicomial

Diferentemente da saúde física, a saúde mental recebe pouca atenção da mídia e da maioria das pessoas. O problema dessa desvalorização é que muitas vezes os tratamentos para esse tipo de problema podem tornar a pessoa ainda pior. Daí vem a importância de celebrar o Dia da Luta Antimanicomial.

Qual é o problema dos manicômios?

Apesar do nome, o Dia da Luta Antimanicomial, comemorado em 18 de maio, não se refere somente aos manicômios. É uma luta por direitos para pessoas que sofrem de problemas mentais, porque muitas vezes esses pacientes são torturados, sedados e isolados em instituições que deveriam ajudá-los.

É preciso lutar!

Em nome de todas as pessoas que, assim como eu, sofrem de doenças mentais e se veem excluídas e desvalorizadas, vamos celebrar o Dia da Luta Antimanicomial, em 18 de maio. É importante buscar tratamentos eficazes para esse tipo de problema em vez de marginalizar essa população que cresce cada vez mais.

Manicômios não ajudam

A ideia dos manicômios é a de tratar as pessoas que sofrem de doenças mentais por meio do isolamento e da medicação. Esse processo dificulta a reintegração desses indivíduos na sociedade e impede que eles tenham uma vida saudável. Por isso, devemos persistir na Luta Antimanicomial, celebrada no dia 18 de maio.

Saúde mental importa

É preciso reconhecer que a saúde mental também interfere na saúde física. Em 18 de maio comemora-se o Dia da Luta Antimanicomial. Precisamos encontrar novos tratamentos e novas formas de lidar com o nosso corpo e com a nossa saúde, lutando pelos direitos das pessoas que são isoladas sem um acompanhamento médico.

Frases de motivação para os psicólogos

Para reconhecer e tratar problemas

O Dia da Luta Antimanicomial, comemorado em 18 de maio, deve ser lembrado como uma forma de reconhecer a importância de tratar problemas de saúde mental da maneira mais correta possível, valorizando a existência de cada pessoa, de sua história e de suas inseguranças.

Pessoas são pessoas

Dizer que uma pessoa que sofre de uma doença mental não é mais uma pessoa é preconceituoso e desrespeitoso. Todas as pessoas são pessoas, independentemente do problema que tenham. Por isso, em 18 de maio é preciso reconhecer a importância do Dia da Luta Antimanicomial.