Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Alexandre Herchcovitch

Alexandre Herchcovitch apresenta suas coleções no SPFW e na Semana de Moda de Nova York. As criações do estilista frequentam os editoriais das mais importantes revistas, mais uma prova de seu sucesso no mundo fashion. Saiba mais sobre Herchcovitch através de suas frases.

21/07/1971
continue lendo
Compartilhar

Intuição

Alexandre Herchcovitch

Quem me deu a segurança de ser intuitivo foi o meu próprio cliente, e isso me dá a liberdade de trabalhar com a intuição. Como ele é fiel e consome o que eu faço sem ligar para tendências, continuei sendo intuitivo e trabalhando dessa forma. Isso é muito bom.

Paixão por moda

Alexandre Herchcovitch

O brasileiro é apaixonado por roupa e por moda. Creio que cada vez mais as pessoas vão usar roupas para se expressar, com mais intensidade e invadindo vários mundos, com o fast fashion invadindo todas as classes.

Experiências

Alexandre Herchcovitch

Não me arrependo de nada. Tudo que fiz foi muito pensado e poucas coisas foram impulsivas. Mesmo as experiências ruins acabaram por me aproximar de pessoas que me ajudaram a entender o que estava acontecendo.

Pensar e fazer

Alexandre Herchcovitch

Quando penso muito, acabado não fazendo. Eu penso objetivamente e levo minha intuição em conta. Quando era mais jovem, era mais impulsivo, trabalhava sozinho, lançava as coisas, era inovador, a pessoa criativa do momento. Isso até a profissão de estilista virar moda e todo mundo querer fazer. Naquela época eu fazia o que queria, não tinha muitos concorrentes do lado.

Sucesso

Alexandre Herchcovitch

Se eu não trabalhasse tanto e com tanto prazer, eu não teria conseguido realizar tantas coisas. E o sucesso foi muito rápido. Em 12 anos consegui fazer muitas coisas que eu tinha vontade. A primeira delas foi construir uma marca.

 

Como tudo começou

Alexandre Herchcovitch

Eu me interessei em aprender a costurar e cortar com 13 anos. Cursei moda e me formei com 21 anos. Quando eu saí da faculdade era consumido por um público underground de São Paulo. Fazia roupas para amigos que trabalhavam na noite. Criei roupas para drag queens, travestis e prostitutas. E fiz uma clientela. Minha mãe, que eu adoro, cortou roupas para travestis e drag queens.

Família

Alexandre Herchcovitch

A minha mãe toma conta de toda a produção. Meu irmão cuida da parte administrativa e financeira e meu pai não trabalha diretamente, mas ajuda intelectualmente em algumas decisões.

Livre

Alexandre Herchcovitch

Se levarmos em conta o clima do País, a cultura e o culto ao corpo, eu acho que o brasileiro se veste bem. Eu trocaria a definição “se veste bem” pela expressão “se veste de uma maneira livre”.

Achismos

Alexandre Herchcovitch

Eu não recebo críticas por fazer sucesso no Brasil. Mas acho que as pessoas pensam que eu ganho muito mais dinheiro do que de fato ganho. Isso é bom: significa que elas acham que eu valho mais do que eu estou valendo.

Processo

Alexandre Herchcovitch

Eu continuo gostando da construção da roupa. Então hoje, o meu contato com a costura e a modelagem é um pouco menor do que há alguns anos atrás por pura falta de tempo, e, também, por eu me dedicar a outros assuntos. Tenho uma equipe que trabalha em costura e modelagem, mas continuo no que acredito ser o mais importante para se ter uma coleção coerente: a correção da roupa. Eu presencio as provas de roupas da coleção, para que no final do processo elas fiquem perfeitas, como imaginei.

Dica

Alexandre Herchcovitch

No caso da minha marca, a gente tem que dar um jeito de continuar sobrevivendo e fazendo com que a marca continue vendendo e atuante no mercado. E pra quem está começando, é preciso entender bem em que mercado vai atuar, se não vai fazer um produto que já existe mais bem feito e mais barato.

Novos rumos

Alexandre Herchcovitch

As classes C e D que estão consumindo moda, estão tendo acesso à moda, elas também querem consumir, elas também querem estar bem e se vestir em última tendência. Esse é um novo caminho. Então, toda crise gera um novo caminho. Um não, vários.

Criações

Alexandre Herchcovitch

Sempre procurei na minha própria história, tirar nas minhas referências proveito e fazer coleções autorais que tivessem a ver com meu universo ou com o universo que eu criei ao longo dos meus 20 e poucos anos de carreira.

Aliança

Alexandre Herchcovitch, sobre o casamento com Fabio Souza

É como se alguém, nos vendo com aliança, nos perguntasse: qual é o nome da sua mulher? Para nós, gays, a aliança é um código cultural fortíssimo de um casal heterossexual. No nosso caso, não existe esposa! Não sou esposa do Fabio, nem ele é minha! Não existe isso! É complicado usar estas expressões, estes nomes! Quem é o quê?

Inspiração

Alexandre Herchcovitch

A inspiração e toda a minha motivação vem um pouco do próprio histórico da minha marca, de tudo aquilo que eu já fiz, e, às vezes, acabo refazendo coisas que fiz no passado, mas não explorei a fundo. Vem também de novas propostas, de novos desafios que encontro por aí e de novos temas que acabo introduzindo em minhas coleções e que fazem com que eu mostre sempre uma novidade.

Marca

Alexandre Herchcovitch

Existem algumas características da marca que a gente persegue e repete sempre. Acho que a alfaiataria é um ponto superforte, tanto feminina quanto masculina; é algo que realmente, dentro de uma coleção e de uma confecção, é o mais difícil de se fazer. Então, considero a alfaiataria uma característica da marca. E estampas, cores… Daí por diante, depende do momento.

Como inovar

Alexandre Herchcovitch

A cada seis meses você tem que criar novos produtos, e hoje, as minhas coleções têm em torno de 200 itens, fora todos os produtos licenciados que dão mais 500 itens por ano. É por isso que falo que a profissão é cruel. Você tem que inovar a cada coleção, não mostrando algo totalmente novo, mas uma nova maneira de enxergar o que a marca já é, permanecendo com sua personalidade, o DNA da marca. E se eu apresentar a mesma coisa e trabalhar em cima do mesmo tema, fatalmente as roupas ficarão parecidas. Então, o fato de escolher novos temas e trabalhar novas ideias me ajuda a criar novidades.

fechar