Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Filmes de terror trash

Filmes de terror trash são aqueles que chegam a beirar o ridículo, seja por seu roteiro, atuação, trilha sonora, efeitos especiais, entre outras coisas. Pode não ser do gosto do grande público, mas há quem goste. Nas mensagens você encontrará alguns filme do gênero, que trazem em sua história tomates gigantes que atacam pessoas, zumbis e canibalismo, ataque de vermes gigantes, irmãos siameses, biscoito assassino, entre outras histórias que parecem tão absurdas que chegam a ser cômicas. Alguns filmes trashs são muito conhecidos, já passaram muitas vezes na televisão, e tem outros que provavelmente você nunca ouviu falar. Confira as produções e escolha qual assistir, pode render boas risadas.

continue lendo
Compartilhar

Terror Trash

A ideia de um filme de terror é assustar ou causar medo, certo? Em tese, sim, mas alguns filmes, por conta do orçamento, efeitos especiais, roteiro, atuação, finalização ou até mesmo pela direção de arte, acabam indo por um caminho, digamos, inusitado. Do ridículo ao cômico, acabaram por ganhar o apelido de "trash", que em inglês quer dizer "lixo", e constituíram um seguimento muito sério e admirado por muitos fãs. Prepare a pipoca e confira os maiores clássicos do terror trash.

Leia frases dos melhores filmes de terror, do trash ao cult

Tomates Assassinos

Falamos aqui de um gigantesco clássico. Lançado em 1978, dirigido por John De Bello, "O Ataque dos Tomates Assassinos" (Attack of the Killer Tomatoes, 1978) encanta por seu brilhantismo. O resumo é que produtores perdem o controle na produção, e tomates gigantes atacam pessoas pelos Estados Unidos. Tomates gigantes, fugas alucinantes, molho de tomate e sangue. O filme, claro, tem continuações. Ouro puro do cinema trash.

Fome Animal

Quem pensava que Peter Jackson foi diretor apenas de grandes filmes premiados pelo Óscar, como "O Senhor dos Anéis" e "O Hobit", se enganou. Jackson é também o diretor de um dos maiores clássicos do terror trash de todos os tempos: "Fome Animal" ("Braindead", 1992). A história gira em torno de uma mãe superprotetora que, mordida por um animal quando seguia o filho no zoológico, morreu e retornou dos mortos com uma fome incontrolável. Seu filho tenta escondê-la de todos, mas não é lá muito bem-sucedido. Zumbis, canibalismo e muito sangue te esperam nesse clássico imperdível do gênero.

Vermes Malditos

Direto dos anos 90, temos "O Ataque dos Vermes Malditos" ("Tremors", 1990), dirigido por Ron Underwood, com Kevin Bacon, e recheado de cenas, digamos, impactantes. O filme conta a história da luta dos cidadãos de uma pequena cidade nos Estados Unidos da América contra vermes gigantes que causam terror e terremoto. Pode esperar por um roteiro surreal e vermes com dentes por todos os lados. E se quiser mais, tem "O Ataque dos Vermes Malditos 2", 3, 4, 5 e 6, além de uma série de televisão.

A noite dos mortos vivos

Temos aqui um caso interessante. Em 1968, George Romero dirigiu o clássico "A Noite dos Mortos Vivos", uma grande referência do gênero zumbi. Em 1990, resolveram refilmar o filme, e aí temos uma segunda versão do mesmo. Os dois filmes dividem opiniões por todos os lados, sendo considerados por alguns como trash, sendo que o primeiro, de 1968, nem sempre entra na classificação por ser também um clássico do cinema mundial. O fato é que trata-se do marco inicial de um estilo que não pode faltar em qualquer boa maratona trash: zombie movies. A história é a luta pela sobrevivência de um grupo de pessoas depois que a radiação reanimou os mortos de um cemitério, com todas as tradicionais cenas do gênero. Vale a pena conferir as duas produções.

Confira outros filmes que ganharam remakes. Qual ficou melhor, o novo ou o original?

A coisa

Quem viveu nos anos 1990 e assistia aos filmes reprisados "algumas vezes" na tv, com certeza vai se lembrar de "A Coisa" (The Stuff, 1985, Larry Cohen). A questão aqui é um tipo de sobremesa, parecida com iogurte, que invade as prateleiras e tornam as pessoas mortalmente viciadas nela. Uma grande gosma branca com vontade própria que não medirá esforços para tirar quem se opor do caminho.

O Mestre dos Desejos

Nem só de monstros bizarros e zumbis é feito o terror trash. "O Mestre dos Desejos" (Wishmaster, 1997, Robert Kurtzman), apesar do roteiro razoável, entra na categoria pelos efeitos especiais um pouco toscos para a época, característica que algumas de suas continuações preservaram. O filme conta a história de um "gênio da lâmpada" do mal, que realiza desejos de uma forma bem mais literal do que o esperado. O filme dá um pouco de medo e faz pensar sobre o que realmente desejamos.

 

O Mistério do Cesto

Não se engane: apesar de toscos, filmes de terror trash podem causar algum mal-estar sim. É o caso de "Basket Case", de 1982, que conta a história de um rapaz que leva consigo seu irmão siamês severamente deformado, dentro de uma cesta de basquete. Ambos buscam vingança pela separação forçada que sofreram ao nascer. O filme flerta com o grotesco e não economiza nem violência, nem banhos de sangue.

O biscoito assassino

No universo do terror trash qualquer coisa - qualquer coisa mesmo - pode tornar-se um assassino, até um biscoito de gengibre. Um clássico recente do gênero, "O Biscoito Assassino" (The Gingerdead Man, 2005, Charles Band), mostra a busca por vingança de um perigoso assassino que se transfere sua alma para um biscoito quando é executado na cadeira elétrica.

Anaconda

Outra categoria importante dos filmes de terror trash são os que trazem animais gigantes, por isso, "Anaconda" (1997, Luis Llosa) não poderia faltar na lista. Estrelado por Jennifer Lopez, o longa se passa na Amazônia onde uma equipe de filmagem tenta fazer um documentário, mas acaba caçando e sendo caçado por uma cobra gigante. A produção não é 100% tosca, mas os efeitos especiais são exagerados e é um pouco difícil levar a trama a sério.

Piranhas

Quem disse que só o século passado produziu grandes filmes de terror trash? Os anos 2000 também têm suas pérolas! "Piranha 3D" (2010, Alexandre Aja) traz propositalmente todos os elementos de um filme trash e ainda é em 3D, mas não é tão bem-sucedido como gostaria e pode ser considerado um trash do trash. De qualquer forma, animais bizarros, roteiro fraco, atuações questionáveis, alguns sustos e muito sangue podem ser vistos - além de piranhas pulando da tela - ao acompanhar a história de piranhas pré-históricas e famintas soltas num lago em um dia de feriado no verão.

Sharknado

Produzido na última década, é difícil acreditar que "Sharknado" (2013, Anthony Ferrante) não foi feito para ser propositalmente trash. O filme mostra um tornado violento e incomum que joga tubarões para todos os lados. Os efeitos especiais são peculiares e os erros de roteiro e continuidade só contribuíram para que a obra fosse um grande sucesso de público, tanto que o último filme da franquia "Sharknado 6" foi lançado recentemente, em 2018.

Assuste-se um pouco mais com filmes para assistir no Halloween

fechar