Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

Astrid Fontenelle

Astrid já fez de tudo um pouco na televisão e hoje exerce com maestria o papel de mãe protetora e coruja. Confira frases da apresentadora que deu a volta por cima ao descobrir que tinha uma doença grave e que decidiu lutar pela vida em nome do filho, Gabriel.

Épocas de MTV

Astrid Fontenelle

Hoje, tem apresentador lá que é maior que o canal, de um jeito que a MTV antiga repudiaria severamente.

Sem televisão no quarto

Astrid Fontenelle

Mudei algumas coisas na minha vida, entre elas, meu ritual de sono. Deixei de ligar a TV no quarto. Amo e preciso ver TV porque é meu trabalho, mas no quarto me incomodava. Ficava toda louca no controle remoto.

Mãe descolada

Astrid Fontenelle

Sou uma mãe descolada, é só ver as roupinhas que eu escolho para ele, o iPod dele tem muita música legal.

Astrid e Gabriel

Astrid Fontenelle

O encaixe entre a gente é perfeito. Somos até parecidos fisicamente, temos o mesmo tom de pele, o mesmo queixo, o mesmo humor.

Sem cabelo

Astrid Fontenelle

Perder o cabelo é muito forte. Meu cabeleireiro diz que não adianta mudar o visual sem mexer no cabelo. Quando vi aquilo caído, liguei para ele na hora e disse para cortar tudo e procurar uma prótese.

Lúpus

Astrid Fontenelle

Passei a vida inteira achando que ia ter câncer. Eu tenho uma doença que é oposta.

Responsa

Astrid Fontenelle

Ser mãe não tem volta. É trabalho braçal, diário. Educação não pode e nem deve ser delegada a babás e escola. Eles são meus parceiros, mas a responsa toda é minha.

Idade delícia

Astrid Fontenelle

A gente pula, se esconde embaixo das cobertas e às vezes dormimos à tarde. Ele é um ótimo parceiro pra passear no zoológico ou pra brincar mesmo dentro do carrinho. Está numa idade delícia.

Amor de mãe

Astrid Fontenelle

Mas é maravilhoso ver aquele toco crescendo, aprendendo e se revelando pra gente dia a dia. Eu amo meu filho!

Abandono

Astrid Fontenelle

Mas não posso mesmo julgar, não sei quais circunstâncias levam uma mãe a fazer isso e o quanto é pesado pra elas. Sei que deve doer bastante pra todas.

Drogas

Astrid Fontenelle

Muitas das coisas que fiz na minha vida foi porque todo mundo dizia: "Ela é maluquinha. Deve ser maconheira." Ah é? Então deixa eu experimentar mesmo para ver se isso é bom.

Leitura e sono

Astrid Fontenelle

Basta meia hora de leitura que capoto. Na época da televisão, ficava mais de três horas acordada.

Fim da MTV

Astrid Fontenelle

Me despeço sem lamento e com orgulho de fazer parte dessa história de 23 anos.

Cuidado de mãe

Astrid Fontenelle

Seria uma sacanagem eu morrer ou ficar comprometida. Deus não pode fazer isso com meu filho. Tenho que ficar boa para ele.

Primeira vez

Astrid Fontenelle

Ele se encaixou perfeitamente em meus braços e eu só falava: É meu filhinho! É meu filhinho!

Leão Lobo

Astrid Fontenelle

Nunca fui amiga dele. Era uma boa companheira de trabalho. Dava risada, tentava acalmá-lo, porque achava muito infantil.

Ivete Sangalo

Fofocas

Leão Lobo: Ivete Sangalo está grávida!

Um dia peguei a revista e falei: Que grávida! Ela está é gorda!

Aí encontrei com a Ivete, que disse: Poxa, velho. Não me importo se o Leão Lobo está dizendo que estou grávida, se sou sapatão... Mas você dizer que estou gorda? Pelo amor de Deus, Astrid! Isso magoa! (risos)

Fundo emocional

Astrid Fontenelle

Tem gente que acha que eu fiquei doente por conta da carga emocional que recebo ali (no programa). O lúpus tem um fundo emocional muito forte.

Reencontro após a doença

Astrid Fontenelle

Foi o meu recomeço, buscando o Gabriel no aeroporto. É um horror esperar alguém que você ama muito e está com saudade. Foi a coisa mais linda do mundo.

Equilíbrio

Astrid Fontenelle

Eu sempre pensei na adoção e na maternidade, mas sabia que precisava esperar pra ter meu filho. Esperava me equilibrar profissionalmente, o que significa também me equilibrar financeiramente.

Chegadas e Partidas

Astrid Fontenelle

Eu fico bem mal quando cruzo pelos aeroportos com histórias de mães e filhos que não se encontram há anos. Sem querer julgar ninguém, mas poxa, abandonar um filho...