Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Dave Grohl

Você conhece o Dave Grohl? Então venha dar uma olhada nas frases dele e saiba mais sobre a forma de pensar desse grande músico e eterno rockstar!

14/01/1969
continue lendo
Compartilhar

Novas canções

Dave Grohl

Normalmente, depois de fazer uma canção, você imagina que seja a última. Desta vez, por qualquer motivo, este álbum me inspirou a continuar escrevendo. Isso me fez sentir como ainda temos bons álbuns em nós, que somos ainda capazes de fazer boas canções para os próximos anos.

Conselhos

Dave Grohl

Eu nunca penso sobre isso dessa forma. Só no último ano ou dois que eu comecei a perceber que as pessoas pedem meus conselhos e perguntam quais são minhas perspectivas, pode ser diferente de alguns dos músicos mais jovens.

CBGB

Dave Grohl

CBGB representa muito para Nova York e à new wave e o pós-punk. Mas, você sabe, é como derrubar o Memorial de Jefferson ou algo assim.

 

21

Dave Grohl

É um disco incrível e todo mundo ficou espantado com este fenômeno. Eu não fiquei. Sabe por que vendeu tanto? Porque é bom para caramba e é de verdade.

(Sobre o álbum 21 da cantora Adele)

Nirvana

Dave Grohl

O disco do Nirvana completou 20 anos em 2011 e olhar para trás e ver isso tudo me faz sentir como se não tivesse acontecido há tanto tempo assim.

Krist e Kurt

Dave Grohl

Eu via Krist e Kurt como almas gêmeas. Os dois tinham uma compreensão mútua tão linda, silenciosa. Aqueles dois caras, juntos, definiam totalmente o Nirvana.

Marigold

Dave Grohl

Compus a música em uma mesa quatro canais que havia na casa. Ele estava no quarto dele. Não queria acordá-lo. Por isso eu gravava as coisas sussurrando baixinho no microfone. Eu estava gravando a harmonia vocal do refrão, e a porta abriu. Ele disse: “O que é isso aí?” “É só um negócio que eu compus”. “Deixa eu ouvir”.

Sobre a música Marigold, escrita por Dave

Histórias

Dave Grohl

Eu realmente não sei como explicar isso, … Eu acho que essas são as músicas que eu imagino estar no palco cantando para o resto da minha vida. Cada uma delas significa muito para mim. É importante que eu tenho essas músicas no set list, porque elas me mantêm no palco. Eu não sou muito de contar histórias mas eu fico cansado da mesma história, após algumas rodadas.

Black Sabbath

Dave Grohl

Eu adoro o Black Sabbath. Eles fizeram uma contribuição incrível para a música de hoje. Quase todas as bandas que fizeram muito sucesso na década de 1990 tem uma dívida com eles.

A primeira vez no CBGB

Dave Grohl

CBGB era um lugar selvagem. A primeira vez que toquei lá foi em 1987. Eu e minha banda de hardcore. E lembro-me que a coisa mais louca sobre esse clube era que você poderia estar na frente do palco que você poderia estar mais alto do que qualquer show que você já esteve em sua vida. Mas se você fosse para a parte de trás do clube, no bar, você poderia se sentar e ter uma conversa com alguém. Foi a coisa mais estranha que já aconteceu para mim.

A última vez que falou com Kurt Cobain

Dave Grohl

Liguei para Kurt depois do que houve em Roma [em março de 1994, durante uma turnê europeia, Cobain tomou uma overdose de comprimidos e álcool em um hotel em Roma. O Nirvana voltou para Seattle, onde Cobain morreu um mês depois]. Eu disse: “Ei, cara, você deu um belo de um susto em todo mundo. Não quero que você morra”.

Depois o encontrei no escritório do nosso contador [em Seattle]. Ele estava saindo quando eu estava chegando. Ele sorriu e disse: “Ei, e aí?” E eu disse: “Te ligo”. E ele disse: “Ok”.

Drogas

Dave Grohl

Parei com as drogas quando tinha 20 anos. Nunca usei heroína ou comprimidos. Tomei muito ácido, fumei muita maconha, me diverti bastante. Quando se trata de narcóticos, é uma outra história. Não era algo do qual eu fazia parte, felizmente. O que não quer dizer que eu não me importava.

fechar