Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Me deixe saber que tudo acabou

Por mais que às vezes tentemos negar que não é o fim, alguns sinais evidenciam que é impossível continuar. Fique atento ao seu coração, pois ele é o primeiro a dar indícios de que não há mais amor. Busque manter a sinceridade na relação e o respeito mútuo.

continue lendo
Compartilhar

Poderíamos ter feito diferente?

Sempre que penso em nós dois, me questiono se poderíamos ter feito as coisas de forma diferente – me questiono como deixamos chegar a este ponto. É claro que a gente se amava muito, que a gente tentou de verdade fazer este amor dar certo. Meu coração sempre dói quando penso que não conseguimos. Sinceramente, não sei porque isso aconteceu com a gente, porque fomos incapazes de fazer dar certo, mas acredito que a vida tem seus meios, que as coisas acontecem porque precisam acontecer e que, muitas vezes, não há nada a ser feito para que as coisas sejam diferentes.

O que houve conosco?

Eu queria muito compreender o que houve conosco. Queria entender porque estamos passando por isso, porque tudo isso está acontecendo com a gente. Eu, sinceramente, queria que tivéssemos dado certo. Eu sempre lutei muito para que o nosso amor durasse a vida inteira. Sempre tentei dar o meu melhor para que as coisas ficassem bem, para que pudéssemos nos encontrar, para que as coisas fossem mais simples... E sei que você também tentou, sei bem que você tentou até o nosso último suspiro. Mas não foi o suficiente.

Acho que não era para ser

No fundo, quando eu paro para pensar na gente e em tudo o que já vivemos, percebo que não era para ser. Nossa relação não deveria durar. Não digo isso por achar que não nos amávamos, de fato, eu sei que nos amávamos, mas porque nem sempre as coisas acontecem como queremos que aconteçam. Às vezes, as coisas acontecem como têm que acontecer e não há nada que possamos fazer para mudar isso. Eu sei que tentamos continuar com todas as nossas forças, mas simplesmente não foi o suficiente.

Eu te amei mais que tudo

Se tem uma coisa que eu posso dizer sobre o que senti por você é que foi a coisa mais única que já senti por alguém em minha vida. Nunca antes eu tinha amado alguém como amei você e, ouso dizer, nunca mais amarei ninguém como este amor. Não acredito, sinceramente, que algo bonito como nossa história possa se repetir num futuro próximo. Claro que eu posso estar errada e espero, do fundo do coração, que esteja, mas, neste momento, não consigo me sentir de forma diferente.

Vivemos o que tínhamos que viver

A cada dia que se passa desde que percebemos que nossa relação estava falida, eu sinto que vivemos o que tínhamos que viver. Sinto que tudo o que precisávamos aprender um com o outro foi aprendido e que chegou o momento de partir. Às vezes, as coisas simplesmente acontecem e nós temos que nos contentar com isso, temos que entender que nem sempre as coisas saem como o planejado e que devemos seguir em frente. Eu sinto muito pelo que aconteceu, mas não me arrependo de nada que vivemos.

Você teve o melhor de mim

De todas as pessoas que passaram por minha vida, posso dizer com toda certeza que você teve o melhor de mim porque despertou, de fato, o melhor que há em mim. Com você, fui cem por cento eu mesma. Eu acreditei que poderia fazer mais e fiz mais, por mim, por você, pelos outros. Eu te amei com todo o meu coração e sei que você me amou o máximo que pôde também. Para mim, isso é o que mais importa no final das contas.

O que a gente viveu foi importante

É claro que fico triste em pensar na gente hoje em dia, mas sei que o que a gente viveu foi importante. Eu sei que tudo pelo que passamos foi essencial para que pudéssemos crescer nessa vida. A gente se amou muito, a gente foi muito companheiro e isso valeu pela experiência de uma vida. Você foi importante para mim, você me fez crescer, me fez sentir como uma pessoa importante, como uma pessoa especial. Eu acredito sinceramente que todos nós temos um propósito na vida do outro e acredito que o seu propósito na minha vida foi me fazer crescer.

 

Meu coração dói ao sentir o fim

Eu não sei o que é pior – se é saber por que acabou e não ter conseguido fazer nada para mudar o trágico fim ou se é não saber por que está acabando, mas sentir, cada vez mais, que o fim está próximo. Na minha opinião, o coração dói em ambas as situações porque ninguém quer, realmente, se sentir mal ao estar com o outro, ninguém quer ficar triste, ninguém quer magoar o outro. E, é claro, com o término de uma relação, um dos dois ou ambos ficarão deprimidos e irremediavelmente magoados. O coração dói ao sentir o fim próximo.

Temos que nos conformar

Não adianta ficar remoendo o passado da mesma forma que não adianta fingir que nada aconteceu. A verdade é que devemos sempre seguir em frente, não importa o que tenha acontecido ou o que vá acontecer. Nosso amor foi bonito, nosso amor cumpriu seu papel e nos ensinou muito, agora, precisamos nos conformar que acabou, que não há mais nada a ser feito e que demos o nosso melhor um para o outro. Não resta nada a fazer, meu amor, eu sinto muito. Sinto muito mesmo.

Queria que tivesse sido diferente

Honestamente, eu queria que tivesse sido diferente. Eu queria que a gente continuasse tentando, queria que, em algum momento, nossas tentativas tivessem resultados e que tivéssemos conseguido ficar juntos. Mas, infelizmente, não foi assim. É claro que eu sei que nos amávamos, sei que queríamos continuar tentando, mas, às vezes, não há nada que a gente possa fazer para parar o inevitável. A verdade que a gente evita contar para si mesmo é que, às vezes, amor não é o suficiente. Amor não é o bastante para manter uma relação de pé.

Às vezes, a vida só acontece

A verdade que a gente não quer acreditar é que, muitas vezes, a vida só acontece. Não deixamos alguém porque queríamos desde o início. É claro que nunca quisemos que coisas ruins acontecessem, mas a vida não acontece como o planejado, ela acontece como tem que acontecer. Nem sempre o amor é o suficiente – às vezes, outros requisitos básicos para que uma relação dê certo não existem e aí as coisas ficam ainda mais complicadas que antes e é muito mais simples terminar e deixar ir.

Talvez seja o melhor para nós

Eu sei que isso é o que todos dizem ao fim de um relacionamento, mas eu realmente acredito que este término foi o melhor para nós. Realmente acho que vivemos o que tínhamos que viver juntos, que aprendemos muito, que crescemos mais ainda, que tivemos tudo o que precisávamos ter. Todo nosso amor ainda ficará aqui, guardadinho no peito, sempre bem cultivado. O que importa, de fato, é o que ainda vamos viver e o que ainda vamos aprender daqui para frente.

Você foi meu grande amor

Dentre todos aqueles que amei, você foi o meu maior amor. Você conquistou cada pedacinho do meu coração, cada molécula do meu ser. Embora nossos últimos momentos tenham sido desgastantes e tristes, você foi meu grande amor. Foi para você que dediquei grande parte do meu tempo nos últimos anos e não me arrependo de nada. Não me arrependo de ter te amado e de ter te entregado meu coração porque você me fez tão bem que mal posso descrever.

Contigo, cresci muito

Você me ensinou o que era compaixão. Você me ensinou o que é ser bom sem olhar a quem, ser bom simplesmente pelo fato de fazer alguma coisa boa na vida de outra pessoa. Você me ensinou a ser mais compreensiva, a acreditar mais em mim mesma e a ir além das minhas próprias expectativas. Embora o nosso relacionamento não tenha durado para sempre, não posso dizer que ele não deu certo – ele deu, deu muito certo. Nós vivemos o que tínhamos que viver e aprendemos o que tínhamos que aprender.

A gente não sabe o futuro

O que a gente quase nunca lembra é que não sabemos como será o futuro. Não sabemos o que nos aguarda e se realmente nunca mais ficaremos juntos. Não sabemos se a melhor coisa que fazemos é deixar para lá ou se devemos, lá no fundo, guardar alguma esperança. Eu prefiro deixar isso a cargo da vida. Nós vivemos o que tínhamos que viver e que o destino se encarregue do nosso futuro – quem sabe o que pode acontecer, não é mesmo?

fechar