Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Livros de Eça de Queirós

José Maria de Eça de Queiroz, foi um dos mais importantes escritores portugueses da história e também autor de romances de reconhecida importância. Conheça as grandes obras desse escritor.

continue lendo
Compartilhar

A cidade e as Serras

Eça de Queirós

Ler livro

A Cidade e as Serras é um romance de Eça de Queirós, pertencente à última fase do escritor, a qual se afasta do realismo e abandona a crítica pesada que fazia à sociedade portuguesa da época. O próprio título já indica sobre o enredo. Nesse livro, Queirós faz uma comparação entre a vida módica e agitada de Paris e a vida tranquila e pacata na cidade serrana de Tormes.

O Crime do Padro Amaro

Eça de Queirós

Ler livro

"O Crime do Padro Amaro", escrito por Eça de Queirós, foi o primeiro romance realista da Língua Portuguesa. Chocou a sociedade da época ao denunciar uma hipocrisia social e religiosa, contando a história do Padre Amaro Vieira, que se muda para Leiria para assumir sua paróquia. Lá, hospeda-se na casa da senhora Joaneira e se envolve com sua filha, Amélia. A jovem engravida, mas acaba morrendo no parto. A criança, dada para adoção, também morre, e o padre prossegue com sua carreira. O livro critica a vida provinciana e o comportamento do clero. Foi, durante décadas, proibido em escolas de Portugal e do Brasil.

O Mistério da Estrada de Sintra

Eça de Queirós

Ler livro

"O Mistério da Estrada de Sintra" foi escrita por Eça de Queirósem parceria com Ramalho Ortigão, em 1870. Uma história policial agitada, com sequestro, morte e muito mistério. Seu detalhamento é tamanho que os leitores da época pensaram se tratar de um caso real. Foi adaptada para o cinema em 2007.

O Primo Basílio

Eça de Queirós

Ler livro

A obra "O Primo Basílio", publicado em 1878 e escrito por Eça de Queirós, constitui uma análise da família burguesa urbana no século XIX. Traição, romance, chantagem, morte, hipocrisia, entre outros temas, todos envolvidos em uma história repleta de sensualidade e drama. As personagens do livro podem ser consideradas o protótipo da futilidade e ociosidade da época. A ironia é também intensamente presente neste romance.

Os Maias

Eça de Queirós

Ler livro

"Os Maias" de Eça de Queirós é uma de suas obras mais conhecidas, publicada no Porto, em 1888. Se desenvolve em duas linhas de ação: a primeira em torno do romance incestuoso entre os Maias, e a segunda em torno da vida da alta burguesia de Lisboa. Conta a história de Carlos de Maia, irmão de Maria Eduarda de Maia, criados distantes em razão da separação de seus pais. Após muitos anos, ambos se reencontram e, sem saber que são irmãos, acabam se apaixonando. Um romance surpreendente, até hoje admirado por muitos.

Prosas Bárbaras

Eça de Queirós

Ler livro

"Prosas Bárbaras" é um volume póstumo que traz os textos de Eça de Queirós publicados em folhetins nos jornais Gazeta de Portugal e Revolução de Setembro, durante a década de 60. Jaime Batalha Reis escreveu a introdução, na qual conta o começo da sua amizade com Eça de Queirós e as condições em que foram redigidos os textos incluídos no volume.

 

A ilustre casa de Ramires

Eça de Queirós

Ler livro

A Ilustre Casa de Ramires", escrita por Eça de Queirós e publicada em 1900, é um romance realista que representa a maturidade intelectual do autor. Consiste em duas narrativas: a primeira conta a trajetória de um fidalgo português (Gonçalo Mendes Ramires) e a segunda narra um episódio heroico da vida de um de seus antepassados: Trectesindo Ramires.

A reliquia

Eça de Queirós

Ler livro

Em "A Relíquia", escrito por Eça de Queirós e publicado em 1887, são relatadas as memórias do narrador e protagonista da história, Teodorico Raposo. Ele nos conta sua viagem feita ao Egito e à Palestina, logo após uma decepção amorosa, assim como todas as mudanças significativas em sua vida. O narrador nos conta também sobre sua vida, seus familiares, sua infância... Um livro bem interessante, que vale a pena ser lido.

Alves e Cia

Eça de Queirós

Ler livro

"Alves & Cia", título desse romance escrito por Eça de Queirós, também é o nome da firma da qual Machado e Alves são sócios. Alves é casado com Ludovina e no dia do aniversário da esposa, ele a surpreende abraçada a Machado, situação a parti da qual se inicia toda a trama. Alvez expulsa Lulu (como ele chama a esposa) para a casa do pai e decide desafiar Machado: eles tirarão na sorte para ver quem se suicidaria. Será que Alves vai realmente levar essa ideia adiante? Um bom romance de se ler.

Cartas Damor

Eça de Queirós

Ler livro

"Cartas Damor" é uma obra de Eça de Queirós em que se reúnem várias cartas de Fradique Mendes para a sua amada Clara, descrevendo sua paixão pela moça. Forma-se, assim, um mini-romance. Eça construiu personagens com fortuna, físico, espírito e talento. São cartas tocantes e belas, com a marca inconfundível, o estilo e a dicção de talentoso escritor.

O conde de Abranhos

Eça de Queirós

Ler livro

"O Conde dAbranhos", escrito por Eça de Queirós no século XIX, ainda hoje continua bastante atual. Conta a história de um político (na época, a política era levada com muita seriedade por todos) cuja atuação e atividades escandalizaram a nação e que continuou impune das suas imoralidades e perfídias. Não se sabe se o autor criou a personagem ou se foi inspirada em alguém. Um texto audaz, com muita sátira e humor.

São Cristóvão

Eça de Queirós

Ler livro

Publicada como obra póstuma encontrada no acervo literário de Eça de Queirós, "São Cristóvão" deve situar-se entre as que mostram uma profunda evolução da ideologia e da modernidade do autor. Em uma tentativa de fuga da literatura decorativa, o autor nos transporta ao ambiente medieval dos castelos feudais, da igreja formalista, do ambiente das guerras, da fome e da peste. Cristóvão é seu mensageiro, é a sua voz. Uma leitura que realmente vale a pena.

fechar