Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Maiores bordões do cinema

Muitas coisas nas produções de cinema marcam as nossas vidas, desde um personagem carismático até um fala chiclete. Por isso preparamos uma seleção para relembrar os maiores bordões de filmes que saem das telonas, atravessam gerações e continuam na boca de todo mundo. Confira!

continue lendo
Compartilhar

Fomos construídos para sofrer, é nosso destino!

C3PO, sem dúvida, era um robô emo e representa todos nós em alguns momentos da vida, não é verdade? Essa frase foi dita por ele ao R2-D2 no filme “Star Wars: Uma nova Esperança”, quinto longa da sequência que, hoje, tem dez filmes os quais marcaram e marcam a juventude de tantas pessoas por aí.

Francamente, minha querida, eu não dou a mínima

“E o Vento Levou” tem a primeira atriz negra, Hattie McDaniel, como a personagem “Mammy”, a ganhar um Oscar e isso já faz com que seja um dos filmes mais épicos do cinema mundial. Mas essa frase de Rhett Buttler (Clark Gable) para aquela que amamos odiar, Scarlett O’Hara (Vivien Leigh), no fim do filme, é simplesmente sensacional.

É Leviosa, não leviosá

Harry Potter é um dos filmes (e livros!) mais queridos de nossa infância – e da infância de tantas crianças da atualidade também. Logo no primeiro filme da franquia, “Harry Potter e a Pedra Filosofal”, nossa genial Hermione Granger (Emma Watson) corrige o lindo, mas irritante, Rony Weasley (Rupert Grint) numa aula de feitiços do professor Flitwick. Fofo, né?

Eu vejo gente morta

Icônica. É assim que podemos descrever essa fala (e esta cena!) em que o garotinho problemático Cole (Halley Joel Osment) conta para seu psiquiatra (Bruce Willis) o seu grande (e assustador) segredo no filme “O sexto sentido”. Traumático, sim, crianças.

Bond, James Bond

James Bond nasceu James Bond? Quer dizer, uma lenda? Fica aí o questionamento – é possível que sim. Essa frase foi dita pela primeira vez pelo amadíssimo agente secreto, quando o personagem era interpretado por Sean Connery, em 1962, em “007 contra o satânico Dr. No”.

 

Que a força esteja com você

E novamente aparece “Star Wars” – deve ser porque muitas das grandes frases foram, de fato, ditas na franquia, que é uma das melhores do cinema (vamos admitir, gente!). A frase apareceu pela primeira vez em “Star Wars: Uma nova esperança”, por Obi Wan Kenoby para Luke Skywalker

Meu precioso

Esta simples, mas marcante, sentença foi proferida por Gollum em “O senhor dos anéis: As duas torres”, da franquia “O senhor dos anéis”, uma das melhores sequências baseadas em livros que o cinema já viu.

Hasta la vista, baby

Essa frase foi dita no filme “O exterminador do futuro: O julgamento final” pelo matador do futuro convertido interpretado por Arnold Schwarzenegger. Um marco, né, mores?

Eu sou seu pai!

E ele aparece de novo. E que filme, meus amigos! Em “Star Wars: O Império contra-ataca”, na cena icônica de Lord Vader contra Luke Skywalker, Vader revela ao jedi que: sim, ele é seu pai. Forte demais, meus amigos, forte demais.

fechar