Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

O que podemos aprender com Moana

Moana é a nova princesa da Disney. Corajosa e determinada, a personagem é filha do chefe de uma tribo na Oceania e, claro, assim como todos nós, Moana aprende grandes lições. Embarque nessa história e veja a vida com outros olhos!

continue lendo
Compartilhar

Seguir a intuição

Moana sabia a resposta de seu problema e como poderia salvar seu povo. Mesmo com seu pai contra, a princesa ouviu o seu coração (e os conselhos de sua avó) e seguiu com sua viagem em busca do semideus Maui. Portanto, quando uma resposta está muito latente dentro de nós, é importante que se dê atenção a ela. Ouça conselhos, converse e reflita. Se mesmo assim a resposta permanecer, siga-a e deixe seu coração tomar as rédeas de suas atitudes. Mesmo que você esteja errado(a), é melhor cometer o erro com uma decisão própria do que por influência de outras pessoas.

Pensar no bem comum

A jovem sempre teve o desejo de se aventurar no mar, mas o motivo real de sua partida foi para salvar seu povo da extinção de recursos da ilha. Fazer um sacrifício não necessariamente denota algo ruim, como geralmente acontece. Se sacrificar é colocar o bem comum acima de suas próprias vontades, gostos e inseguranças. E pode ter certeza de que o sentimento de gratidão e satisfação que vem quando fazemos isso é melhor do que realizar qualquer sonho próprio.

Agir com cautela

Quando precisamos fazer algo muito arriscado, não é aconselhável ir no calor da emoção. Devemos parar, pensar e planejar – assim como Moana fez quando, de fato, embarcou em sua jornada. Quando tentou fazer a viagem pela primeira vez, percebeu, da pior forma (quase se acidentando) que não poderia ser daquele jeito. Só com preparo, calma e sabedoria a princesa conseguiu ter sucesso em sua partida da ilha.

Confiar em si próprio

Nenhum sonho irá se realizar sem que se confie em si mesmo. Não duvide de sua capacidade de fazer as coisas acontecerem sozinho(a) e não se frustre quando seus objetivos possivelmente não derem certo, pois uma hora certamente dará. Só não vale desistir e abandonar o seu desejo. Persistir sempre!

Ser você mesmo

Estamos constantemente sendo influenciados por outras pessoas. Não é errado ou ruim se inspirar nelas para mudar alguns pontos em si próprio, mas é importante que tenha sua opinião e discernimento sobre as coisas, principalmente sobre o que é ou não é bom para você.

Ter sempre um pé atrás com as pessoas

Moana não confiou no semideus Maui de cara; até porque, durante toda sua vida, ela foi ensinada de que ele não era “bonzinho”. Preconceitos à parte, ela não se abriu inteiramente para seu futuro amigo de cara, mas sim esperou que ele se abrisse também para, assim, construir a amizade. Se num filme as pessoas podem não ser confiáveis, imagine na vida real, não é mesmo?

Ser humilde

Assim como Moana, deixe que te ensinem a fazer algo que ainda não consiga fazer. Seja humilde e reconheça que podem existir pessoas mais sábias e com mais experiência do que você.

 

Nunca se esquecer de onde vem

Jamais se esqueça de suas origens e de sua essência. Dê valor ao seu passado, suas crenças e costumes, pois fazem parte da sua história e ajudaram a construir quem você é.

Não desistir

Moana teve mil e uma razões para desistir de seguir em sua jornada, mas mesmo assim não o fez. Os sonhos e desejos mais valiosos são aqueles que são mais difíceis de alcançar, então, dê valor a cada etapa dessa busca, por mais difícil que seja.

Saber relaxar

A jovem estava focada em resolver seu problema, mas isso não fez com que ela ficasse estressada. Ir atrás daquilo que deseja não precisa ser, necessariamente, desgastante – aliás, é importante que seja o menos desgastante possível. Ter constância e perseverança não é sinônimo de rigidez. Por isso, vá com calma e dê um passo de cada vez, pois o que tiver de acontecer, acontecerá (com ou sem estresse).

Saber reconhecer a qualidade alheia

Apesar de seu jeito egocêntrico, Maui soube reconhecer a força e determinação de Moana. Por isso, não feche os olhos para o que está a sua volta e entenda que valorizar as qualidades de alguém não fará com que as suas sejam minimizadas.

Buscar ajuda quando necessário

Moana conseguiu finalizar sua missão com sucesso, mas ela certamente não fez isso sozinha. Sua avó e Maui estiveram sempre do lado dela colaborando para que seu plano desse certo. Ter ajuda de outras pessoas não tira o seu mérito; muito pelo contrário: fará com que mais pessoas te apoiem em seu objetivo e vibrem com sua vitória.

fechar