Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Curiosidades sobre Carmen Miranda

Carmen Miranda foi um dos maiores ícones latino-americanos entre os anos 30 e 50. Mas você sabia que essa "brasileiríssima" nasceu em Portugal? Confira fatos, curiosidades e detalhes sobre a vida e a arte da nossa Pequena Notável, a mulher que mostrou ao mundo o que é que a baiana tem!

09/02/1909 05/08/1955
continue lendo
Compartilhar

Na certidão...

Na certidão de nascimento, Carmen era na verdade Maria do Carmo. O apelido foi dado por um tio em sua infância e a Pequena acabou adotando para a vida. Mal sabia o tio que esse apelido carinhoso ganharia o mundo.

Para trás

Por volta de 1952, Carmen largou os estudos e foi trabalhar como balconista em lojas. Esse contato com a moda foi determinante para que, no futuro, ela criasse seus looks autênticos para suas apresentações.

Precursora

Carmen foi considerada a primeira artista multifuncional e multimídia do Brasil. Além de cantar, ela também atuava e dançava, e trabalhou em todos os tipos de mídia da época. Talentosa e precursora!

Não para por aí...

Ela também foi a primeira cantora da época a assinar um contrato com uma gravadora. Um acontecimento muito raro, ainda mais para uma mulher! Fala se não é para ter orgulho dessa Pequena!?

Super querida

Carmen agradava tanto ao público e era tão querida por todos, que acabou virando boneca e personagem dos desenhos Disney. Inclusive, durante a época das guerras, dizia-se muito que a artista estava sendo usada como estratégia do governo americano para conseguir aliados. Será?

Portuguese only

Quando seus primeiros filmes foram gravados, “Uma Noite no Rio” e “Aconteceu em Havana”, ela ainda não sabia falar inglês!

Baiana

Sua primeira aparição vestida de baiana foi no filme “Banana-da-Terra” (1939).

 

Não era conterrânea

Apesar de ter feito muito sucesso por aqui e ter representado o Brasil em várias partes do mundo, a Pequena Notável não era brasileira – pelo menos, não de nascimento, porque de coração ela era uma de nós. Na verdade, Carmen nasceu em Portugal e se mudou para cá ainda pequena.

Vida amorosa

Carmen teve muitos amores durante sua carreira, se envolvendo fortemente com alguns homens em relacionamentos que duraram por certo tempo. No entanto, casou-se apenas uma vez! O sortudo foi o americano David Sebastian.

Baixa estatura

Carmen era realmente muito baixinha, media cerca de 1,50m de altura e, por isso, vivia sempre em cima de saltos enormes! A estatura lhe rendeu o apelido pelo qual é conhecida até hoje: A Pequena Notável.

Mais bem paga

Ela fazia tanto sucesso nos Estados Unidos, que chegou a ser, em 1944, a mulher mais bem paga do show business americano. Dá para acreditar? Em valores aproximados e adaptados à moeda de hoje, ela teria recebido cerca de US$ 9 milhões.

Aborto espontâneo

Carmen engravidou em 1948, mas acabou sofrendo um aborto espontâneo. E mesmo após mais algumas tentativas ao longo dos anos, a artista não conseguiu engravidar novamente.

Carnavalesca

Apesar de ter um pé no tango e gostar muito do estilo, Carmen preferiu trabalhar com as marchinhas. Com sua voz icônica e apresentações para lá de originais, acabou marcando toda uma geração.

Exclusividade

Mesmo sendo portuguesa, Carmen era considerada uma artista latino-americana. Com isso, foi a única representante da América Latina que conseguiu deixar sua marca na calçada da fama em Los Angeles.

Vícios

Quando a carreira da artista foi apresentada como “Pequena Notável”, ela já estava envolvida com o vício em cigarros e bebidas. Infelizmente, a morte da cantora, aos 46 anos, também foi ocasionada pelas complicações de saúde que os vícios trouxeram.

fechar