Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

Dia de São Vitor

São Vitor nasceu na Mauritânia, na época em que o paganismo era a religião do Império Romano. Por sua fé, Vitor foi perseguido e torturado, mas nunca abandonou o Cristianismo. Ele foi um exemplo de fé e perseverança. Conheça sua história e homenageie-o todo dia 8 de maio.

Quem Foi?

Foi um soldado, membro da guarda pretoriana do Império Romano, que nasceu na Mauritânia, país da região norte da África.

Testemunho de fé

Desejando debelar um conflito na Gália, o imperador Maximiano, transferiu soldados dos exércitos do oriente e do norte da África. Para garantir o máximo de fidelidade à causa romana, o imperador exigia que os soldados participassem de uma cerimônia na qual eram obrigados a adorar os deuses pagãos de Roma. Devido à sua fé inabalável no cristianismo, São Vitor negou-se a participar de tal cerimônia e diante dos demais soldados afirmou sua fé no Deus único e em Jesus Cristo. Ameaçado com a pena de morte, caso se mantivesse fiel à sua crença cristã, São Vitor continuou firme em seu testemunho de fé.

A prisão

Por se negar a participar da cerimônia de adoração aos deuses pagãos de Roma, São Vitor foi preso e privado de comida e água. O lugar onde foi preso é conhecido hoje como “o cárcere de São Vitor”.

Diante dos suplícios mais demonstração de fé

Depois de preso, São Vitor foi arrastado pelas ruas da cidade de Milão até chegar ao Circo Romano, local semelhante aos hipódromos gregos, só que eram utilizados para diversas atividades: corrida de cavalos, corrida de bigas, grandes comemorações etc. Lá, São Vitor foi interrogado pelo próprio imperador Maximiano e, diante de todos, manteve-se firme, renegando os deuses pagãos e reforçando sua fé em Jesus Cristo.

A resposta ao imperador

Assombrado com a fé de São Vitor, o imperador Maximiano oferece-lhe riquezas e posição social de destaque. Entretanto, São Vitor assim responde: “Todos os deuses romanos são demônios, mas o nosso Deus fez os céus, por isso não vou adorar demônios. Eu disse e repito, não me curvarei aos demônios, mas me oferecerei como sacrifício de louvor a Deus, porque está escrito: 'Todo aquele que oferecer sacrifícios aos demônios e não a Deus será destruído'. Eu não aceito as recompensas prometidas por você, mas eu aceito a força de meu Deus todos os dias.”

Mais suplícios e o milagre

Irado com a demonstração de fé de São Vitor, o imperador determinou que ele fosse açoitado e que em seus ferimentos fosse depositado chumbo derretido. Assombrosamente, São Vitor não sucumbiu aos castigos que lhe foram impostos e milagrosamente se recuperou de tais flagelos de forma muito rápida.

A decapitação

Ao se recuperar dos ferimentos graves, São Vitor conseguiu fugir da prisão e escondeu-se no teatro, porém foi descoberto e levado para a floresta, onde foi decapitado no dia 8 de maio do ano 303 d.C.

Oração a São Vitor – 1

“Deus, nosso Pai, ouvi esta prece que a vós elevam todos os aflitos, prisioneiros e exilados: Eu sou o homem que conheceu a miséria sob a vara de seu furor. Ele me guiou e me fez andar na treva e não na luz; só contra mim está ele volvendo e revolvendo sua mão todo o dia. Consumiu minha carne e minha pele, despedaçou os meus ossos. Edificou contra mim e envolveu minha cabeça de tormento. Fez-me habitar nas trevas como os que estão mortos para sempre. Cercou-me com um muro, não posso sair; tornou pesadas minhas cadeias. Por mais que eu grite por socorro, ele abafa minha oração. Murou meus caminhos com pedras lavradas, obstruiu minhas veredas… Os favores do Senhor não terminaram, suas compaixões não se esgotam; elas se renovam todas as manhãs, grande é a sua felicidade!”

Oração a São Vitor – 2

São Vítor, quanto sofrestes para testemunhar vossa fé em Cristo! Peço-vos, após louvar vossas virtudes tão preciosas, que intercedais junto a Deus para que haja uma grande mudança em nossos sistemas penitenciários. Que a ociosidade seja completamente extinta. Concede a graça da conversão aos delegados e policiais, para que aprendam a adquirir uma escala de valores realmente cristã, e que a criminalidade seja substituída pela paz. Assim seja!

Oração a São Vitor – 3

Ó Deus e Senhor Nosso, pela intercessão de São Vitor, o Mouro, dai aos presidiários e exilados, luz, graça e força para superarem as dificuldades diárias. Convertei os pecadores e fazei-os caminhar na estrada da honestidade e justiça, protegei e confortai os justos e os piedosos para que não percam a fé. Livrai-os do castigo eterno e dai a todos mais uma chance nesta vida e, na outra, a purificação dos pecados. Que o exilado volte a sua terra natal e o preso arrependido vença seus vícios e seja liberto após cumprir com a justa justiça. Amém!

Oração a São Vitor – 4

Senhor Deus eterno e todo poderoso, dai que os governantes e todos que são constituídos em autoridade façam do sistema prisional um verdadeiro ambiente de ressocialização, que o culpado pague o que deve e verdadeiramente se arrependa do que fez, que encontre misericórdia e a chance de recomeçar, que sejam tratados como vossos filhos, apesar de todo erro que cometeram. Dai-nos a graça de perdoar para sermos perdoados e amar mesmo os nossos inimigos, como nos ensinou vosso Bendito Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo. Isso vos pedimos no nome de vosso Filho e pela intercessão de São Vitor, o Mouro. Amém!

São Vitor, orai por nós! São Vitor, orai por nós! São Vitor, orai por nós!

Amém!

Sinta a presença de Deus com 12 versículos para meditar diariamente