Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Dicas para começar a praticar yoga

Você se interessou pelo yoga mas não sabe por onde começar a praticar? Seguindo estas 7 dicas, você terá uma ideia do que te espera e de quais são os primeiros passos necessários.

continue lendo
Compartilhar

Primeiros passos

O yoga é uma prática que vem crescendo a cada dia no Brasil devido aos seus inúmeros benefícios. Seja para melhorar a saúde física, mental e espiritual ou para se equilibrar interiormente ou até mesmo buscar uma nova filosofia de vida, essa arte milenar indiana pode fazer toda a diferença na sua qualidade de vida.
Para quem está começando ou quer começar a praticar, algumas dicas podem ajudar a dar os primeiros passos de forma harmônica e equilibrada.

1. Aceite o seu corpo

Cada pessoa é única e com um corpo único. Por isso alguns tem mais facilidade em algum tipo de atividade física do que outros. Não desanime se você tiver mais dificuldades do que outros para praticar yoga. Cada um tem o tempo certo para o seu corpo acostumar com as diferentes posturas e posições. Não tenha pressa.

2. Longo prazo

O yoga é uma prática que você percebe a sua evolução no longo prazo e não no curto prazo. Resultados imediatos não são comuns, então tenha paciência e não tente acelerar o processo. Os ganhos a longo prazo são muito benéficos para a saúde. Você não vai se arrepender.

3. Meditação e filosofia

Mesmo que você for uma pessoa que procure o yoga para melhorar a saúde física, não deixe de lado a parte de meditações, ensinamentos e a filosofia dessa maravilhosa arte indiana. A meditação vai ajudar muito na sua disciplina e saúde mental. Ler e aprender sobre a filosofia e ensinamentos do yoga pode lhe dar uma nova perspectiva sobre o mundo e a vida e contribuir muito para o seu crescimento como pessoa. Portanto, aproveite tudo o que o yoga tem a oferecer para melhorar a sua vida. Namastê!

4. Roupas

O ideal é utilizar roupas leves e que permitam o livre movimento do seu corpo. Tecidos leves e arejados ajudam principalmente em épocas de calor como o verão e a primavera. Não se preocupe muito com a aparência. O importante é se sentir livre e sem nenhum incômodo para o corpo.

5. Mat: o “tapete” do yoga

Para fazer as posições do yoga, costuma-se usar um tipo de “tapetinho” embaixo do corpo. Você pode alugar ou usar o Mat (pronuncia-se “metchi”) do centro onde você vai fazer aulas, mas recomendamos que você compre um próprio até mesmo por uma questão de higiene (você vai suar bastante durante as aulas).

6. Vertentes

Existem diversas vertentes de yoga pelo mundo, cada uma com as suas particularidades e filosofias. Qual é a melhor? Na verdade não existe uma melhor do que a outra. O que você precisa fazer é pesquisar e experimentar as que estão disponíveis na região onde você está e ver qual delas combina mais com você. Você vai se surpreender como uma vertente pode ser tão diferente de outras. A melhor dica aqui é a experimentação.

 

7. Vocabulário

Asana para lá, Pranayama para cá… Existem muitas palavras e termos próprios de quem pratica yoga que podem ser meio confusos no começo. Mas fique tranquilo que aos poucos você vai decorando o que significa cada um deles. O segredo é ter paciência e ouvido atento. E, se a dúvida bater, procure no Google que existem diversos sites explicando cada um dos termos utilizados em cada vertente.

fechar