Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Campanha Meat Free Monday

Há alguns anos, o vegetarianismo e o veganismo têm se tornado práticas cada vez mais comuns ao redor do mundo. Mesmo sendo um modo de vida admirado por muitos, a sua adesão apresenta-se inviável por ser considerada uma mudança muito drástica a algumas pessoas. A campanha Meat Free Monday – ou Segunda sem Carne, como foi traduzida no Brasil –, lançada em nosso país em 2009, tem como um dos objetivos a diminuição gradual do consumo de proteína animal. Porém a principal meta é a conscientização massiva a respeito dos impactos negativos ao meio ambiente – e seus reflexos sociais – causados pela produção predatória de carne. Entenda a causa e veja como aderir à Campanha Meat Free Monday!

continue lendo
Compartilhar

Como surgiu

A iniciativa Meat Free Monday foi criada pelo ex-beatle Paul McCartney e sua família. Após ter acesso ao relatório elaborado pela ONU em 2006 “O lado Sombrio da Criação dos Animais”, o músico ficou assombrado ao saber que a indústria da carne é um dos maiores agentes de transformações climáticas, superando inclusive todas as indústrias de transportes.

A decisão

Como forma de ajudar a reduzir o impacto ambiental proveniente da pecuária, Paul chegou à conclusão de que ajudaria muito se a carne fosse retirada dos nossos pratos ao menos uma vez por semana. Isso já contribuiria significativamente para um planeta mais saudável. Foi aí que surgiu o desafio chamado Meat Free Monday, criado na Inglaterra em 2009.

Mobilizando

Contando com o apoio de autoridades, artistas, empresários e celebridades, Paul conseguiu mobilizar vários segmentos, obtendo a sua adesão ao projeto. Inclusive, chefs de alguns restaurantes famosos passaram a servir cardápios vegetarianos opcionais às segundas-feiras. Com isso, a Meat Free Monday trouxe não só opções para quem não come carne, como também conscientização e resultados que só a união de esforços pode trazer.

Motivação

Para além de ser uma alternativa alimentar para veganos e vegetarianos, a iniciativa Meat Free Monday é baseada em números, cujos resultados são desastrosos para o meio ambiente. Só para se ter uma ideia, para se produzir um hambúrguer de aproximadamente 150 gramas, são gastos 2.400 litros de água, volume de uma piscina inflável grande.

Pilares

Por todo o exposto, a Meat Free Monday é uma iniciativa baseada nos seguintes pilares: a preservação do planeta Terra, a preocupação com os animais, a manutenção da saúde das pessoas e o incentivo à descoberta de novos sabores. São fatores suficientes para motivar uma segunda sem carne e, como um dos maiores desejos dos veganos, a possibilidade de uma nova postura para o resto da vida. Geralmente se começa assim: um dia na semana. Um passo de cada vez. Mas ainda que o veganismo não seja seu objetivo, pelo menos em um único dia na semana você consegue ajudar o planeta de uma forma extraordinária.

Mar sem peixe

Segundo dados da WWF – ONG atuante na defesa da preservação ambiental –, a frota pesqueira mundial é quase três vezes maior do que a capacidade de provisão sustentável dos oceanos. Ou seja, estamos retirando mais peixes do que podem ser repostos pela natureza. Se continuarmos no ritmo pesqueiro atual, até 2048 as espécies pescadas poderão desaparecer. Mais uma razão para, pelo menos uma vez por semana, não ingerir carne. Adote a Segunda sem Carne e ajude a mudar esse quadro.

Conheça outras maneiras de se conscientizar pelo meio ambiente

 

De olho na saúde

Em um estudo realizado pela Harvard School of Public Health (2010), descobriu-se que o consumo diário de 50g de carnes processadas (hambúrguer, bacon, linguiça, salsicha e outros embutidos, por exemplo) pode aumentar em 19% o risco de diabetes. No que se refere a doenças cardíacas, o risco aumenta em 42%. Esse parece um motivo bastante convincente para aderirmos à Meat Free Monday. Não é somente uma questão de opção alimentar, é também um assunto de saúde pública.

Gases poluentes

Você sabia que um único dia sem consumir carne pode reduzir consideravelmente a emissão de gases poluentes na atmosfera? Os principais deles são o metano (produzido pela fermentação entérica, os arrotos e gases intestinais bovinos, caprinos e ovinos) e o dióxido nitroso (produzido pelo estrume desses animais). Para termos uma noção do estrago, o metano é 21 vezes mais potente que o gás carbônico e pode permanecer na atmosfera por até 14 anos. Já o dióxido nitroso é 310 vezes mais potente e ainda pode permanecer por até 114 anos na atmosfera. Ou seja, a Segunda sem Carne é também uma questão de pensar nas próximas gerações.

No Brasil

Aqui no Brasil, a Segunda sem Carne ganhou muitos adeptos entre redes de escolas, restaurantes e celebridades. Com o avanço da dieta vegetariana e vegana, o movimento ganhou força. O que move esse público não é somente a questão ambiental e uma alimentação diversificada e mais saudável, como também o olhar mais respeitoso a todo tipo de vida. Tanto é que eles estendem sua filosofia a produtos e processos que não incluam testes e ao uso de produtos de origem animal (que também geram impactos negativos ao meio ambiente).

Já pensou em aderir?

E você? Já pensou em aderir à Meat Free Monday? Não é um chamado a se tornar vegano, mas a tentar se alimentar apenas de vegetais pelo menos um dia na semana. Existem incontáveis opções, não se limitando a uma mera salada. Aproveite para preparar um prato rico, colorido, nutritivo e, principalmente, SEM nenhum tipo de carne.

Receita para o dia

Na Segunda sem Carne, que tal experimentar um espaguete de vegetais? Para o preparo, use abobrinha, cenoura, batata-doce e palmito pupunha. Para fazer o espaguete, use um utensílio chamado espiralizador. Refogue os vegetais já em tiras com azeite, alho e sal. Aproveite para fazer um molho de tomate caseiro e capriche em temperos, como orégano e manjericão frescos, pimenta, cebola, alho-poró e azeitonas. Incremente com brotos (pode ser de feijão, alfafa ou brócolis). Se você sentir falta de alguma proteína, que tal adicionar alguns cogumelos (shitake, shiimeji ou champignon)? Além de serem ótimos substitutos para a carne, ainda são altamente benéficos para a saúde.

Aprenda mais receitas veganas para saborear na Segunda sem Carne

fechar