Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Meu interior

Não reprima o que há em você. Nosso exterior é o cartão postal do nosso interior. Mesmo aqueles sentimentos mais profundos e intensos merecem ser compartilhados e vividos. Livre-se das amarras e mostre ao mundo quem você realmente é!

continue lendo
Compartilhar

Sentimentos complicados

É muito difícil sentir, mas mais difícil ainda é ter medo de sentir, de ser julgado(a) pelo o que sente. Quando nos libertamos de algo que estava engasgado há muito tempo, é a melhor sensação.

Lar de sentimentos

Como é possível um só corpo ser o lar de tantos sentimentos? É tudo tão intenso e forte dentro de mim que chega a doer e, por isso, preciso extravasá-los.

É preciso extravasar

Eu tento lidar sozinho(a) com os meus sentimentos mais complicados, mas às vezes simplesmente não consigo dar conta de consumi-los e preciso colocá-los para fora.

Um ombro amigo é o que preciso

Por mais que eu tente ser forte e deixe transparecer apenas a minha melhor parte, não posso fechar os olhos para tudo o que acontece em meu interior. Às vezes simplesmente não aguento e preciso de ajuda, alguém que me escute e me compreenda.

Livre do que é ruim

Às vezes tentamos, nos controlamos e seguramos, mas tem momentos em que não dá para se prender. Para nos libertar, precisamos, primeiro, libertar certos sentimentos.

O que há dentro de mim

O nosso exterior é nosso cartão de visitas. É o que as pessoas olham, então queremos mostrar, da melhor maneira possível, somente os nossos pontos positivos, as nossas qualidades e bons sentimentos. Mas nem sempre é assim que estamos por dentro. E não há problema algum extravasar tudo aquilo que te aflige, muito pelo contrário: reprimir um sentimento é sempre a pior opção.

Não sou perfeito(a)

Dentro de mim existe um turbilhão de sentimentos. Sempre cultivo os bons, mas às vezes as angústias, inseguranças, medos e traumas tomam conta de mim e eu necessito colocá-los para fora. Não é só de bons momentos que a vida é feita.

 

Somos o que parecemos?

Quem nos vê por fora às vezes, jamais imagina como realmente somos por dentro. Mas já se perguntou se as pessoas não querem, na verdade, conhecer melhor seu interior? Todos nós temos lados que não gostamos de expor, mas nem sempre isso é uma opção. Às vezes sentimos uma necessidade de extravasar, colocar tudo para fora.

Sentimentos livres

Às vezes a melhor coisa a se fazer é libertar-se dos sentimentos mais profundos, deixá-los sair. Nem sempre é simples e fácil se abrir tanto, mas certamente será a melhor opção. Mostrar o que sente nunca é errado: erradas são as pessoas que julgam quem o faz.

O sentimento sempre vem à tona

Quando não colocamos um sentimento para fora, seja ele qual for, de alguma forma, ele dá as caras novamente em algum momento. Manda aquele "oi" quando menos esperamos, mostrando que nunca saiu de lá.

Liberte-se!

Por que se reprime tanto? Não engula a seco, não deixe nada entalado. Sinta o que tiver de sentir, faça o que precisar fazer.

Alguém para me ouvir

Às vezes eu só preciso que alguém me escute, me entenda. Não consigo lidar sozinho(a) com todos esses sentimentos. Se não puder, não fale nada, não tem problema! Mas peço que me ouça, por favor!

Sentimentos disfarçados

Por fora estou feliz, tranquilo(a) e de bem com a vida. Mas por dentro existe um lado meu que só eu conheço, onde há sentimentos que eu jamais me permiti viver. Mas chegou a hora em que não dá mais para segurar. Preciso colocar tudo para fora!

Sou o que sinto

A vida é curta demais para reprimir sentimentos, sejam eles bons ou ruins. Não tenha vergonha ou medo de julgamentos, deixe que apreciem os bons sentimentos e lhe ajudem a lidar com os ruins.

Não reprima o que há em você

Em alguns momentos seus sentimentos, mesmo aqueles mais profundos, virão à tona, de uma forma ou de outra – podendo ser de forma positiva ou não. Não reprima sentimentos, pois isso, em algum momento, irá lhe fazer muito mal.

fechar