Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

Clarisse Abujamra

O talento pela arte vem do sangue, a atriz tem um tio ator. Mas antes de ir para a telinha, Clarisse Abujamra se apaixonou pela dança. E agora é diretora de teatro. Confira o mundo dessa talentosa atriz.

Balé moderno

Clarisse Abujamra

Na minha época, aqui no Brasil, estava começando o balé moderno. Eu comecei com uma tcheca, que tinha chegado dos Estados Unidos, trazendo uma técnica de dança contemporânea da Martha Graham.

Bailarina

Clarisse Abujamra

Fiz balé clássico, normal, e aos 15 anos eu fui para essa técnica moderna. Aos 18 mudei-me para os EUA.

Fascinada

Clarisse Abujamra

Fui coreografar para teatro e comecei a ficar fascinada pelo processo da interpretação e a própria técnica da Martha exigia uma compreensão de sub-texto e interpretação muito grandes. Então aquilo já estava sendo fomentado desde os meus 15 anos, mais ou menos.

Cem apresentações

Clarisse Abujamra

Nós comemoramos cem apresentações no teatro Amazonas, o que foi uma emoção linda, inenarrável, porque foi um monólogo... E fazer um monólogo naquele teatro lotado foi uma emoção muito grande.

Dificuldade

Clarisse Abujamra

Também estou na iminência de começar uma peça, isto é, iminência de data, pois a gente está com uma dificuldade enorme de conseguir teatro.

Sem disposição para tv

Clarisse Abujamra

Olha, a TV exige de você (pelo menos de mim) um empenho de procurar entrar em contato para o qual eu não tenho mais muita disposição.

Medo de operar

Clarisse Abujamra

Brinco que nunca vi meu rosto sem óculos, a não ser quando faço televisão ou vejo o vídeo de uma peça. Operar mexe com tudo isso.

Dança

Clarisse Abujamra

Segundo minha mãe, eu entrei no estúdio com 4 anos e nunca mais saí. Não conheço outro lado da vida.

Onde tudo começou

Clarisse Abujamra

Cresci numa sala de aula de dança, e foi lá que tudo começou. Da dança para o teatro, da coreografia para a direção, da bailarina para a atriz.

Vida sexual

Clarisse Abujamra

Hoje em dia existe essa ideia de que liberou geral. Mas, para que isso seja verdade, a gente teria que ter uma cabeça mil anos à frente do que temos.

Atuação na veia

Clarisse Abujamra

Bom, não é segredo que eu sou sobrinha do Abujamra, e a vida toda ele dizia para mim: "vai fazer Actors Studio, estudar teatro, você tem que fazer teatro". Mas eu não queria saber.

Primeira atuação

Clarisse Abujamra

Um belo dia, na véspera da estreia, a atriz faltou. Só que a peça era inteira coreografada e eu era a única pessoa que sabia tudo. Então me falaram: "nem que você entre com o texto na mão, mas pelo amor de Deus, entra. Não dá para adiar". E eu entrei, P da vida, fiquei bravíssima. Só fui porque eu sabia das dificuldades enfrentadas por uma produção. Entrei e nunca mais saí. Depois de virar atriz também comecei a dirigir.

Happy hour de poesias

Clarisse Abujamra

Eu faço um happy hour de poesias com um baixista deslumbrante, o Itamar Colaço. Eu recito os poemas e ele toca baixo. É simplesmente o máximo.

Televisão

Clarisse Abujamra

Não que eu não gostaria de estar fazendo. Acho que hoje é vital, vez ou outra, estar na famosa telinha. Meu último trabalho foi Chiquinha Gonzaga.

Casa de espetáculos em shoppings

Clarisse Abujamra

Estive conversando com o pessoal da Apetesp - Associação Paulista dos Produtores de Teatro de São Paulo - para ver se eles levantam um projeto com a finalidade de implantar uma casa de espetáculos em cada shopping da cidade. Assim, você enriquece o próprio shopping, bem como a vida cultural do público que o frequenta.

Visão

Clarisse Abujamra

Tenho tanto medo que aconteça alguma coisa com a minha visão! Tenho pensado em fazer uma cirurgia, mas outro dia me dei conta de que, se operar, não vou mais ter que usar óculos.

Atuando com óculos

Clarisse Abujamra

A única vez que subi num palco de óculos foi para um personagem muito engraçado, que era uma vaca de presépio. A Valderez de Barros fazia a dona do presépio e eu fazia a vaca. Pedi para o diretor se podia usar óculos porque num determinado momento do espetáculo o coral cantava e a vaca levantava e todos viam meu rosto.

Peça "A Maçã da Eva"

Clarisse Abujamra

A igreja italiana fez muito barulho. Mas não acredito que isso venha a se repetir aqui. A moral deles é muito diferente da nossa.

Apresentação teatral

Clarisse Abujamra

Se eu tivesse só a meia-noite, não arriscaria. Mas eu tenho o domingo, às 20h30, o que dá uma alternativa para as pessoas.

Peça teatral

Clarisse Abujamra

É uma mulher tímida, muito pura, que é chamada para dar um depoimento sobre sexo. Isso já cria um humor delicado.

Adaptação brasileira

Clarisse Abujamra

O meu cenário é uma mesa e uma cadeira. Eu precisava de alguém como o Ivan, um diretor de atores. E ele é muito dedicado, um perfeccionista.

A Maçã da Eva

Clarisse Abujamra

No texto original, é a Franca falando sobre as experiências sexuais dela, do marido, do filho, das amigas. Eu não poderia fazer isso.