Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Marcelo Adnet

Com humor e sagacidade, Adnet vem conquistando o seu espaço na TV Brasileira a cada dia que passa. Conheça o pensamento deste humorista irreverente e talentoso.

05/09/1981
continue lendo
Compartilhar

Opinião demais

Marcelo Adnet

É opinião demais e conteúdo de menos. a opinião é muito rasa. Pessoas usam a opinião como acessório de moda. Querem opinar sobre tudo. Reclamar é uma mania nacional, é um esporte mais popular do que o futebol hoje em dia .

Nuvem

Marcelo Adnet

Podemos perceber que muitas nuvens tem formato de animais, mas de todos os animais, o único que tem formato de nuvem é a ovelha.

Exercício

Marcelo Adnet

O meu exercício é ser humano e ser humano é errar, é não usar maquiagem, é se vestir de uma maneira mundana e cotidiana, como quem vai na esquina pagar um conta. E falar as coisas de uma maneira popular.

 

Dublagem

Marcelo Adnet

É um trabalho em que você tem de sacar o espectro do personagem – saber como ele chora, como ele torce ou como ele ri. Se assemelha ao teatro ou ao cinema tradicional, porque você tem a construção, uma coisa meio Stanislavski.

Emoção

Marcelo Adnet

Eu sou mais emoção que razão. Você precisa antes ter algo que se sente, algo que te move. Depois, você precisa mostrar isso para as pessoas. Use a razão e trabalhe nisso.

Preconceito

Marcelo Adnet

Eu acho que, na verdade, o preconceito é quando você exclui um assunto. Quando você fala de tudo, trata todo mundo igual. Então, a gente tenta falar de tudo porque acreditamos que o Brasil precisa de debates, de debater ideias.

Compor

Marcelo Adnet

Se tem uma coisa que eu gostaria muito de fazer, é compor música. Mas de verdade, sabe? Não de comédia, música para as pessoas cantarem. Um CD com composições próprias seria algo bacana.

Mosca Famosa

Marcelo Adnet

Qualquer um que aparecer na televisão vai ser adorado. Parece uma doença. Fiz até um programa sobre isso. Mandei o câmera focalizar uma mosca e disse: agora que essa mosca apareceu na televisão, outras moscas vão dar mole para ela.

Em falta

Marcelo Adnet

O que falta para a gente é o meio termo, um ouvir o outro. A gente está começando a debater ainda. Só vemos monólogos nos debates políticos. Só gritamos o nosso ponto de vista. Ou a gente é Jean Wyllys ou é Bolsonaro.

Geração autocrítica

Marcelo Adnet

A gente fica mais crítico com o passar do tempo e sempre cita o passado, como no filme Meia-Noite em Paris, do Woody Allen, que fica sempre em “Ah, mas em tal época era melhor”. O que uma criança de hoje vai falar pro neto? “No meu tempo que era bom, porque tinha Mr. Catra.” Tudo isso é muito relativo: toda época tem seu lado bom e ruim. Não me vejo como um cara que possa dizer o que é melhor ou pior.

fechar