Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

Como cada religião comemora o Natal

Entenda como o Natal é comemorado nas religiões não cristãs. O que eles comemoram neste dia, suas crenças e seus rituais de comemoração.

Budismo

As festas mais importantes do Budismo ocorrem em Maio, pois é neste mês que é rememorado o nascimento e a morte de Buda. Jesus Cristo não é mencionado nos textos sagrados dessa religião. Em suas festividades no quinto mês do ano, os budistas dão banho de chá em uma imagem de elefante com um bebê em cima. Feito isso, a imagem é colocada em um altar todo enfeitado. O Natal, para os praticantes da religião, não existe.

Testemunhas de Jeová

Para os fiéis desta religião, toda e qualquer tipo de festividade de aniversário é considerada pagã. Por isso, no dia 25 de dezembro nada é comemorado. Além disso, para eles é uma data que não pode ser comemorada já que não há nada na Bíblia que ateste essa data sendo o dia do nascimento de Jesus.

Umbanda

Para a Umbanda, Cristo é relacionado à Oxalá, o maior de todos os Orixás. Portanto, em 25 de Dezembro, assim como no Cristianismo, os umbandistas comemoram agradecendo à entidade que, segundo a sua crença, comanda todas as forças da Terra.

Wicca

Os adeptos das religiões pagãs, comemoram o Solstício de Inverno em 21 de dezembro. As comemorações se estendem até janeiro, o que deu origem às festas de fim de ano adaptadas para o Ocidente na cultura cristã.

Zoroastrismo

Essa religião tem origem na antiga Pérsia e seu adeptos homenageiam a morte de Zaratustra em 26 de dezembro. Por isso, é o dia mais importante do calendário dos fiéis que recitam preces e visitam os templos de adoração.

Protestantismo

Embora seja uma religião cristã, é subdividida em diversas “visões” da Bíblia. Algumas comemoram o Natal como os católicos, outros buscam na Bíblia e no histórico religioso, cuja data de nascimento de Cristo é discutida, um fundamento para não comemorar a data tal como é comemorada no catolicismo. A Assembleia de Deus e a Presbiteriana comemoram o Natal com o simbolismo da presença de Cristo entre os homens, onde a finalidade é levar a uma instância reflexiva a respeito de Cristo. Festejar o Natal é uma bênção e inspiração para todos quantos nasceram do Espírito ao tornarem-se filhos de Deus pela fé em Cristo, para os evangélicos.

Hinduísmo

Os hinduístas reconhecem Jesus Cristo como um avatar, ou seja, para eles o Messias é a encarnação de Vishnu, uma de sua entidades mais importantes. Então, no dia 25 de dezembro, é comemorado a Festas das Luzes. Para eles, neste dia, o nascimento da luz venceu a escuridão.

Islamismo

Para o Islamismo, Cristo não é o filho de Deus, mas sim um profeta. Apesar de atribuírem grande importância ao Messias, não possuem uma data especial para comemorar o seu nascimento. Para os islâmicos, as duas principais festas sagradas são a Eid al-Fitr que consiste na celebração do desjejum após o Ramadã e o Eid al-Adha que marca o encerramento da peregrinação a Meca.

Judaísmo

Assim como no Islamismo, para os judeus, Jesus não é o filho de Deus e, por isso, não comemoram a data de seu nascimento. No Natal eles realizam o Chanuká, conhecida também por Festas das Luzes. A comemoração relembra a reinauguração do Grande Templo de Jerusalém reconquistado pelos judeus após 3 anos de guerras. Quando foi retomado, perceberam que havia se transformado em um local pagão. Para purificá-lo, acenderam diversas luzes. E daí vem o principal símbolo do Chanuká, a menorá (candelabro judaico aceso por 8 dias) A cada novo dia, uma vela é acesa durante as comemorações.

Kemetismo

Essa religião fundada no Antigo Egito comemora o Dia do Retorno da Deusa Errante, em 21 de dezembro. Essa comemoração vem desde 4.500 a.C e celebra o retorno da deusa Hathor a seu pai Ra e a restauração de sua relação.

Neopagãos

Esse grupo idolatra deuses da Roma Antiga e, por isso, e celebra as tradicionais festas de Saturnália que coincidem com o Solstício de Inverno em 21 de dezembro.

Taoísmo

O taoísmo, religião majoritariamente vista na China, não tem qualquer celebração no Natal. No entanto, a religião tem inúmeras datas onde se comemora o nascimento de grandes mestres ou sua ascensão. O Ano Novo Chinês, assim como no budismo, é a data mais comemorada para os taoístas. Nesse dia se celebra o Senhor do Princípio Inicial.