Mensagens e Frases / Autoajuda / Motivação

Como não ter medo do desconhecido

Pior do que fracassar é não tentar. Abandone seus medos e siga em frente, o desconhecido pode te proporcionar uma imensa aventura. Arrisque mais e seja feliz!

Tenha objetivos claros

Ao decidir se arriscar em algo desconhecido, todo tipo de pensamento pode passar por nossa mente, fazendo com que o medo nos paralise. Nessas horas, é preciso se focar no motivo da mudança e no que você espera conquistar com ela. Ao estabelecer seus objetivos, você terá mais motivação. E, sempre que sentir receio de apostar no novo, pode relembrá-los para ver que essa empreitada vale a pena.

Compartilhar

E se você não tivesse medo?

Se estiver com dúvidas sobre que decisão tomar: se arriscar no desconhecido ou permanecer onde já conhece, tente pensar no que faria se não tivesse medo. Por vezes, o medo nos faz acreditar que permanecer numa situação conhecida é o que realmente queremos, mas isso não é sempre verdade. Na maioria dos casos, ainda que o medo nos paralise, a mudança é tudo o que queremos. Por isso, imagine um cenário onde não existe nenhum temor te influenciando. Você vai ver que quase sempre a mudança é mais atrativa.

Compartilhar

Medos da imaginação

A nossa imaginação pode ser nossa inimiga, especialmente quando se trata de receios. Ela cria possibilidades tão assustadoras que nos paralisa. Embora a máxima de confiar nos seus instintos tenha seu lado importante, também é preciso controlar os excessos da imaginação, já que ela pode criar o pior cenário possível. Para evitar isso, é preciso ter clareza sobre seus objetivos e possíveis resultados e reconhecer que, embora inúmeros cenários sejam possíveis, é muito improvável que tudo dê completamente errado.

Compartilhar

Tem gente torcendo por você

Lembre-se de que, não importa qual seja a situação, você não está sozinho. Amigos, familiares ou colegas de trabalho querem que você seja bem-sucedido em sua nova empreitada. Eles podem não afastar todos os seus medos, mas serão uma mão amiga para que você tenha forças para enfrentá-los. Não hesite em pedir apoio ou orientação a quem você confia, se necessário. Mais vezes do que se imagina, o medo pode ir embora com algumas palavras de compreensão.

Compartilhar

E se tudo ficasse igual?

Tente pensar diferente e, ao invés de se preocupar com a mudança, questione-se como você se sentiria se tudo permanecesse igual. Analise se você realmente gostaria da sua vida se nada mudasse. Em geral, a ideia da mudança só surge porque estamos descontentes com algo em nossa situação atual. E não confunda satisfação com acomodação! Ficar estagnado pode ser mais fácil, mas não é necessariamente melhor. Por isso, não pense: “Se nada mudasse, eu ficaria mais tranquilo”; pense: “Se nada mudasse, será que eu continuaria feliz?”

Compartilhar

É possível tentar de novo

Um dos maiores temores que leva alguém a desistir de tentar é o medo do fracasso. Porém, devemos lembrar que o fracasso não é o fim do mundo. Se você se arriscou e não conseguiu o que queria, terá novas chances de tentar de novo, o que acabará lhe trazendo mais benefícios do que se você simplesmente não tentar por medo de falhar. Cada derrota é também um aprendizado, enquanto que não fazer algo novo nunca não vai te levar a lugar nenhum.

Compartilhar

Sempre vão haver mudanças

Por mais que, até agora, você tenha fugido de mudanças e se arriscado o mínimo possível, terá que, eventualmente, aprender a fazer isso. Nem toda mudança está em nossas mãos e é preciso ter a capacidade de se adaptar. Amanhã a vida pode lhe trazer uma mudança inesperada e você terá de enfrentá-la. Por isso, não adianta fugir dos riscos por muito tempo. É melhor que se tome o controle sobre as mudanças que você decide fazer e que se lute contra o medo do desconhecido enquanto a escolha é sua. Aceitar adaptar-se ao novo nos traz mais ferramentas para lutar com isso se eventualmente não tivermos o controle.

Compartilhar

Analise todos os ângulos

Essa dica é boa tanto para conter a imaginação quanto para ter mais controle sobre medos reais. Antes de investir na mudança, é preciso compreender a situação. É claro, sempre haverá um fator desconhecido e é por isso que se desenvolve o medo, mas até um certo ponto é possível ter consciência do que pode acontecer. Planeje e analise realisticamente os possíveis resultados em dada situação, converse com alguém que já passou pelo mesmo, faça uma lista de prós e contras levando em conta sua situação e onde você quer chegar. Você estará se arriscando, mas não precisa se jogar de cabeça.

Compartilhar

Reconheça suas fragilidades

A insegurança em se aventurar em algo novo pode ter raízes dentro de nossa própria consciência. A mudança poderá expor fragilidades suas e, para ser mais fácil lidar com elas, é importante reconhecê-las agora. Talvez agora pela primeira vez você tenha que encarar sua dependência da família ou da sua cidade natal, ou seu medo de não ser bem-sucedido num novo emprego ou relacionamento. Conversar com alguém e expor suas angústias é um excelente meio de conseguir enfrentá-las.

Compartilhar

Peça conselhos, com cautela

Para muita gente, é difícil planejar qualquer coisa sem perguntar o que outros pensam disso. Se você tem receios ou temores, isso pode ser uma boa opção. Os conselhos de quem se importa com você podem lhe mostrar caminhos mais seguros ou afastar algumas de suas preocupações. Porém, mesmo que você ouça a opinião dos outros, lembre-se de que a decisão final é sua e que, mesmo que eles apenas queiram o seu bem, não são realmente capazes de se colocar no seu lugar.

Compartilhar

Mudança é sinal de que se tentou

É verdade que quem não se arrisca não sofre. Da mesma forma que quem não faz nada não erra, ou seja, fugir do desconhecido pode significar ficar estagnado. Nenhum grande feito se realiza sem várias doses de tentativa e erro. Enfrentar uma mudança de peito aberto é tomar uma ação, o que é melhor do que não fazer nada e se acomodar no que parece confortável, mas que não te leva a lugar nenhum.

Compartilhar

Vai com medo mesmo

Às vezes, não importa o quanto se prepare ou analise uma situação, o medo de agir sempre estará lá. Nessas horas, é preciso aceitar que esses receios são uma parte de você. O medo tem seu lado bom, ele nos deixa alertas a uma situação perigosa. É impossível evitá-lo completamente, mas é preciso não se deixar parar com ele. Se você quer se aventurar no novo, vá. Deixe esse frio na barriga fazer parte dessa nova fase e você acabará vendo que a coragem é a marca de quem tem medo, mas age mesmo assim.

Compartilhar

Positividade

Embora reconhecer que se sente medo é um passo importante para enfrentá-lo, ficar pensando apenas nos aspectos negativos fará você se sentir ainda pior. É preciso ter uma boa dose de positividade quando em frente a uma mudança: procure o que lhe fará bem, o que te animará e os lados positivos que te darão motivação para enfrentar o medo, não o perpetuar.

Compartilhar

Você é mais forte do que pensa

Qualquer que sejam os seus motivos para temer mudanças e situações desconhecidas, não se preocupe tanto com a sua capacidade de enfrentá-los. Caso você encare uma adversidade, a probabilidade de que consiga vencê-la é muito maior do que o contrário. A adaptação é o segredo para conseguir enfrentar mudanças e, quando se encara de frente o desconhecido, descobrimos que somos muito mais capazes do que imaginávamos.

Compartilhar

Se possível, comece pequeno

Se você quer mudar algo na sua situação atual, tente não começar por aceitar uma vaga de trabalho em algo que você não tenha experiência ou indo fazer um curso num país do qual você sabe muito pouco. Mudanças bruscas são as que trazem mais receios e preocupações. Se você não teve como optar e terá de enfrentar um cenário completamente desconhecido, use outras ferramentas a sua disposição para se adaptar. Mas, se você tem a chance de escolher onde e como mudar, dê pequenos passos de cada vez, só não deixe de tentar!

Compartilhar

comentários

anterior

Não tenho certeza sobre nós

Será que o nosso romance realmente vale a pena?

próxima

Religiosas

Mensagens que podem ter um grande poder