Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Poesias em versos

Confira Poesias em Versos e se encante com a liberdade das palavras, com o sentimento mais forte que faz a vida pulsar: o amor. E compartilhe!

continue lendo
Compartilhar

Esplendor de vida

Cyssa Amaral

Sabe quando,
depois de uma longa tempestade,
o céu se abre
e os raios de sol surgem iluminando,
aquecendo e atraindo com eles
o canto dos pássaros que voltam a preencher
o espaço ao nosso redor?


É exatamente esse esplendor de vida
que você traz de volta pra mim quando te ouço novamente...

Uma vida por uma vida

Geovanna Aline

O que me parecia ser motivo de alegria
hoje me traz profunda agonia
a felicidade tomou conta de mim quando soube que você viria
eu sorria como se cantasse
mas logo tudo virou fumaça em saber que te perder eu poderia
as lagrimas tomaram conta de mim
eu não queria pensar no fim
eu queria você junto a mim
queria poder te tocar te sentir
mas eu teria que escolher entre eu e você
então o tempo foi passando e você foi desenvolvendo em mim um grande amor
e o dia da escolha chegou e então resolvi pagar pra ver
escolhi deixar você nascer
mesmo que isso me custasse a própria vida.

Caderno de poesias

Clarice Pacheco

Caderno de poesias
é um belo lugar.
Tantas coisas lindas
que eu gostaria de falar.
Eu falo em forma de versos
para todos poderem escutar.
Agora você já sabe
por que os poetas passam os dias
escrevendo em seus cadernos de poesias.

A uma senhora que me pediu versos

Machado de Assis

Pensa em ti mesma, acharás
Melhor poesia
Viveza, graça, alegria
Doçura e paz

Se já dei flores um dia
Quando rapaz
As que ora dou têm assaz
Melancolia

Uma só das horas tuas
Valem um mês
Das almas já ressequidas

Os sóis e as luas
Creio bem que Deus os fez
Para outras vidas.

Bilhete

Mario Quintana

Se tu me amas, ama-me baixinho
Não o grites de cima dos telhados
Deixa em paz os passarinhos
Deixa em paz a mim
Se me queres
Enfim
Tem de ser bem devagarinho, amada
Que a vida é breve e o amor mais breve ainda...

Dia de verão

William Shakespeare

Se te comparo a um dia de verão
És por certo mais belo e mais ameno
O vento espalha as folhas pelo chão
E o tempo do verão é bem pequeno

Ás vezes, brilha o Sol em demasia
Outras vezes, desmaia com frieza
O que é belo declina num só dia
Na terna mutação da natureza

Mas em ti o verão será eterno
E a beleza que tens não perderás
Nem chegarás da morte ao triste inverno

Nestas linhas com o tempo crescerás
E enquanto nesta terra houver um ser,
Meus versos vivos te farão viver

Metade de mim

Cyssa Amaral

Metade de mim é Sol
Metade de mim é Lua
Metade de mim é arco-íris
Metade de mim é chuva
Metade de mim é verdade
Metade de mim é dúvida
Metade de mim é amor
Metade de mim é solidão
Metade de mim sou eu
Metade de mim é você
Metade de mim é saudade
A outra metade também...

 

Ligação

Geovanna Aline

Foi numa noite fria
que eu senti sua falta
toquei a cama ao meu lado
e você não estava mais ali
senti as lagrimas vindo aos olhos
pensei em te ligar
mas e o que diria quando você atendesse ?
fiquei por horas com o telefone na mão
o dia então clareou
finamente amanheceu
era uma manhã sem sol
e eu queria muito ouvir tua voz
então tomei coragem e liguei
ouvi tua doce voz ao atender o telefone
e sem saber o que dizer desliguei rapidamente
e então o telefone tocou
era você do outro lado
me pedindo para não desligar
e prestar atenção
foi quando eu ouvi sua voz me dizendo
não precisa dizer nada só escuta
o que tenho pra dizer é importante
também sinto sua falta
e sabe por que?
porque ainda amo você.

Amor

Camões

Amor é fogo que arde sem se ver
É ferida que dói e não se sente
É um contentamento descontente
É dor que desatina sem doer

É um não querer mais que bem querer
É um andar solitário entre a gente
É nunca contentar-se de contente
É um cuidar que se ganha em se perder

É querer estar preso por vontade
É servir a quem vence o vencedor
É ter com quem nos mata lealdade

Mas como causar pode seu favor
Nos corações humanos amizade
Se tão contrário a si é o mesmo amor?

Os versos que fiz

Florbela Espanca

Deixa dizer-te os lindos versos raros
Que a minha boca tem para te dizer
São talhados em mármore de Paros
Cinzelados por mim para te oferecer

Têm dolência de veludos caros
São como sedas pálidas a arder
Deixa dizer-te os lindos versos raros
Que foram feitos pra te endoidecer

Mas, meu amor, eu não te digo ainda
Que a boca da mulher é sempre linda
Se dentro guarda um verso que não diz

Amo-te tanto! E nunca te beijei
E nesse beijo, amor, que eu não dei
Guardo os versos mais lindos que te fiz!

Experimentando a manhã dos galos

Manoel de Barros

poesias, a poesia é

é como a boca
dos ventos
na harpa

nuvem
a comer na árvore
vazia que
desfolha a noite

raiz entrando
em orvalhos...

floresta que oculta
quem aparece
como quem fala
desaparece na boca

cigarra que estoura o
crepúsculo
que a contém

o beijo dos rios
aberto nos campos
espalmando em álacres
os pássaros

e é livre
como um rumo
nem desconfiado...

fechar