Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

Os Diabos mais carismáticos no cinema

Você já imaginou se apaixonar pelo diabo? Ou então trabalhar com ele? Não pense que é impossível, por que nos cinemas muito disso já foi inventado! Lúcifer Morningstar e até Miranda Priestly são algumas das interpretações do capiroto, mas você tem medo deles? Saiba quem são os outros!

Diretamente de Sabrina: O Senhor das trevas

“O Mundo Sombrio de Sabrina” é um dos mais recentes lançamentos da Netflix. Se você espera reencontrar a Sabrina de antigamente, esqueça: o universo da nova série é realmente sombrio! Por isso, não poderia faltar o Senhor das Trevas. Nós sabemos que ele é malvado, mas não é que ele pode dar muito poder para a nossa bruxinha? Não pode ser de todo ruim…

Uma série só para ele: Lúcifer

Há quem diga que prefere se comportar mal exclusivamente para conhecer o encantador Lúcifer da produção Netflix. Na série, o diabo comete alguns pecados, mas o que ele mais quer é preservar a existência de nós, humildes mortais. Tem como ser melhor do que isso? Se o diabo está por nós, quem será contra nós?

Sobre rodas: Motoqueiro Fantasma

É difícil encontrar alguém que acredite que o diabo é um personagem do bem, mas depois de assistir à sequência de filmes de “Motoqueiro Fantasma”, a gente pode reconsiderar... O poder que o personagem principal adquire é capaz de alterar a realidade de forma positiva, não tem como não gostar de um diabo assim!

Mais um do Adam Sandler: Um diabo diferente

Como qualquer filme do Adam Sandler, nós sabemos que a comédia é inevitável. Se o nome do filme é “Um diabo diferente” e ele é engraçado, existe algum jeito de não simpatizar com o dito cujo? Esse é mais um diabo que entra na lista de pessoas que querem proteger os humanos e que os humanos querem proteger.

Só sei que foi assim: o diabo de O Auto da Compadecida

Seria a maquiagem? O cabelo? A atuação? O toque de humor de todo o filme? É difícil identificar o que torna o diabo de “O Auto da Compadecida” um sujeito carismático. Talvez seja porque ele é mau, mas a caracterização dele parece uma fantasia que nós faríamos para uma festa. É mais um amor!

Abracadabra: é o diabo mesmo?

Quem já assistiu ao filme “Abracadabra” (1993) deve ter notado que as bruxas e irmãs Sanderson invadem uma casa, durante o Halloween, onde um velhinho está fantasiado de diabo. É claro que elas acreditam estar diante do senhor de todo mal e ele entra no personagem, embora seja impossível olhar para um velhinho tão simpático com maus olhos.