Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

Gírias antigas que você não entenderia se ouvisse

Sabe quando você está perto de pessoas mais velhas e eles soltam uma gíria da época deles e você não entende nada? Então saiba que seus problemas acabaram! Confira a nossa lista que vai te explicar o significado dessas gírias antigas.

Isso é do balacobaco!

Pense em uma coisa muito boa, algo que seja realmente impactante. Para isso, bastava dizer que era do balacobaco para que todos entendessem. Se algo fomenta as fofocas, uma gíria para tal já existiu.

Cara, isso é supimpa!

Pense em uma situação muito legal... Isso era supimpa! Algo que encantava e deixava qualquer um animado. Quem não gostaria de passar por uma ocasião supimpa? Essa gíria era sempre um bom sinal!

Vixe, mas que ideia de jerico!

Você já recebeu algum conselho errado na vida? Sabe aquela opinião sem sentido e que é impossível descrever de onde saiu? Pois isso é uma ideia de jerico! Era melhor ficar calado do que se prestar a escutar uma dessas.

Ah, vai catar coquinho!

Quando alguém era muito chato de forma que você não suportava mais, ao invés de perder tempo respondendo algo super elaborado, as pessoas usavam essa gíria. Nada como um xingamento elegante!

Não vale nada, nem um tostão furado!

Uma pessoa mau-caráter, um homem mulherengo ou uma mulher de duas caras. Para todos esses tipos de comportamentos contrários ao bom convívio, não se dava valor. Logo, essas pessoas eram comparadas com um tostão furado.

Mas é enjoado pra dedéu!

Imagina uma pessoa extremamente chata, aquele tipo insuportável que acaba com o seu dia apenas com a presença. “Esse é enjoado pra dedéu!”, é uma forma de dizer que não é possível conviver com o cidadão por perto.

Ih, esse aí dançou!

Quer dizer que você não prestou atenção, passou o momento. Fez algo de errado e as consequências devem chegar. É preciso ter cuidado para não sofrer a ausência de algo importante, pois se marcar bobeira, você vai dançar.

Hoje, eu vou estourar a boca do balão!

Em certo dia, você acorda inspirado e tem a certeza que vai se dar bem. Tudo está saindo como planejado e as boas notícias estão apenas te esperando. Pois saiba que para isso usava-se: “estourar a boca do balão”. Significa que você vai arrasar.

Eu estou meio grilado!

Alguma coisa na vida, ou na cabeça, está te preocupando? Pois saiba que em outros tempos você estaria grilado. Quando algo incomoda e toma a sua consciência, é impossível estar normal, logo ficar griladão é comum.

Chuchu beleza!

Essa gíria é antiga, mas ainda se escuta por aí. Quando as coisas estão bem, elas ficam chuchu beleza. Da mesma forma, quando um trato é feito entre duas partes, se elas estão satisfeitas, a expressão também pode ser usada.