Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Dia Nacional de Doação de Leite Humano

A má amamentação nos anos iniciais da vida de uma criança pode acarretar uma série de problemas. Para as mamães que não conseguem fornecer leite a seus filhos, é preciso a ajuda dos bancos de leite nos hospitais. Pensando nisso, foi criado o Dia Nacional de Doação de Leite Humano.

continue lendo
Compartilhar

19 de maio

Em maio de 2005, profissionais reunidos no II Congresso Internacional de Bancos de Leite Humano elaboraram uma carta aberta com uma série de medidas para fortalecer os bancos de leite humano, como forma de garantir o aleitamento materno para todas as crianças. Esse documento ficou conhecido como "Carta de Brasília" e foi assinado no dia 19 de maio de 2005, marcando o movimento de expansão dos bancos de leite em toda a América. Em homenagem a esse marco tão importante, em 2015 foi promulgada a Lei 13.227/2015, que estabelece o dia 19 de maio como Dia Nacional de Doação de Leite Humano.

Leia frases para quem quer engravidar, mas não consegue

Mais que o dia, a semana toda

O leite materno é a arma mais importante contra a mortalidade infantil. Por isso, para conscientizar sobre a importância do aleitamento materno e a doação de leite humano, estimular essa doação e divulgar os bancos de leite humano em todo o país, todo dia 19 de maio é dedicado a se comemorar o Dia Nacional de Doação de Leite Humano. Mas a causa é tão importante que não basta um só dia de conscientização: a semana toda é de campanha! A semana que incluir o dia 19 de maio é, por força de lei, a Semana Nacional de Doação de Leite Humano. Informe-se sobre as ações na sua cidade e participe!

América unida pelo leite materno

O aleitamento materno é crucial para a saúde e desenvolvimento das crianças. Por isso, não só o Brasil, mas toda a América, se une em campanhas para promover a doação de leite humano, para que nenhum bebê fique sem essa proteção. Assim, dia 19 de maio, é o Dia Sul-Americano de Doação Voluntária, Gratuita e Altruísta de Leite Humano. No Brasil, a campanha estende-se por uma semana toda, e há atividades de conscientização e promoção da doação de leite humano por todo o país. Não fique fora dessa! Divulgue você também.

Amo meu filho, mas odeio ser mãe

A necessidade é real

O Brasil possui uma imensa rede de bancos de leite humano, mas, mesmo assim, muitos bebês não têm acesso ao leite materno. Em maio de 2018, a Rede Brasileira de Bancos de Leite Human, só conseguia atender cerca de 60% da necessidade dos recém-nascidos prematuros e de baixo peso internados no país. Ou seja, 40% dos bebês internados que não são amamentados lutarão sozinhos, sem a ajuda preciosa do leite materno, por suas vidas. Por isso, neste 19 de maio, Dia Nacional de Doação de Leite Humano, participe da campanha e compartilhe informações sobre como doar leite humano!

Conselhos para ter uma gravidez tranquila

Referência Mundial em Bancos de Leite

O Brasil possui a maior rede de bancos de leite humano do mundo. São 219 bancos, presentes em todos os estados da Federação, e 196 postos de coleta, além da coleta domiciliar. Nosso modelo é voltado para a promoção do aleitamento materno exclusivo até os seis meses de idade, além da permanência dessa forma de alimentação por dois ou mais anos. Os bancos de leite humano coletam, analisam, tratam e distribuem o leite materno para que bebês impedidos de serem amamentados naturalmente, como prematuros e hospitalizados, também possam ser protegidos. Doar leite é doar vida. Neste 19 de maio, Dia Nacional de Doação de Leite Humano, espalhe essa ideia!

Faça as pazes com seu corpo após a gravidez

Um banco de amor

Apesar de o aleitamento materno ser importantíssimo para o crescimento do bebê, infelizmente nem sempre é possível amamentar. O que fazer nessa situação? Vá ao banco de leite! Lá, profissionais capacitados irão dar todo o apoio e orientação sobre como proceder. O Brasil possui uma imensa rede de bancos públicos de leite humano, todos ligados a alguma maternidade ou UTI neonatal. Neles é feita a recepção, triagem e tratamento do leite doado, que, após recebido, passará por testes e pasteurização, garantindo sua segurança e qualidade. Lá também é feita a destinação do leite doado, encaminhado preferencialmente aos prematuros e hospitalizados. Por isso, neste 19 de maio, Dia Nacional de Doação de Leite Humano, conheça mais sobre esse verdadeiro banco de amor.

Faça sua parte: doe vidros

Nem só quem está amamentando pode participar da Semana Nacional de Doação de Leite Humano! Além de compartilhar informações e promover o aleitamento materno, você também pode contribuir com os bancos de leite doando vidros para a coleta! Embalagens de maionese, café solúvel ou de outros produtos que venham em vidros com tampa podem ser levados, limpos, ao Banco de Leite Humano mais próximo de você. Temos uma grande rede em todo o país, verifique a unidade mais próxima no site da Rede Nacional de Bancos de Leite Humano ou informe-se na maternidade mais próxima. Neste 19 de maio, Dia Nacional de Doação de Leite Humano, faça sua parte: doe vidros!

 

Não se culpe, procure ajuda

Com a gravidez e espera pelo bebê, vem também a expectativa pelo momento de amamentar e viver esse momento de conexão tão profundo entre mãe e filho. Mas às vezes isso não ocorre conforme o planejado. Se isso acontecer com você, não se culpe e procure ajuda. Muitos problemas de amamentação podem ser resolvidos com acompanhamento profissional, fisioterapia, aulas que ensinam o bebê a mamar e a mãe a encontrar posições confortáveis. Nos casos realmente impeditivos – como na presença de doenças infectocontagiosa, como HIV e herpes ativa, ou ferimentos infeccionados nas mamas –, um profissional responsável indicará a melhor conduta e, se for o caso, até encaminhar para o banco de leite mais próximo. Aproveite este 19 de maio, Dia Nacional de Doação de Leite Humano, e conheça mais sobre os bancos de leite!

Leite: armadura para o bebê

O aleitamento materno é essencial para o bebê por motivos físicos e emocionais. O ato de amamentar constrói laços de segurança e amor entre mãe e filho, com reflexos na estrutura psicológica da pessoa para toda a vida. Além do ato em si, o leite é preciosíssimo! O leite humano é um alimento completo e suficiente até os 2 anos de idade da criança, tanto que a Organização Mundial da Saúde recomenda o aleitamento exclusivo até os seis meses. O leite materno é de fácil e rápida digestão, garante o equilíbrio hídrico do bebê, não causa alergias, protege contra muitas doenças e transmite anticorpos essenciais. Neste 19 de maio, Dia Nacional de Doação de Leite Humano, vamos celebrar a riqueza do leite materno!

Coisas que só quem é mãe entende sobre maternidade

Bancos de Leite Humano: como doar?

Toda mulher saudável que esteja amamentando e pode ser doadora! Não há risco nenhum para quem doa e muito menos para o bebê, pois a doação é sempre feita após o bebê mamar ou em momentos em que há sobra de leite. Basta entrar em contato com o banco de leite mais próximo e verificar as opções de coleta. A retirada do leite (ordenha) é feita em casa, pela própria mulher, em um vidro limpo e esterilizado (ferver vidro e tampa por 15 minutos em panela com água e secar naturalmente com a boca para baixo em um pano limpo). Em um local tranquilo, prenda os cabelos, cubra a boca ou evite falar durante a extração, e com as próprias mãos proceda à retirada (ordenha) do leite. O leite pode ser congelado ou resfriado, de acordo com a orientação do banco de leite, e a entrega ou retirada deve ser feita em no máximo 10 dias. Participe deste 19 de maio, Dia Nacional de Doação de Leite Humano, e faça sua primeira doação!

Amamentar é só vantagens

Que o aleitamento materno é essencial para os bebês, isso sempre é lembrado. Mas sabia que amamentar também traz muitas vantagens para as mamães também? A amamentação desde o primeiro dia de vida do bebê atua no controle do sangramento pós-parto, age na prevenção de diabetes, câncer de útero, ovários e mamas, evita a anemia no pós-parto, além de ajudar na perda do peso ganho durante a gestação. Neste 19 de maio, Dia Nacional de Doação de Leite Humano, pense que, além de todas essas vantagens, seu leite ainda pode salvar vidas!

Não existe leite fraco!

Um dos mitos mais cruéis sobre amamentação é a história do leite fraco. Não existe leite fraco! Toda mulher saudável produz o melhor leite que há para um bebê crescer protegido, forte e feliz. O bebê pode não estar conseguindo mamar direito por diversos motivos, como quadro de saúde, falta de tranquilidade no ambiente, "pega" errada, mas jamais porque o leite da mãe é fraco. Mamãe, seu leite é forte, lindo e precioso! Leite fraco é um mito que precisa ser destruído, antes que mais mães e bebês sejam prejudicados. Neste 19 de maio, Dia Nacional de Doação de Leite Humano, prove a força do seu leite doando e salvando vidas!

fechar