Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify PPS Book Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Left Check

Os maiores shows do intervalo do Super Bowl

Não há evento que anime mais os estadunidenses que o Super Bowl. O campeonato da NFL, principal liga de futebol americano dos Estados Unidos, decide quem será o campeão da temporada. Acalmando a ansiedade dos espectadores, é feito um show curto durante os intervalos. Confira as maiores atrações!

2016 - Coldplay, Beyoncé e Bruno Mars

Talvez, neste ano, a gente até possa incluir o show no qual Lady Gaga cantou o Hino Nacional, mas, se o assunto são os shows do intervalo do Super Bowl, aí é hora de falar do grande encontro que aconteceu entre Coldplay, Beyoncé e Bruno Mars. "Crazy in Love", "Uptown Funk" e "Formation" foram algumas das músicas interpretadas.

Conheça algumas curiosidades da banda Coldplay
Copiar
Compartilhar
2005 - Paul McCartney

Se tratando do show de um Beatle, não tem muito como não ser memorável, não é mesmo? Pois em 2005, os presentes no intervalo do Super Bowl puderam contar com esta honra. Paul tocou grandes sucessos dos Beatles como "Drive my car", "Get Back" e "Hey Jude", além de "Live and let die", que contou com uma explosão de fogos de artifício durante os refrões.

Sua especulada morte, drogas, John Lennon e vegetarianismo: as melhores frases de Paul McCartney
Copiar
Compartilhar
2015 - Katy Perry

Quem já teve a oportunidade de ver um show da cantora sabe o quanto ela investe em figurinos e cenários gigantescos dignos da emoção da platéia. Pois, no Super Bowl, não foi diferente. Ela chegou no palco montada em um leão mecanizado, e encerrou a apresentação com fogos de artifício, com um verdadeiro show pirotécnico ao som de "Fireworks". Além dela, o ano também teve participação de Lenny Kravitz e Missy Elliott.

Personalidade, religião, opiniões. Confira frases de Katy Perry.
Copiar
Compartilhar
2014- Bruno Mars e Red Hot Chilli Peppers

Os dois podem ser bem diferentes no que se diz respeito ao estilo musical, mas ambos são especialistas em animação e em agitar o público. E foi isso que eles fizeram nesta apresentação. O único porém ficou por uma polêmica que surgiu depois, sobre os instrumentos da banda terem sido pré-gravados.

Os melhores trechos de músicas do Red Hot Chili Peppers
Copiar
Compartilhar
2012 - Madonna

Neste ano, ninguém menos do que a rainha do pop, Madonna, fez o show do intervalo. Com uma infinidade de hits sendo alternados entre antigos e mais recentes, e uma super produção típica de seus shows, com figurinos chamativos e uma cenografia de encher os olhos, a rainha não decepcionou. "Vogue", "Like a Prayer" e "Music" foram alguns dos sucessos interpretados.

Frases de Maddona, a eterna material girl
Copiar
Compartilhar
2010 - The Who

A banda inglesa levou todo seu rock clássico e totalmente atemporal para o show do intervalo do Super Bowl no ano de 2010. Sem grandes firulas, foram interpretados sucessos como "Pinball Wizard", "Baba O'Riley", "See me, feel me" e "Won't get fooled again".

Frases de Pete Townshend, vocalista do The Who
Copiar
Compartilhar
2009 - Bruce Springsteen

Logo após o lançamento de seu álbum "Working on a Dream", Bruce Springsteen foi convidado a abrilhantar o show do intervalo do Super Bowl em 2009. No entanto, como deve ser interpretou seus grandes clássicos como "Born to run".

Frases de Bruce Springsteen
Copiar
Compartilhar
 
2007 - Prince

O astro da música pop fez um show digno de ser lembrado. Chovia torrencialmente no dia, mas ele não se deixou abalar, muito pelo contrário, ainda instigou o técnico se seria possível chover ainda mais. De cima de seu par de saltos altos. fez uma apresentação pra fã nenhum boatar defeito.

Álbuns, decisões, músicas: as melhores frases do multi-instrumentista Prince
Copiar
Compartilhar
2006 - Rolling Stones

Em um palco em formato de seu símbolo icônico - uma boca com a língua para fora - Rolling Stones fez um show memorável no intervalo do Super Bowl de 2006. Foi uma série de hits em sequência, iniciados por Satisfaction.

Frases de Mick Jagger
Copiar
Compartilhar
2004 - Janet Jackson e Justin Timberlake

Certamente um dos shows de intervalo do Super Bowl mais lembrados. Isso, porque um dos momentos mais polêmicos aconteceu naquele palco neste dia: Justin puxa a roupa de Janet e deixa um de seus seios a mostra em rede internacional. O caso foi relatado como acidente, mas parece ter sido bem ensaiado, aconteceu durante a música "Rock your Body".

Justin Timberlake, do Clube do Mickey para o mundo
Copiar
Compartilhar
2002 - U2

Em 2002, a banda irlandesa, U2, subiu ao palco do intervalo do Super Bowl preparado especialmente para ela. Como são daquelas bandas que costumam agradar gregos e troianos, desta vez não foi diferente. Grandes sucessos não faltaram, como "Where the streets have no name" e "Beautiful Day".

Lula, exibicionismo e Nietzsche: o que pensa o vocalista do U2, Bono Vox
Copiar
Compartilhar
2001 - Aerosmith, Britney Spears, N'Sync e Mary J. Blige

Em 2001, o Super Bowl juntou grandes nomes do pop do momento com uma das maiores bandas de rock de todos os tempos. No fim da festa, todos cantaram juntos o clássico "Walk this Way". Antes disso, ainda interpretaram seus sucessos do momento: N'Sync com "Bye, bye, bye" e Aerosmith com "I don't wanna miss a thing".

Britney Spears: fundo do poço, início da carreira e polêmicas
Copiar
Compartilhar
2013 - Beyoncé

Desta vez, a estrela norte-americana fez o show inteiro, sem precisar dividir seu brilho com mais ninguém, exceto com suas antigas parceiras da época do grupo Destiny's Child, que fizeram uma participação especial para alegria dos fãs mais antigos. O show iniciou com "Crazy in Love", e já colocou todos para dançar junto com a diva do pop.

Conheça 25 fatos sobre Beyoncé
Copiar
Compartilhar
1997 - James Brown, Blues Brothers e ZZ Top

O show do intervalo do Super Bowl, em Nova Orleans, de 1997, contou com clássicos do soul, jazz e rock n'roll fazendo uma jam session pra lá de memorável. O destaque ficou para os clássicos de James Brown interpretados impecavelmente: "I feel good" e "Sex Machine".

O pai do funk americano: o que dizia James Brown?
Copiar
Compartilhar
1993 - Michael Jackson

O maior rei do pop de todos os tempos, Michael Jackson, fez um show que marcou o início dos grandes espetáculos tradicionais dos intervalos do Super Bowl. Isso, porque ele bateu todos os recordes de audiência da TV americana. Michael interpretou seus grandes hits e fez todo o estádio aplaudir, cantar e vibrar em uníssono.

O que pensava o rei do Pop?
Copiar
Compartilhar
fechar