Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

Desromantizando a maternidade

Sempre falamos de maternidade como se tudo fosse "flores", porém o que as mulheres não contam ou não falam é das dificuldades que são enfrentadas durante esse processo. Sendo assim, separamos um conteúdo que mostrará a realidade sobre ser mãe e assim desromantizar o que imaginamos sobre isso.

Não é tudo lindo

A maternidade não é um momento apenas de felicidades. Mães são seres humanos, se cansam, se irritam, sentem fome e medo, muito medo. Por isso, tenha mais atenção e carinho com uma nova mamãe. Ela certamente estará precisando!

Alegria X Irritação

Durante a gestação, o corpo da mulher trabalha para formar um novo corpo. Isso promove cansaço, sono excessivo e muitas alterações de humor. Então, se você encontrar com uma grávida estressada, tenha empatia, pois não é culpa dela.

Ah, a amamentação...

Uma mulher amamentando pode ser a cena mais bonita do mundo, mas também pode ser um momento muito doloroso e certamente será cansativo para mãe. A amamentação é fundamental, porém não é um mar de rosas!

O puerpério passa!

Os três primeiros meses de vida de um bebê são o período mais difícil da existência de uma mãe. O temido puerpério é doloroso, exaustivo e cheio de situações difíceis, mas acredite: ele passa! Serão os três meses mais longos da sua vida, mas acabarão.

O começo é difícil

O começo de uma nova vida é sempre o período mais complicado, porém ele passa. Então, mantenha-se forte, procure por pessoas com quem você possa contar e tenha fé. A maternidade não é um mar de flores, mas é repleta de recompensas!

Você será outra pessoa

Quando você se torna mãe, não são apenas as mudanças físicas que acontecem. Uma nova mulher nasce junto com o bebê! E se você demorar para se reconhecer de novo, não se preocupe, pois isso é absolutamente normal.

Pais participativos

Não se sinta agraciada apenas porque o pai do seu filho troca a fralda dele, às vezes... Ser pai é dividir todos os momentos, bons e difíceis, desde o nascimento do herdeiro. Se o pai do seu filho quiser ser realmente participativo, mostre a ele como fazer isso.

Mães solteiras

Ser mãe solteira é uma das atividades mais difíceis do mundo, pois essa mulher precisará contar com toda a sua capacidade para cuidar do pequeno e continuar trabalhando para sustentá-lo. Essas mulheres merecem muito respeito!

É normal querer desistir

Ser mãe é uma tarefa complexa e que, por muitas vezes, lhe dará vontade de desistir. Mas isso é normal, ninguém foi feito para aguentar tanta atribulação sozinho. Não se culpe se você se pegar pensando em largar tudo e virar hippie!

A sociedade machista e a maternidade

A sociedade tende a pensar que todas as responsabilidades são apenas da mulher, quando, na verdade, o correto é que tudo seja muito bem dividido entre o pai e a mãe. Não se deixe abater por comentários ou atitudes machistas!

Sempre tem alguém para criticar

Não importa o que você faça, sempre terá alguém para te julgar ou criticar, e isso se aplica também para a maternidade. Então, quando acontecer, não se deixe abater. Mantenha-se firme e continue vivendo a sua vida como você julgar ser melhor!

As dificuldades mudam

Os cuidados e dificuldades com os recém-nascidos são muitos, mas com o tempo, eles passarão e surgirão outros. Então, por mais difícil que possa parecer, aproveite os momentos bons que cada fase lhe trouxer, pois eles serão únicos.

Depressão pós-parto

Acontece muito mais do que se imagina e precisa receber uma atenção especial. Uma mulher com depressão pós-parto não é sinônimo de uma mulher que não ama o seu filho, mas, sim, de alguém que não está conseguindo entender muito bem essa nova fase.

Desafios da maternidade