Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

O dia de São Patrício

São Patrício é um dos personagens mais populares da Irlanda, além ser bastante em conhecido em outros países, principalmente nos Estados Unidos, devido a um grande número de imigrantes irlandeses. Teve uma história muito sofrida, chegando a ser até escravo, antes de entrar para a igreja católica. Após a sua jornada em alguns países europeus como Grã-Bretanha e França, São Patrício se tornou um discípulo e um missionário da instituição. Até hoje é muito lembrado e presente em diversas culturas ao redor do mundo, tendo até um dia próprio, o Saint Patrick's Day! Saiba mais sobre este personagem da nossa história e veja a nossa homenagem:

continue lendo
Compartilhar

Morte

São Patrício morreu no dia 17 de março do ano 461, na cidade de Down. Hoje a cidade se chama Downpatrick (Cidade de Patrício) em sua homenagem. Há séculos, o dia 17 de março é feriado nacional, quando se celebra o Dia de São Patrício, conhecido como a glória da Irlanda. Existem hoje na Irlanda mais de 200 santuários construídos em honra a São Patrício, padroeiro do país.

Início na vida religiosa

São Patrício e catedral ao fundo

São Patrício foi capturado por piratas irlandeses em sua terra natal, a Grã-Bretanha, quando tinha 16 anos, e levado para o país vizinho como escravo. Seis anos depois, Deus o guiou em sua fuga, e ele conseguiu retornar à casa de sua família. Embora fosse filho de um diácono e neto de um padre, foi apenas durante seu cativeiro que ele buscou o Senhor.

Fé fortalecida

Em sua Confissão, o testemunho que ele escreveu no final de sua vida, ele diz: “Após chegar à Irlanda, eu pastoreava as ovelhas diariamente e rezava diversas vezes ao dia – o amor de Deus e o respeito a Ele cresciam mais e mais, e minha fé se fortalecia. E meu espírito foi tocado de modo que, em um único dia, eu fazia cerca de cem orações, e mais cem à noite, mesmo quando estava nos bosques e na montanha. E antes da aurora eu me levantava para orar, e mesmo que nevasse, estivesse frio ou chovendo, nada me atingia”.

Dia de São Patrício

Homens com fantasia de duende pulando

O santo é muito reverenciado nos Estados Unidos, devido ao grande número de imigrantes irlandeses. Em Manhattan, Nova York, há uma catedral com o seu nome, sede da arquidiocese da metrópole. No dia 17 de março há diversas comemorações na Irlanda e nos Estados Unidos, conhecidas como paradas de São Patrício, onde ocorrem festejos e desfiles em memória do santo, sendo essa a principal forma de afirmação do orgulho dos imigrantes e descendentes de irlandeses na América.

Conheça frases de santos religiosos

 

Quem é São Patrício

Apóstolo dos Irlandeses, um missionário ortodoxo, que com amor, caridade e humildade, levou a Boa Nova de Nosso Senhor a um povo pagão e tornou esse país, a Irlanda, um bastião da Cristandade Ortodoxa Ocidental.

Ordenado bispo

A princípio, o jovem monge Patrício acompanhou um santo chamado Germano, que pertencia ao mosteiro de Auxerre. Ambos empreenderam uma grande missão apostólica nas terras da Grã-Bretanha. Mas o grande desejo de seu coração era evangelizar a Irlanda, aquele povo pagão, que o tinha escravizado. E Patrício entregou a Deus esse santo propósito. Quando o bispo responsável pela missão na Irlanda, chamado Paládio, faleceu, o papa Celestino I convocou justamente Patrício para dar continuidade à missão. Por isso, ele foi sagrado bispo e viajou para a Irlanda no ano 432.

Extraiu o bem do mal que lhe foi causado

Imagem de São Patrício na praia com castelo ao fundo

Após ser ordenado bispo, em 432, pediu para ser enviado novamente à Irlanda, a fim de converter aquele povo a Cristo. Seu trabalho árduo produziu muitos bons frutos, e em sete anos três bispos foram enviados da Gália para ajudá-lo a guiar seu novo rebanho, a quem ele se referia, em sua Confissão, como “meus irmãos e filhos a quem batizei no Senhor – milhares de pessoas”.

Busca da fé

O jovem Patrício conseguiu embarcar para a Grã-Bretanha. Depois, foi para a França. Lá, partilhou a vida em vários mosteiros e conseguiu se habilitar para a vida religiosa, que unia o estilo de vida monástico, pela disciplina e oração, e também missionário, caracterizando-se pelo desejo de anunciar o Evangelho aos pagãos.

Situação histórica

O que aconteceu na vida de São Patrício e na Irlanda nas três décadas que se seguiram, foi simplesmente extraordinário. Tanto que a missão de São Patrício ficou gravada para sempre na história da Irlanda, da Igreja Católica e até mesmo na história da Humanidade. São Patrício fez nada menos do que mudar o destino de um povo através do Evangelho. Sua missão levou à conversão praticamente toda a Irlanda. Tudo isso sem contar com ajuda política e sem jamais usar de violência contra aqueles que preferiam continuar no paganismo. Seu lema era respeitar para ser respeitado.

Saiba todas as curiosidades envolvendo o dia de São Patrício

Origem

Imagem de São Patrício em praia

São Patrício escreveu um livro autobiográfico intitulado Confissão. Através dele sabemos que Patrício nasceu numa vila que pertencia a seu pai e ficava numa região entre a Inglaterra e a Escócia – pequena localidade galesa de Banwen. Ele nasceu no ano 377. Seu pai, Calpurnius, era cristão, e seu avô era padre (nesse tempo, os padres ainda podiam se casar). Porém, apesar da influência religiosa, somente na adolescência é que Patrício se interessou pela religião e pelos estudos.

Oração de São Patrício

Mulher com mãos sobre Bíblia

“Levanto-me, neste dia que amanhece,

Por uma grande força, a invocação da Trindade,

Pela fé na Tríade,

Pela afirmação da unidade

Do Criador da Criação.



Levanto-me, neste dia que amanhece,

Pela força do nascimento de Cristo e de seu batismo,

Pela força de sua crucificação e sepultamento,

Pela força de sua ressurreição e ascensão,

Pela força de sua descida para o julgamento dos mortos.



Levanto-me, neste dia que amanhece,

Pela força do amor dos Querubins,

Em obediência aos Anjos,

A serviço dos Arcanjos,

Pela esperança da ressurreição e do prêmio,

Pelas orações dos Patriarcas,

Pelas previsões dos Profetas,

Pela pregação dos Apóstolos

Pela fé dos Confessores,

Pela inocência das Virgens santas,

Pelos atos dos Bem-aventurados.



Levanto-me, neste dia que amanhece,

Pela força do céu:

Luz do sol,

Clarão da lua,

Esplendor do fogo,

Pressa do relâmpago,

Presteza do vento,

Profundeza dos mares,

Firmeza da terra,

Solidez da rocha.



Levanto-me, neste dia que amanhece:

Que a força de Deus me dirija,

Que o poder de Deus me ampare,

Que a sabedoria de Deus me guie,

Que o olhar de Deus me vigie,

Que o ouvido de Deus me ouça,

Que a palavra de Deus me faça eloquente,

Que a mão de Deus me guarde,

Que o caminho de Deus me esteja à frente,

Que o escudo de Deus me proteja,

Que o exército de Deus me defenda

Das armadilhas do demônio,

Das tentações do vício,

De todos os que me desejam mal,

Longe e perto de mim,

Agindo só ou em grupo.



Conclamo, hoje, tais forças a me protegerem contra o mal,

Contra qualquer força cruel que me ameace corpo e alma,

Contra a encantação de falsos profetas,

Contra as leis negras do paganismo,

Contra as leis falsas dos hereges,

Contra a arte da idolatria,

Contra feitiços de bruxas e magos,

Contra saberes que corrompem o corpo e a alma.



Cristo guarde-me hoje

Contra veneno, contra fogo,

Contra afogamento, contra ferimento,

Para que eu possa receber e desfrutar a recompensa.



Cristo comigo,

Cristo à minha frente,

Cristo atrás de mim,

Cristo em mim,

Cristo em baixo,

Cristo acima,

Cristo à minha direita,

Cristo à minha esquerda,

Cristo ao me deitar,

Cristo ao me sentar,

Cristo ao me levantar,



Cristo no coração de todos a quem eu falar,

Cristo na boca de todos os que me falarem,

Cristo em todos os olhos que me virem,

Cristo em todos os ouvidos que me ouvirem.



Levanto-me, neste dia que amanhece,

Por uma grande força, pela invocação da Trindade,

Pela fé na Tríade,

Pela afirmação da Unidade,

Pelo Criador da Criação.”

Envolva-se no amor divino com mensagens sobre Deus

Respeito mútuo

Por causa da atitude respeitosa de São Patrício, não aconteceu repressão contra os cristãos na Irlanda. O próprio rei, chamado Leogário, percebendo a santidade de Patrício, converteu-se e possibilitou que toda a sua corte se convertesse. A missão de São Patrício foi tão eficaz que a fé católica se enraizou na Irlanda. E, de tal forma, que esse país se tornou o berço de um grande número de evangelizadores, missionários e santos.

Descubra outras datas especiais que são internacionais!

Missão árdua

Em sua missão apostólica ele enfrentou muitos “desgastes e dor”, longas jornadas por territórios ermos, e muitos perigos – ele diz que correu risco de vida em pelo menos 12 ocasiões. Quando ele veio para a Irlanda como seu evangelizador, a ilha era um país pagão. Ao final de sua vida, 30 anos após sua chegada, por volta de 461, “a fé em Cristo fora firmada em todos os lugares”. O trabalho de São Patrício e seus companheiros é considerado a mais bem-sucedida empreitada missionária da história da Igreja.

Trevo de três folhas

Caldeirão com trevos de quatro folhas

Para explicar como a Santíssima Trindade era três e um ao mesmo tempo utilizava o trevo de três folhas e, por isso, o mesmo tem papel importante na cultura Irlandesa. Foi incentivador do sacramento da confissão particular, tal como conhecemos hoje, visto que antes o mesmo era realizado de forma pública. Um século mais tarde essa prática se propagou para o restante da Europa.

Vocação

Além de viver uma vida santa, que tocava os corações, São Patrício era um homem de grande visão e dinamismo. Ele fundou incontáveis mosteiros pelo país. Com isso, a Irlanda se tornar um centro que irradiava a fé e a cultura. De lá partiu um grande número de monges missionários, que peregrinaram por muitas terras estrangeiras anunciando o Evangelho. Alguns exemplos mais famosos são os apóstolos Donato, Columbano, Willibrordo, Galo e Tarásio, entre tantos outros.

Mitos cristãos

Enquanto outros países têm como ídolos e mestres reis e ditadores que empreenderam guerras e mortandade, a Irlanda passou a ter seus mitos culturais nos monges e missionários evangelizadores e suas histórias de milagres, graças e heroísmo cristão. Esse é um efeito direto que a enculturação do Evangelho foi levada a termo por São Patrício.

fechar