Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

Frases de Antonio Prata

Antonio Prata é roteirista da Rede Globo, colunista semanal do jornal Folha de S. Paulo e escritor de livros como "Nu, de botas". Compõe a lista de novos escritores nacionais e tem a presença confirmada para a Festa Literária Internacional de Paraty - FLIP, de 2014. Confira!

Ser de extrema direita

Antonio Prata

É bem mais fácil ser de extrema direita do que ser meio de esquerda. Você não precisa se preocupar com a pobreza – é culpa dos pobres – nem com a desigualdade – cada indivíduo é diferente do outro.

Memórias

Antonio Prata sobre seu livro "Nu, de botas"

Olha, não dá pra chamar memórias de outra coisa senão de ficção, esse é um primeiro ponto. A memória é sempre uma história editada, reescrita no nosso cérebro.

Dúvidas sobre a veracidade dos fatos

Antonio Prata sobre seu livro "Nu, de botas"

Eu não poria a mão no fogo por nada do que está no livro, se tivesse que testemunhar num tribunal quanto à veracidade. Ou seja, mesmo o que eu acho que aconteceu, não sei se aconteceu mesmo (ou se foi do jeito que lembro).

Fidelidade ao pensamento das crianças

Antonio Prata sobre o livro "Nu, de botas"

Pra começar, se eu quisesse ser realmente fiel ao pensamento das crianças, teria que restringir meu vocabulário a duzentas palavras, não poderia fazer frases longas nem conjugar direito os verbos. Eu tentei esse caminho quando comecei a escrever o livro, ficou ridículo. Experimentei alguns caminhos antes de chegar no que está publicado.

Alegria de trabalhar

Antonio Prata sobre trabalhar em "Avenida Brasil"

Sem falar na alegria que é ver o diálogo que você escreveu sair da boca de alguns dos melhores atores do Brasil. Em vários casos, aliás, melhorado por eles.

Influência

Antonio Prata

Eu sempre digo que influência é uma palavra leve demais para definir o quanto a presença de um pai determina os caminhos de um filho.

Cerveja em casa

Antonio Prata além de escritor, faz cerveja caseira

Os textos dá pra consertar o tempo todo, dá pra mexer, remexer, cortar, remendar. Cerveja, se você cometer um errinho, vai tudo pro lixo. Ou melhor, pra pia.

Nu, de botas

Antonio Prata sobre a infância

O mais importante era tentar reconstruir minhas impressões daquele período.

Internet

Antonio Prata

A exposição nos deixa reféns da vaidade, faz com que todos percam a espontaneidade e as imagens sejam eventos de marketing pessoal.

Pessoas carentes

Antonio Prata sobre o uso da internet nos dias de hoje

As pessoas querem atenção e é mais fácil ganhá-la quebrando o vidro do que fazendo vitrine. O mundo que vivemos estimula isso. E é muito louco.

Humor

Antonio Prata

Ele é uma espécie de covardia, um ressentimento não ressentido. É importante porque coloca em pauta temas que não seriam abordados de outra maneira.

Vício virtual

Antonio Prata sobre redes sociais

Eu tenho Facebook, Twitter, Instagram, e vira e mexe interrompo algo que estou fazendo para dar uma espiada nas bobagens que estão por lá. É quase como a relação de um fumante com seu cigarro, sempre bate uma culpa de que poderia usar esse tempo para algo melhor.

Vanguardista

Antonio Prata

Você pode fazer piadas racistas, machistas e homofóbicas e pagar de vanguardista. Ser de esquerda dá muito trabalho. Você está sempre sofrendo. Direita é paz de espírito.

Lembranças da infância

Antonio Prata

A história da bicicleta eu trago na lembrança exatamente do jeito que escrevi. Mas duvido que tenha acontecido: você acha que o Bozo ia conversar com um moleque de 5 anos depois do programa? E que ia se propor a dar uma bicicleta, do nada? Estranho.

Pensamentos de crianças

Antonio Prata

Eu tentei criar as histórias a partir das memórias. E as memórias já tinham uma certa linguagem, um certo estilo de narrativa. O que tentei fazer foi ser fiel a esse estilo. Agora, se é assim que uma criança pensa ou que eu pensava, já não sei.

Quem sabe exatamente

Antonio Prata

Você assiste Gladiador ou Spartacus e diz "nossa, eles recriaram direitinho a vida em Roma!", mas quem é que sabe como era exatamente a vida em Roma?!

Ansiedade

Antonio Prata

Subir num palco e falar em público não é muito aterrorizante, pra mim. Aterrorizante são os sete dias e as vinte e quatro horas antes de subir no palco e falar em público…

Redator de "Avenida Brasil"

Antonio Prata

Foi demais participar dessa novela, por várias razões. Primeiro, por trabalhar com o João Emanuel, um escritor talentosíssimo e generoso, com quem aprendi muito. Também pela graça de escrever um troço que metade do país tá assistindo e comentando.

Influência paterna

Antonio Prata, filho de Mário Prata

Mais do que me influenciar, ele me deu vinte e três cromossomos, me ensinou a andar, a falar, etc. Ou seja: sem dúvida “influenciou” muitíssimo minha escolha na profissão.

Estilo diferente do pai

Antonio Prata

Não acho que eu tenha querido me diferenciar do estilo dele. Nossas disputas edípicas se deram em outros campos que não nas páginas.

Mundo louco

Antonio Prata, 36 anos

Hoje tem essa exigência de que todo mundo apareça, essa falácia de que é fácil chegar lá. Não é verdade.

Liberdade vigiada

Antonio Prada sobre as crianças de hoje

Hoje tem pai, mãe, babá, professor, os mil cursos extracurriculares… Eles vivem quase em uma prisão domiciliar, uma liberdade vigiada.

O mundo em 1970

Antonio Prata

O mundo mudou como um todo. A liberdade não existe mais. Ninguém se preocupava com colesterol nos anos 1970, nem com o sol. Não se tentava preservar a vida tanto assim. Era tudo mais nas coxas, em torno de alguns ideais e não da sua própria preservação.

Baby Einstein

Antonio Prata

Sabe o que é Baby Einstein? Uma coisa idiota que fica tocando Beethoven com umas imagens coloridas para o bebê de dois meses assistir e, supostamente, ter o cérebro treinado. As pessoas estão muito loucas.