Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Pensamentos de uma mãe

Dizem que mãe é tudo igual, só muda o endereço. Será que é verdade? Afinal, mãe tem cada pensamento... São tantas preocupações e receios! Ser mãe é pensar mil vezes antes de agir!

continue lendo
Compartilhar

O que passa pela cabeça de uma mãe?

Você já parou para pensar em tudo o que se passa pela cabeça de sua mãe? Por que ela sempre imagina as piores coisas? Por que ela não dorme antes de você chegar em casa? Por que ela e seu pai não saem tanto? Por que ela é sempre a última a comer? Sabe por que tudo isso acontece? Porque todas as mães são iguais e pensam primeiro nos filhos e na família para depois pensar em si próprias!

Pensamentos de uma mãe quando o filho sai para a balada!

A maioria — para não dizer todas — das mães fica com o coração na mão quando os filhos resolvem ir para a balada. A preocupação vai desde não dirigir alcoolizado, pegar carona com quem está alcoolizado ou se vai conseguir pegar o táxi para voltar para casa. Para uma mãe, nenhum filho é grande o suficiente para se virar sozinho e sem seus cuidados, por isso, as mães estão — quase sempre — acordadas quando seus filhos voltam da balada. Tudo porque elas só conseguem dormir quando todos estão debaixo de seus cuidados.

Meu filho, meu bebê!

Para uma mãe, seus filhos não crescem nunca, serão para sempre os bebês indefesos que precisam de seu colo todas as vezes que começam a chorar. Não importa se você já é maior que ela e pese o dobro de seu peso, ela sempre fará de tudo para cuidar de você como se você fosse um pequeno bebê que precisa dos cuidados especiais que somente uma mãe pode dar!

As mães não descansam nunca!

Nem quando estão cansadas, ou se estão doentes, as mães descansam. Não são de ferro, mas fazem de tudo para conseguir mostrar isso aos filhos. As mães tentam segurar todas as barras sozinhas, evitam que os problemas delas passem para os filhos e, dessa forma, se tornam incansáveis e nunca descansam!

Mãe consegue relaxar?

Quando uma mãe escuta de seu filho: “Mãe, relaxa, vou ficar bem!” parece que seu coração se aperta mais e o que deveria ser para ficar tranquila a deixa ainda mais agitada e ansiosa. Sabe quando uma mãe consegue relaxar? Nunca! As mães têm um radar que sempre as deixam ligadas em tudo o que acontece com seus filhos!

As mães são incansáveis!

Toda mãe é uma super-heroína! São mulheres incansáveis que em muitos casos cuidam da casa, lavam roupa e louça, fazem almoço e ainda cuidam dos filhos. Uma mãe pode estar doente e mesmo assim não deixa de lado seus afazeres, afinal, é uma mulher maravilhosa que consegue fazer tudo.

Toda mãe ama demais!

Pode-se dizer que as mães têm um problema e acredito que isso seja amar demais cada um de seus filhos. Uma mãe tem um amor tão grande e forte e por ele vence barreiras, lutas e brigas diárias, faz esforços inimagináveis para deixar os filhos felizes. Toda mãe ama demais, toda mãe é exagerada nesse amor, toda mãe é mãe e pode exagerar no amor… Só por ser mãe!

 

O lugar mais confortável do mundo!

Não há lugar mais confortável no mundo que o colo de uma mãe. Afinal, para onde corremos quando caímos e nos machucamos enquanto ainda somos crianças? Para quem ligamos quando passamos no vestibular dos sonhos? E quando conseguimos o emprego tão almejado? Para quem vai o primeiro pedaço do bolo em todas as nossas festas de aniversário? Não há lugar melhor que o colo da mãe! Ele tanto ajuda a superar uma dor como é o lugar ideal para comemorar!

Por que não vemos uma mãe chorar?

As mães pensam que enganam os filhos quando choram à noite escondidas. Por muito tempo, conseguem, afinal, querem mostrar o lado forte e provar que jamais vão chorar quando algo ruim acontecer. Já imaginou uma mãe dizendo que não vai chorar e chorando? É exatamente por isso que não vemos uma mãe chorar!

Toda mãe se sente poderosa!

Incrível como toda mãe se sente poderosa! E consegue defender um filho do maior inimigo. Toda mãe acha que pode fazer tudo e mais um pouco para proteger o filho. Talvez os poderes que surgem quando uma mãe nasce sejam tão grandes que explicam porque toda mãe se sente poderosa.

Mãe também sente culpa!

Não são todas as mães, mas a maioria delas sente culpa por algo em relação aos filhos. Pode ser algo simples, pode ser por não ter conseguido amamentar ou por não conseguir que ele se alimente da maneira que deveria. As mães sentem culpa por não conseguir dar o que os filhos desejam, por isso, não se espante quando uma mãe disser que sente culpa por algo!

As mães pensam que amam pouco!

Muitas mães acreditam que amam pouco e que em muitos casos também não falam o suficiente para os filhos. Mas, mamães, acreditem: vocês falam muito, mas o melhor é que demonstram muito mais e amam incondicionalmente os filhos!

As mães superprotegem!

Essa é uma das verdades mais influentes na vida de uma mãe, elas são sim superprotetoras, principalmente se os filhos forem os primogênitos. As mães querem evitar que eles sofram, que se acidentem e até que fiquem doentes, mas elas não podem evitar o curso normal da vida. Mães, parem de superproteção! Os filhos precisam crescer e aprender com a vida!

As mães arrumam tempo para tudo?

Muitas mães acham que conseguem fazer tudo o que precisam todos os dias, mas nem sempre é assim. Na maioria das vezes, elas fazem o que é necessário para os filhos e se esquecem do que precisam fazer para si. Seja um jantar romântico com o marido, uma ida ao cinema ou mesmo uma conversa com a melhor amiga. Portanto, podemos ver como as mães não tem tempo para tudo o que desejam e precisam fazer!

As mães também sofrem!

É difícil entender isso, mas as mães também sofrem e muito! Sofrem por antecipação, sofrem por não fazer com que os filhos se alimentem como deveriam, sofrem por não visitar os amigos e os pais com frequência, sofrem por não conseguir dormir uma noite inteira. As mães deveriam parar de pensar tanto e passar a curtir mais os filhos, afinal, eles nem sempre serão seus bebezinhos!

fechar