Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Juvenal Juvêncio

Com quatro mandatos no currículo, Juvenal administrou e dirigiu o São Paulo Futebol Clube, levado por ele a conquistar vários títulos, como um Mundial, três brasileiros e uma Libertadores. Acometido por um câncer, faleceu em 2015, mas suas palavras, assim como suas vitórias, são seu legado.

25/02/1932 09/12/2015
continue lendo
Compartilhar

Muricy campeão

Juvenal Juvêncio

O Muricy é muito leal. Quando o Aidar assumiu, ele disse: "o Muricy tem cargo vitalício comigo, enquanto eu estiver aqui, ele está também". Agora, ele diz que o cargo está mantido até o final do ano. E o Muricy tem essa leitura.

Aidar

Juvenal Juvêncio

O Carlos Miguel [Aidar] fala umas coisas do Muricy mais para colar, mas internamente ele fala outras coisas. O Muricy sabe o que está acontecendo verdadeiramente, e por isso que está abatido. Ele não pode se animar com uma situação dessas.

Rivalidade

Juvenal Juvêncio

Não há recha nenhum no elenco. O que não cola é o presidente [Aidar], que é um palpiteiro. Ele não gosta de futebol, não entende de futebol, é um amador. E o que ele diz atrapalha as declarações dos jogadores. "Agora preciso ganhar", e não precisava ganhar antes?

Dívidas

Juvenal Juvêncio

Tínhamos recebido um adiantamento de R$ 50 milhões da TV Globo três dias antes do término da minha gestão, com a assinatura dele como testemunha. A dívida era zero. Depois ele [Aidar] deixou de pagar.

 

Campeões

Juvenal Juvêncio

Em 1987, na hora de bater pênaltis em Campinas que fomos campeões, entrei em campo. Acertei bicho na hora que bateu o pênalti. É premio, posso dar para o meu jogador. Saímos com a taça e eles com dinheiro, que não cabia no bolso.

Problemas no vestiário

Juvenal Juvêncio

No vestiário dos visitantes lá no Morumbi os jogadores se queixaram até porque não tinha água quente. Eu fiquei sabendo no dia seguinte. Mas lá não tem esses equívocos. O nosso encarregado passou nos vestiários, testou (como faz sempre) e tava tudo perfeito. Após o jogo, fomos lá e não tinha água quente. Mas nós procuramos defeito e não achamos! No dia seguinte, ninguém mexeu e tinha água quente! Esvaziaram a caixa d´água, pra não ter água. E aí você me pergunta: por quê? Os jogadores ficaram indignados. Isso é coisa de alguém de fora que fez.

fechar