Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Ricardo Boechat

Colunista da IstoÉ, diretor de jornalismo, apresentador e com uma opinião forte sobre a atual política brasileira, Ricardo Boechat dá o que falar. Confira suas frases.

13/07/1952 11/02/2019
continue lendo
Compartilhar

Reação a proibições

Ricardo Boechat

Eu confesso a você, com sessenta anos, a essa altura do campeonato, que eu não sei como reagiria se alguém me dissesse que estou proibido de fazer alguma coisa que a minha consciência não me proíba primeiro.

Inimigo maior da sociedade

Ricardo Boechat

Pode botar todos os traficantes, todos os assassinos de um lado. O Estado brasileiro é o inimigo maior da sociedade, porque ele existe pra isso. Ele é sistemático, organizado, ele é poderoso, ele é endinheirado, ele é armado, ele faz de tudo que tem na mão pra isso!

Ofensas e agressões

Ricardo Boechat

Vocês me ofendem o dia inteiro, vocês me agridem o dia inteiro. O tempo todo, 24 horas por dia sou agredido pelo Estado brasileiro e pelos agentes públicos desse país. No desrespeito, na falta de serviço, na corrupção ostensiva, no corporativismo, na picaretagem, na mentira, no logro, na desilusão que vocês nos impõem, nos atrasos, no abandono da educação, da saúde. E agora querem o quê? Serem tratados com respeito?

Inimigos constantes

Ricardo Boechat

Atenção, senhores políticos! Nós não gostamos de vocês! Nós os consideramos nossos inimigos constantes. A tônica da ação do Estado brasileiro em relação ao cidadão brasileiro é o desrespeito.

 

Rua

Ricardo Boechat

A rua é o nosso lugar quando nós queremos pressionar os governantes, que é ali que é jogado o jogo. Porque não é na eleição, não é no Parlamento, não é no Congresso, não é nos partidos... sabe porque não é? Porque aqui no Brasil eles se apropriaram disso tudo pra fazer o que interessa a eles! Eles próprios fecharam as portas pra população nesses espaços democráticos.

Exemplos

Ricardo Boechat

Me mostra um único político brasileiro que tenha empobrecido no exercício da política. No máximo, os mais honestos, radicalmente honestos, progrediram patrimonialmente de acordo com seus ganhos.

Projetos em curso no Brasil

Ricardo Boechat

E vocês aí no ar refrigerado, e vocês aí nos seus carrões, e vocês aí com seus salários em dia, com sua estabilidade funcional, com suas imunidades, com seus auxílios residência, com suas obras superfaturas? E vocês? Que projetos vocês tinham? Qual é pra valer, a sério, o projeto que vocês estão botando em curso no Brasil? Então estão querendo que o povo produza uma solução escrita de curto prazo que dê rosto, que enquadre a energia que ele está liberando nas ruas. Quando os governantes, os políticos, que aliás botaram o rabo entre as pernas!

Revolta não é vandalismo

Ricardo Boechat

Eu sou favorável a jogar ovo, eu sou favorável à revolta, a quebra-quebra. Vandalismo? É o cacete! Vandalismo é botar as pessoas quatro horas na fila das barcas todo dia, vandalismo é mandar segurança baixar porrada todo dia em passageiro da Central do Brasil que não aguenta mais ser tratado como gado. Isso é que é vandalismo! Vandalismo é roubar como um condenado com dinheiro público, vandalismo é matar meu filho dentro de um hospital por falta de médico, remédio enquanto há esquema de corrupção que a gente cansa de ver aí dentro dos hospitais. Revolta não é vandalismo!

Oba oba

Ricardo Boechat

Esse Ministério da Saúde é uma esculhambação! Porquê? Porque não tem ministro! O ministro só está cuidando de oba oba! Se a ação não for eleitoral, ele não faz.

Serviços Públicos

Ricardo Boechat

Não tem só que ficar achando que é um problema dos políticos o mau tratamento que recebemos nas repartições públicas ou dos servidores públicos. Isso é um problema do servidor e da repartição, em boa dose também. Eles têm que nos enxergar como semelhantes e não como uma espécie dependente dos favores deles. Têm que nos enxergar como patrões, e não como escória, que eles atendem como bem entendem, quando querem, da forma que querem!

O que a sociedade quer

Ricardo Boechat

Mas ao ouvir essa sociedade perguntar "Cadê o Amarildo?" não se iludam, senhores governantes, porque não é apenas o Amarildo que a gente quer. A gente quer é que a sociedade brasileira pare de ser tratada da forma que o Amarildo foi tratado com graduações diferentes de violência.

Até que se prove o contrário

Ricardo Boechat

Ninguém confunde agente público com quadrilheiro (e está cheio de quadrilha na área pública). Confunde é com morador da Rocinha, morador do Alemão. Ah, e se não for branco então confunde com uma facilidade! Porque aos olhos da lei - lei da selva, que é a lei praticada pelas autoridades policiais brasileiras -, todo não-branco é a mesma coisa. É suspeito até que prove o contrário, essa é uma verdade.

Os verdadeiros vândalos

Ricardo Boechat

Os vândalos verdadeiros, os criminosos verdadeiros, os saqueadores verdadeiros, os bandidos verdadeiros têm imunidade, têm distintivo de doutor, sua excelência, às vezes têm toga, carro oficial, segurança, prédio luxuoso, mordomias, cargos pra preencher, controle sobre verbas, peso pra negociar contratos, grana por fora pra campanha, grana por fora pra si mesmo, pra pagar pensão pra amantes, pra enriquecer, comprar um patrimônio gigantesco como muitos deles hoje ostentam, tendo entrado na política com uma mão na frente outra atrás.

Cadê?

Ricardo Boechat

Os governadores? Cadê essa gente? Os líderes políticos do Congresso Nacional? Cadê? Brasília ontem ficou no Congresso às moscas! (...) Cadê o PT? Cadê as figuras que se dizem representantes da massa, do povão? Cadê? Sumiram!

fechar