Datas Especiais / Dia das Mães

Verdades nada fofas sobre mães de primeira viagem

Ser uma mãe de primeira viagem é um verdadeiro desafio e uma aventura. É cada situação que aparece! Mas calma! Nós entendemos a gravidade da situação e reunimos algumas dicas para você se sair bem como a mais nova mamãe. Respire fundo, confira as dicas e coloque-as em prática!

Será que vai nascer?

Como já sabemos, mulheres grávidas sofrem com a necessidade de fazer xixi mais vezes do que aquelas que não estão com uma criança no ventre. Como sabemos também, sai aquele líquido quando a bolsa estoura, e algumas mamães de primeira viajem acham que a água que se solta é urina, pois algumas mulheres não sentem dor no momento exato em que ela se rompe. Mas isso é natural. O importante é você ficar esperta quando estiver no final da gestação para saber se realmente é a bolsa que se rompeu ou não.

Compartilhar

Músicas de ninar? Não, não… Meu filho não curte isso

Algumas mães, em busca de acalmar o bebê nas horas de sono, gostam de colocar uma música leve e suave para deixar o bebê mais tranquilo. Porém se surpreendem quando o bebê chora e não gosta das musiquinhas de ninar. E ficam ainda mais surpresas quando percebem que o bebê gosta de um estilo bem distinto, como rock, pagode, sertanejo ou MPB. É normal que isso aconteça, mas algumas mulheres ficam sem jeito quando vem alguma visita em casa e, na hora de fazer o bebê dormir, ter que colocar coisas “estranhas” para ele escutar. Mas o importante é não se incomodar com isso! Pense no bem-estar do neném e logo isso será apenas um detalhe.

Compartilhar

Leite de sobra

Enquanto umas mães sofrem com a falta do leite em seus seios, outras enlouquecem com o excesso. Você já deve ter visto mulheres que amamentam e ficam até com a roupa encharcada de leite. Elas conseguem produzir tanto leite que chega a vazar. Para resolver esse problema, você pode usar os absorventes para mama que retêm todo o leite eliminado do seio. Outra solução é retirar um pouco do leite durante o dia, mas lembre-se de que precisa deixar o suficiente para o bebê.

Compartilhar

As dores da amamentação

Durante as mamadas do neném no início da amamentação, a mulher sente muita dor e desconforto devido às rachaduras ou mordidinhas no bico do seio. São nesses momentos que algumas xingam, falam palavrão ou choram de dor. É natural que você se altere e acabe falando algumas coisas indevidas, mas é importante que não desista de amamentar. Peça ao seu médico uma pomada para passar nos seios que ajude a lidar com a situação; no mais, a dor passará em questão de semanas.

Compartilhar

Baba e comida

Não se assuste ao perceber que todos os brinquedos, livrinhos e móveis da casa estarão com manchas de baba ou de comida. A baba estará mais presente quando o bebê estiver apresentando os primeiros dentinhos e você terá que ficar limpando a “babinha” dele em questão de segundos! Já a comida pode dar seus primeiros sinais nos móveis da casa quando o bebê já estiver andando. Para que não fique com a casa toda suja, evite dar bolachas, doces ou qualquer outro tipo de comida na mão da criança enquanto brinca ou assiste televisão. Prefira se sentar com ela e ensiná-la a comer sem sujar o ambiente.

Compartilhar

Pés gigantes

O terror da gravidez são os pés inchados. Todas as mulheres temem isso, mas pouquíssimas conseguem escapar desse mal. O problema não é somente o físico da gestante, mas também as dores e o desconforto, sem contar que o uso de sapatos se torna limitado. Não tem como eliminar o problema de uma vez durante a gestação, mas as mulheres podem amenizar o inchaço (que pode também parecer em outras partes do corpo) passando um óleo ou creme hidradante e massageando bem a região acometida. Deitar com as pernas para cima também pode ajudar e muito!

Compartilhar

Os primeiros sintomas

Enquanto algumas mulheres não sentem nenhum sintoma da gravidez, outras sentem mais do que deveriam. Os enjoos nem sempre estão presentes no início, mas, para algumas, eles vêm em excesso, o que as leva a pensar que estão com alguma outra doença, ao invés de grávidas. Os enjoos são normais, mas, se eles vierem constantemente e em demasia, procure um médico e diga o que sente para que ele possa tentar aliviar os sintomas. Lembre-se de que está grávida e não pode tomar nenhum remédio sem o consentimento de um profissional da saúde.

Compartilhar

As vergonhas do parto normal

Algumas mulheres preferem fazer cesárea porque ficam com vergonha do parto normal. Isso porque, no parto normal, a mulher precisa fazer muita força e pode acabar evacuando, o que pode causar algum constrangimento. Mas lembre-se: todos os médicos recomendam o parto normal, pois ele é mais seguro e causa menos sequelas no bebê. Sendo assim, vale a pena passar um pouquinho de vergonha para poder ter o seu baby em seus braços de uma vez por todas!

Compartilhar

As temidas fraldas sujas

Muitas mães de primeira viagem acabam se embaraçando na hora de trocar as fraldas sujas e ficam com nojo do cocô do bebê, mas, fique tranquila, você não precisa achar esse momento a coisa mais linda do mundo. É natural que sinta um pouco de enjoo devido ao cheiro e, principalmente, pelos restos de alimentos que podem sair quando o bebê passar a comer papinha ou comida. Com o tempo, vai se acostumar e isso e já não será mais um problema.

Compartilhar

Sem momentos para pensar

Se você pensa que, na gravidez, a sua vida se tornou muito tumultuada, saiba que depois que o bebê nascer vai ser bem pior! Não terá tempo para: dormir, comer, sair, assistir televisão, ler, ouvir música, limpar a casa e outras coisas que costumava fazer. Não que ficará impossível de arcar com tudo isso, mas a frequência diminuirá. Para que possa começar a ter seus momentos de lazer de volta, é preciso se programar bem e não atrapalhar a sua rotina com o bebê.

Compartilhar

Adeus às fraldas

Ao mesmo tempo que é um alívio às mães, é algo que faz com que passem um pouco de nervoso. Assim que os filhos se tornam aptos a viverem sem fralda, acaba aquela coisa de: “Preciso ver se as fraldas dele estão sujas...”. Mas, por não entenderem, infelizmente começa aquela situação em que os pequenos fazem suas necessidades na roupa ou, pior, em qualquer lugar. Eles simplesmente abaixam as calças no meio da sala da casa e fazem ali mesmo. É preciso ter paciência, ensinar a criança a ir ao banheiro e dizer que somente ali ela poderá fazer suas necessidades.

Compartilhar

Dividir conhecimento

Já que você será mamãe pela primeira vez, certamente deve estar querendo um pouco mais de informações e conselhos para cuidar melhor do seu bebê. Procure grupos no WhatsApp ou no Facebook que possam te auxiliar e para tirar pequenas dúvidas sobre como lidar melhor com a gravidez. Depois que o bebê nascer, o conhecimento que adquiriu será muito importante. É sempre bom estar pesquisando e aprendendo mais sobre isso!

Compartilhar

Cabelos soltos? Raramente!

Raramente usará seus cabelos soltos, pois, além de todo bebê ter aquela mania “maravilhosa” de grudar no cabelo, puxar e não soltar por nada, você também vai se deparar com algumas gosminhas, babas ou até mesmo vômitos que ele deixará registrados em suas madeixas. É preciso tomar cuidado também porque alguns bebês têm o costume de colocar tudo na boca e eles podem fazer isso com o seu cabelo. Prefira usar os fios soltos somente quando for sair ou em ocasiões especiais, assim evitará situações que possam ser constrangedoras.

Compartilhar

A higiene vai sumindo

Quando o bebê chegar em casa, você vai virar a neura da limpeza e ficará limpando tudo o que rodeia o neném, mas, depois de um tempo, perceberá que não há tanta necessidade disso. O interessante é saber dosar o seu nível de higiene: nada exagerado e nada em falta, tem que ser na medida certa!

Compartilhar

Será que meu filho não está muito atrasado?

Algumas mães se preocupam com seus filhos por eles não estarem se desenvolvendo igual às demais crianças, seja no crescimento, na fala ou no aprendizado. Mas, na maioria das vezes, isso não é motivo para se preocupar. Cada bebê tem o seu ritmo de aprender e entender as coisas; com o tempo, ele vai desenvolver o raciocínio de forma mais rápida. Em relação ao crescimento, sempre chegará uma certa idade em que elas crescem em questão de semanas. É só ter calma e acompanhar o desenvolvimento da criança junto a um médico.

Compartilhar

Roupas sujas

Nenhuma mãe consegue escapar das manchas na roupa. Pode ser um vômito, suco ou o leite que caiu... Não tem como escapar! Todas as mães de primeira viagem demoram para ficar atentas a isso. Outras se preparam e ficam sempre de olho na roupa, levam uma blusinha a mais na hora de sair e, estão lá, sempre verificando se estão com um cheirinho azedo no ombro ou se apareceu alguma mancha estranha. Isso também é normal acontecer e, por você ser mãe de um bebê, as pessoas já sabem que isso é cotidiano.

Compartilhar

Sujeira no banho

Uma coisa que todo mundo já deve ter feito quando era bebê é cocô na banheira. Eles não sabem que não podem fazer as necessidades dentro da água. O que você pode tentar para evitar isso é esperar o neném fazer cocô e, em seguida, dar o banho. Dessa forma, o risco de ele fazer as necessidades na banheira é muito pequeno. Também, pode deixar uma outra água pronta caso ele suje a primeira, assim, você não perde tempo tendo que preparar outro banho para ele.

Compartilhar

comentários

anterior

O primeiro amor é eterno

Quando a paixão é tudo que existe na vida!

próxima

Desejos de uma mãe

O amor incondicional cria desejos intensos entre mãe e filho