Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

Lições de Michael de Eu, a Patroa e as Crianças

A série "Eu, a patroa e as crianças" é uma produção humorística que rende muitas risadas. Mas também é uma produção que nos permite pensar sobre diversos temas, principalmente com a ajuda de Michael Kyle. Torne-se um especialista nessas lições de vida!

Entender as fases dos filhos e as necessidades específicas de cada um

Junior, Claire Marie Kyle e Kady. Esses são os três filhos de Michael Kyle na série “Eu, a patroa e as crianças”. Cada filho está em uma fase diferente da vida, seja pela idade ou por questões de gêneros. Mas o superpai consegue notar as diferenças e ver a melhor maneira de lidar com cada filho. Com isso, fica a dica: não lidamos com máquinas, por isso é importante prestar atenção nas pessoas com as quais convivemos.

Na alegria e na tristeza, na saúde e na doença

Quando o jovem Junior conta que sua namorada está grávida, Michael demonstra total apoio aos novos papais. Além do suporte financeiro, ele oferece ao filho e à nora carinho e afeto, que ajudam a superar essa surpresa que é ter um filho na adolescência.

Incentivo sempre

O filho mais velho de Michael Kyle, o Junior, passa uma boa parte da série sendo retratado como um cara com poucas aptidões intelectuais. Até que em um dia percebe que leva jeito para fazer práticas artísticas. É aí que o pai entra com todo o apoio para o filho lançar uma série de desenho animado na internet. E deu certo!

Alegria

Independentemente da situação da família, Michael Kyle está com uma piada pronta ou um comentário irônico que arranca o sorriso de todos. Ou seja, aprendemos que mesmo com um clima mais pesado, cada um tem o poder de deixar aquela situação mais divertida.

Usar os erros para aprender

Todo mundo sabe que Michael Kyle não é uma das pessoas mais certas na vida, mas quem não tem suas falhas que atire a primeira pedra, né? E é exatamente isso que ele nos ensina: os erros são coisas presentes na nossa vida, mas precisamos identificá-los e ver o que eles podem nos ensinar.

Não ser machista

A maioria na família Kyle é feminina. A série se passa anos 90, mas a liberdade que as personagens femininas têm para seguirem seus desejos, trabalharem e seguirem suas próprias ideias realmente é inspiradora. Michael Kyle é uma chave importante para mostrar aos homens que mulher não é sinônimo de submissão, mas sim de parceria.