Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

20 aprendizados de viagens

Se você já viajou para qualquer lugar, com certeza, já sabe a experiência gostosa que é! Pensando nisso, separamos mensagens incríveis para você relembrar momentos ou se inspirar para o próximo destino.

continue lendo
Compartilhar

Culturas

Quando você viaja, você vê muita gente diferente, com costumes, ideais e vidas completamente diferentes da sua. Você sai da sua zona de conforto e abre o leque para uma infinidade de opções e de culturas enriquecedoras. Viajar é também conhecer o próximo de uma maneira única e profunda.

Aproveitar a vida

Você já se questionou porque quando viajamos realmente vivemos e no restante do tempo temos a sensação de apenas sobreviver? Tente equilibrar e incorporar essa sensação e forma a aproveitar o tempo durante as viagens na maior parte de sua vida. Aproveitar o momento deve ser um mantra!

Tolerância

Viajar nos traz também o benefício de sermos mais tolerantes. Por estarmos longe de casa muitas vezes passamos a ser menos exigentes com a comida quente, a roupa bem passada ou o cabelo meticulosamente arrumado. Ser mais tolerantes nos torna também mais felizes.

Saudade

Viajar é criar novas paixões, mas deixar pra trás coisas e pessoas queridas. Sentir saudade é uma constante, seja do novo destino ao voltar ou da nossa casa ao partir. Saber lidar com a saudade é um grande aprendizado.

Bagagem

Seria óbvio falar da bagagem física, mas estou falando aqui da bagagem de conhecimento, história e aprendizagens que passamos a carregar. A cada viagem que fazemos, aprendemos um pouco mais e teremos mais bagagem de memória para saber lidar com o que o futuro nos reserva.

Preocupar-se somente com o que merece

Ao viajar percebemos o tanto de preocupações infundadas que deixamos invadir nossa mente diariamente. Ao viajar com a cabeça leve e abertos a novas experiências aprendemos a nos preocupar só com aquilo que realmente importa.

Raciocínio rápido

Seja pra treinar um novo idioma ou descobrir a melhor forma de chegar a algum lugar, durante as viagens desenvolvemos nosso raciocínio e tendemos a fazer com que ele fique cada vez mais rápido.

 

Consumo consciente

Durante as viagens pensamos um pouco mais ao comprar alguma coisa, é um hábito a ser levado para toda a vida. Consumir desenfreadamente não traz benefício algum, a ninguém.

Desconectar

Com o mundo moderno passamos muito tempo conectados com tudo e com todos. Viciados em nossos smartphones e gadgets modernos podemos perder a vida olhando em telinhas frias. Ao viajar, estimulados pelo novo, tendemos a resgatar a vida off-line e se tivermos sorte, passaremos a valorizá-la mesmo ao voltar pra casa.

Antropologia

Para os mais observadores uma viagem pode ser um verdadeiro estudo antropológico. Através de uma viagem e de conhecer outras formas de vida, de trabalho e de lazer, conhecemos muito de um povo, de sua cultura, história e costumes.

Acordar cedo

Durante as viagens geralmente acordamos cedo para aproveitar ao máximo o dia naquele lugar que estamos. Por que então não incorporar esse hábito no cotidiano?

Desapego

Ao fazer as malas temos que desapegar de muita coisa e levar apenas o essencial. Você já parou para pensar, se não é possível fazer isso durante o restante do tempo também? Viajar pode nos mostrar que precisamos de muito menos do que imaginamos para viver.

Ver a beleza

Durante as viagens geralmente ligamos um detector de beleza que não usamos muito. Por que será que naquela cidade desconhecida tudo parece tão belo e animador? Será que ao voltar pra casa não é hora de tentar enxergar o que não vemos mais nos caminhos que tanto passamos?

Contar consigo mesmo

Viajar exige planejamento, organização e discernimento para saber qual caminho seguir ou qual lugar visitar. Viajar pode nos ensinar a ter um senso prático muito mais aflorado e também a aprender a resolver situações por nós mesmos. É um crescimento diário!

Respeito

Quando visitamos um país ou uma cidade diferente, temos a consciência de que estamos adentrando um lugar que tem regras e costumes específicos. Dessa forma somos obrigados a respeitá-los acima de tudo. Entender o próximo e respeitar.

Comunicar

Viajar pode nos ensinar novos idiomas e novas expressões idiomáticas, mas também nos ensina a comunicação em seu modo mais básico. Muitas vezes temos que questionar o caminho, pedir ajuda para uma determinada ação e agradecer pelo que recebemos. No cotidiano, com a correria, deixamos estas comunicações básicas de lado. Viajar nos força a sermos mais sociáveis e comunicativos.

Dividir

Viajar em dupla ou em grupo é sempre uma boa forma de aprender a dividir: opiniões, decisões, vontades e até mesmo espaço na mala, se for o caso. Viajar sozinho também pode ensinar isso, afinal ficar em um quarto compartilhado de hostel pode ensinar a dividir até mesmo sua privacidade.

Valorizar o que se tem

De forma geral viajamos para lugares bonitos e com uma riqueza maior do que a nossa cidade ou país de origem, mas se você for aventureiro pode ser que escolha destinos menos comuns como a África ou a Índia. Em lugares assim você verá uma desigualdade social ainda maior que no Brasil, poucas noções de higiene e até falta de saneamento básico. É uma forma de aprender a dar valor a tudo que possui em sua vida.

Senso de direção

Você ser uma pessoa um tanto perdida na sua cidade é uma coisa, agora quando você está em um lugar desconhecido você precisa saber se localizar. Interpretar mapas pode ser um verdadeiro desafio para um viajante de primeira viagem, mas ao longo das viagens você se tornará uma pessoa com muito mais senso de direção.

Respeitar a natureza

Uma das formas de turismo que mais cresce é o turismo de natureza, de aventura e de imersão em um mundo mais natural e simples. Dessa forma, você aprende a conviver com a natureza respeitando e preservando cada planta ou animal que cruzar seu caminho. Noções básicas de ecologia, meio ambiente e preservação tão necessárias.

fechar